Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

O Flamengo volta à antiga

Posted by Marcelo Damato em terça-feira, 11 dezembro 2007

O Conselho do Flamengo aprovou as contas do Flamengo de 2006. Entre as operações aprovadas (ou seja consideradas regulares) estavam

O  sumiço de parte do dinheiro da venda do Ibson para o Porto. Para adiantar a entreda no caixa da última parcela em cerca de 30 dias, o Flamengo pegou um empréstimo com  empresa inglesa, que recebeu, além dos juros, a última parcela paga diretamennte pelo Porto. Só que a empresa não depoistou tudo o que devia na conta do Flamengo. E o Flamengo demorou à beça para “descobrir” isso. E só entrou com um Resultado: um prejuízo de quase um milhão ao clube. Ah! a empresa foi indicada por dois altos conselheiros, entre eles o ex-presidente Luis Velloso

Declaração do vice-presidente (e ex-presidente) Kleber Leite, para jjustificar a aprovação

– Há algum tempo, nenhum jogador queria vir para cá. Agora, a coisa se inverteu. Mas se as contas forem reprovadas, será um grande baque. Voltaremos a ser mal vistos

Ou seja, em nome da credibilidade, jogamos a sujeira para baixo do tapete.

Alguém já viu essa história antes? Corrigindo: alguém nunca viu essa história antes?

Anúncios

2 Respostas to “O Flamengo volta à antiga”

  1. Marco Antonio said

    Kleber Leite, Luis Velloso e todos os conselheiros que aprovaram essa vergonha são cúmplices nessa sujeira.
    Os associados deveriam entrar com uma ação judicial contra todos eles exigindo o ressarcimento desse milhão aos cofres do clube, com juros e correção.
    Que vergonha!

    Caro Marco, É exatamente o que eu penso

  2. Filemon said

    Em nome da estabilidade, reduziram o Conselho Fiscal do clube a loja de secos e molhados. E o pior foi que o Márcio Braga saiu cantando vitória, atacando a oposição.

    Porém, sem querer polemizar, o Kleber Leite tem razão em um aspecto. Uma batalha interna agora é tudo que o Flamengo não precisa.


    Caro Filemon,
    A paz interna sempre foi o argumento dos pilantras (não só deles, claro). Fazem as barbaridades e depois pedem a aprovação sob esse argumento. Fechar os olhos a coisas assim pode ser bom a curto prazo, mas é péssimo a longo. Será que os exemplos do Edmundo, do Dualib, do Amoretty, do Paulo Cury, do Maracajá, do Paulo Carneiro, do Mustafá, do Eurico, e de tantos outros não bastam? As pessoas precisam de o quê para aplicar a lei dentro do clube?
    Se um clube pune essas atitudes, os outros pensarão três vezes antes de repeti-las.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: