Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Leão entre as raposas

Posted by Marcelo Damato em domingo, 16 dezembro 2007

Poucas contratações de técnico me parecem menos promissoras do que esta de Leão – ainda não fechada – pelo Santos. Não que Leão seja mau técnico. Não é excelente, mas é bom. O problema é que o elenco do Santos não tem o perfil do treinador.

Leão gosta de trabalhar com quem obedece sem questionar. Foi por isso que deu certo no Santos de 2002. O time era feito quase só de garotos. Leão não tolera contestação, nem estrelas. Mostrou isso em todos os times por onde passou. E o time do Santos só tem macaco velho: Fábio Costa, Kléber, Pedrinho, Petkovic, Kléber Pereira, Maldonado, Rodrigo Tabata. Jogador de uma certa idade não tolera mais que lhe gritem na orelha.

Em 2002, o Santos tinha uma grande geração vinda dos juniores, especialmente Diego e Robinho, e muitos jovens jogadores prestes a explodir, como Renato, Elano, Paulo Almeida, Maurinho e Alex. A geração atual foi campeã paulista no sábado, mas ainda é promessa.

E Leão custa tanto quanto Luxemburgo. Se fizer a limpa costumeira, pode custar muito mais.

Anúncios

7 Respostas to “Leão entre as raposas”

  1. Flavio said

    O que vai acontecer com Leão no Santos: o time vai começar bem e arrancar, mas depois o clima vai começar a ficar pesado, vários jogadores vão sair brigados, o treinador vai dar declarações polêmicas e o ambiente vai ficar insuportável, forçando Leão a ser demitido ou se mandar pro Japão ou Arábia.

    Não tenho bola de cristal: foi isso que aconteceu no São Paulo (se mandou pro Japão antes que a situação ficasse tão ruim quanto nos clubes posteriores), Palmeiras (se lembram do time nota 5?) e Corinthians.

  2. Anísio FC said

    Só pra lembrar pro Flavio que no São Paulo, o Leão foi campeão!
    E no Santos também foi. No Palmeiras levou o time à Libertadores, um time nota 5 mesmo, mas jogador de futebol é melindroso e sem autocrítica! E além de ter levado o time à Libertadores fez uma revolução na aparelhagem do time!
    Não acredito na fórmula que usam para o Leão, aquela de que chega, o time anda, depois desanda.
    O acho até bom técnico (Deu um pau tático no Caio Jr. que deu dó), o que mais irrita no Leão é a pseudosabedoria, o frasista, o filósofo, o ditador…
    Mas bom técnico o cara até é sim…

    Anísio FC

  3. Ricardo - Harry said

    Leão é um bom tecnico. E digo mais, esta sim entre os melhores do Pais ( Junto com o Muricy, Luxa e Abel, na minha opiniao )…

    Mas tambem ja pensei que ele não dara certo no Santos, time com jogadores experientes que nao toleram certas coisas. Bem, eu como um bom palmeirense, torço pra não da certo memso heehehe

    Caro Ricardo, Acho que nem será preciso torcer muito

  4. Flavio said

    Anísio, ruim ele não é, e eu não disse isso no meu post. No entanto, ele parece que só sabe comandar na base do medo, chega impondo moral, todo mundo fica com medo e o time cresce, mas depois se cansam dele. Além disso, é notório, como o Marcelo citou, sua aversão por grandes astros (e a desses nomes consagrados por ele).

  5. Onofri said

    Acredito que de vez em quando técnicos são contratados para fazer o papel sujo que caberia aos dirigentes. Coisas assim como: “Preciso me livrar de alguns jogadores, mas sem ficar mal com eles. Já sei, vou contratar o Leão…”

  6. joaobittar said

    Me custa crer, por mais talento, despreendimento e competncia que tenha, que algu^´em possa ser presidente do seu clube “de coracao” por um periodo tao longo quanto Marcelo Teixeira no Santos.
    A alternancia no poder sempre eh muito saudavel, revigora a democracia interna, estimula a participacao dos sócios, dah um rumo pro Clube.
    As grandes desgracas ocorrem com personagens que se perpetuam no poder ( vide os casos de Mustafah, Dualib, Eurico, Caixa D’agua, Ricardo Teixeira etc,etc,etc….) e assim como na vida politica, as ditaduras desgracam os paises onde se instalam. Inevitavelmente. Sejam de que tendencia forem.

    Caro João, Não consigo imaginar nenhuma idéia com o qual pudesse concordar mais do que com o que escreveu. A alternância no poder é tão importante que deveria estar na Constituição como cláusula pétrea. E deveria ser obrigatória mesmo para instituições privadas de caráter associativo, como clubes, sindicatos, fundações… Mas o melhor mesmo é que nem precisasse estar na Constituição, que estivesse na consciência de cada um.

  7. Rubens Leme said

    Leão é um péssimo treinador. Obsoleto taticamente, totalmente despreparado psicologicamente e ainda leva o incompetente sobrinho com ele pra todos os clubes, prejudicando a parte física dos jogadores. O que aconteceu no Santos em 2002 foi um lance de pura sorte, algo que surge uma vez na vida de um treinador, quando surge. Em compensação, destruiu com o Corinthians no caso Tévez. Como pode um homem desse ter ganho quase 15 milhões em suas passagens por Palmeiras e Corinthians, entre salários, luvas e rescisão, em menos de um ano e meio? De toda maneira, fico feliz por estar no Santos. é menos um time para lutar por títulos. Sobre Marcelo Teixeira não há o que dizer: segue o mesmo caminho de Palmeiras e Corinthians. Quando ele deixar o time, veremos o tamanho do rombo nas finanças do clube.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: