Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

A hora e a vez de Tiago

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 20 dezembro 2007

O goleiro Tiago tinha uma carreira promissora no Corinthians. Foi bem nas categorias de base e logo teve uma chance no profissional. Mas sua vida no Alvinegro foi abreviada por dois infortúnios.

O primeiro foi a atitude de um jornal de revelar que ele era palmeirense. A maioria dos torcedores é inteligente o bastante para saber que isso não é um problema. Sócrates era santista na infância e Rivellino, palmeirense, e foram dois dos maiores craques a envergar a camisa alvinegra.

Mas nestes tempos, os intolerantes berram mais alto (inclusive porque não sabem fazer de outro modo) e Tiago ficou marcado. Para piorar, pegou talvez o pior time do Corinthians. Não teve o que fazer para evitar as derrotas. E foi chutado.

Na Portuguesa, pôde enfim mostrar seu valor. Atrás, fechou o gol. Na bola parada, fez mais gols do que Rogério Ceni, 13 no total. E empatou nos gols de falta, dois contra dois*. Se tivesse feito isso no Corinthians, o rebaixamento teria sido um pouco menos doído, se é que teria acontecido.
Agora, Tiago vai para o Vasco. Poderá mostrar seu valor ao Brasil. Pode ser que fracasse e que estas palavras que escrevo se percam como bobagem. Mas acho que os corintianos intolerantes, aqueles que não toleram nem mesmo de comer alface ou usar camisa verde (alguns nem usam vermelha), vão ficar com cara de bobo.

* Texto corrigido

13 Respostas to “A hora e a vez de Tiago”

  1. Anderson Santos said

    Marcelo, fiz a seguinte conta: se Tiago mantiver essa média (13 gols por ano), supera naturalmente o Rogério Ceni em apenas mais 5 anos, quando terá apenas 29 anos de idade. Ou, seja o garoto tem chance de se tranformar no recordista desta especialidade (gol de goleiro), superando fácil a marca de 100 gols. Basta continuar como titular. E pra isso serve qualquer time, desde que profissional.
    O que será que o Rogério pensa disso…

    Caro Anderson, seja bem-vindo. Em primeiro lugar que confessar que tomei um susto com sua mensagem. É que temos aqui outro Anderson, são-paulino fanático. Quando li sua carta, eu não o reconheci nela. E nem era para tanto.

    Entrando no assunto, apesar de imprecisões (o Rogério não deixará de marcar nos próximos cinco anos), o seu cálculo é muito bem sacado. Na teoria, pode mesmo acontecer. Não sei o que o Rogério pensa. Mas o Rogério é um sujeito inteligente, que sabe que recordes são estabelecidos e depois quebrados. E que, como disse Schumacher muitas vezes, o importante são as taças.

  2. Mas, se for mantido o ritmo, é o que vai acontecer, e o RC sabe.. afinal ele sabe também que demorou anos para ele começar a bater penalti, coisa que o Thiago faz desde já…

    Agora gols de falta, esse eu duvido que ele supere.

  3. Eduardo said

    Com a ajuda do papai Eurico, vai ultrapassar fácil, se o Romário fez o milésimo, porque o Thiago não pode fazer o centésimo.

    Eduardo, HAHAHAHAHA. Essa foi demais. Dá para imaginar o Vasco jogando contra algum time de veterano e o zagueiro adversário fazendo um pênalti por minuto para o Tiago chegar a cem num jogo só. E o Eurico atrás da trave contando os gols.

  4. Anderson Santos said

    Marcelo, em primeiro lugar quero parabenizá-lo pelo excelente blog. Um destacado misto de notícia e análise, com aguçado espírito crítico.
    Obrigado pela pronta resposta também. Apesar da quebra de recorde ser uma ocorrência natural no esporte, acho que o Rogério não esperava ver o seu batido em tão pouco tempo. Para o colega Michel Serra, vale lembrar que Rogério bate faltas desde 97. Já são dez anos nessa empreitada. Se formos conferir a relação gols/tentativas, é provável até que o Tiago já tenha tomado a dianteira. O mesmo vale para os pênaltis.

  5. Lucas F. said

    Olá Marcelo,

    Só uma correção. O RC fez dois gols de falta neste ano também, ambos contra o Sport. Um no Morumbi e um em Recife.

    Lucas, Obrigado pelo aviso. Em seu nome, peço desculpas aos leitores. Eu tinha me esquecido do primeiro. A nota será corrigida em seguida.

  6. Henderson said

    Será que o Brasil vai ficar conhecido como a terra dos goleiros artilheiros ? Porque será que não vemos isso na Europa ou em outros países da América do Sul ?

    Quanto a ele superar o Rogério Ceni, quem viver verá. Ou não.

    Caro Henderson,
    Seja Bem-vindo. Peço desculpas em liberar seu comentário (esse WordPress sempre segura a primeira vez, depois libera), mas tive que resolver uns problemas. E o trânsito de São Paulo… bem, você sabe.
    Sobre seu assunto, houve uma época em que os goleiros argentinos eram famosos por bater pênaltis. O Gatti, se não eero o nome, ficou bem famoso no Atlético. Ele fez gol para caramba, mas não sei quantos. Era um cabeludo, meio gordo que jogava de bermuda e umas camisas coloridas. Em resumo, um figuraça!

  7. Anderson said

    Rogério Ceni, joga na elite.

    Thiago jogou na 2°divisão.

    Quero ver agora se esse Thiago vai fazer mais gols que o RC em 2008.

    Fez mais gols que o RC em 2007, pq estava na segundona.

    Jogar na primeira divisão, é outra coisa!

    Abraços do São Paulino Anderson, para o colunista corintiano Marcelo.

    Anderson, Não amola. Não sou um colunista corintiano. Sou um colunista e corintiano, uma coisa de cada vez. E tanto quanto o Corinthians, quero ver o futebol brasileiro crescer. Não agüento mais ver tanto Betão e tanto Fabão (sem falar em coisa pior). Se o Robinho e o Kaká pudessem ter ficado mais uns dois anos já seria ótimo. Tem muito jogador que dá vontade de ver jogar mesmo que não seja do seu time (se for, muito melhor, claro).
    Sobre os goleiros, se acha que o Tiago só fez aqueles gols porque estava na segundona, 2008 é uma bela chance para você mostrar que tem razão. Abraço.

  8. Ricardo - Harry said

    Anderson São Paulino

    Você fala como se a Segunda Divisão fosse um torneiozinho de mer**, creio que seja tao dificil quanto a primeirona viu?!?!
    E eu, como simpatizo com a Lusa, ja fui em diversos jogos no Canindé, queria que o Tiago ficasse na Lusa, pra ver seu desempenho jogando pela Portuguesa que voltou à Serie A…
    Mas acho também que ele fez certo ao ir para um time grande, tá pensando no futuro..
    Sorte pra ele.

    Caro Ricardo, peço que evite palavrões. Eu, pessoalmente, não me importo muito. Mas algumas pessoas se importam e se começar a liberar daqui a pouco o pessoal se “empolga” e isto aqui vira a estação Barra Funda (para quem não é de São Paulo, é a estação do metrô onde mais dá treta entre torcidas).
    Fora o exagero (a Série A é obviamente mais difícil), concordo que a Segunda Divisão é bem mais difícil do que pode parecer.

  9. Rubens Leme said

    Time Grande? Esse Vasco do Eurico é do tamanho do Madureira e muito menor que a Lusa. É fortíssimo candidato à Série B em 2009. Eu cravo já isso.

    Uma grande bobagem do Tiago, imensa. Fora que negociar com o Eurico é de doer.

    Rubão, você está apostando pesado. O Vasco é um time que quase todo ano está para cair e depois surpreende. E, mesmo com o Eurico, o Vasco é bem maior do que a Portuguesa. Não dá para comparar. Mas veremos quem tem razão daqui a um ano.

  10. Ricardo - Harry said

    Marcelo, beleza, desculpa

    Mas os palavroes que eu falo, eu sempre coloco asterisco e nao escrevo a palavra completa, vc ja deve ter percebido isso em outros comentarios meus. Eu coloco os asteriscos justamente pra nao virar “várzea” e ficar uma coisa muito suja..
    Abraço

    Ricardo, eu entendo, mas a gente nunca sabe como cada um vai interpretar. Um abraço

  11. Caro Marcelo, Acompanho de perto o Corinthians e Tiago sempre foi um bom goleiro, mas nada mais do que isto. Times grandes precisam mais do que bons goleiros. Agora ele está tendo mais visibilidade pois está marcando gols. Além disso, uma coisa é se destacar na segunda divisão, outra é encarar os ataques dos times da primeira. Não sinto saudade do Tiago. Igual a ele tivemos Rubinho, Renato e outros – todos titulares das seleções de base do Brasil.

    Caro Terencio, Pode até ter razão. O futuro dirá. Mas ele é melhor do que o Marcelo, que é, com o perdão da palavra, um peladeiro. E o meu xará teve mais chances.

  12. Flavio said

    O Tiago é um bom goleiro, e pode solucionar essa deficiência do Vasco desde que o Fábio saiu. Que aliás, há anos é um problema de todos os times do Rio menos o Flamengo, mais notoriamente o Botafogo.

    Mas perdendo Conca e Leandro Amaral, e com Beto (ex-jogador em atividade desde que tinha uns 25 anos) como o reforço de maior expressão por enquanto, o ano não parece nem um pouco bom para o time do ex-deputado. E se o Edmundo vier mesmo, mesmo sendo o mais novo da dupla de ataque, tem o dobro da idade do Alexandre Pato. Esse time tem um cheiro de chinelinho forte…

    É, Flavio, o patrocinador do Vasco poderia ser as Havaianas.

  13. Anísio FC said

    O TT é um habitual do blog do Birner! Eu, apesar de não ser sãopaulino, também sou…

    Ser um bom goleiro é pouco?
    Não acho não, pergunte ao Botafogo!

    Não foi o Marcelo quem começou com a comparação, mas acho o que Tiago fazia na Portuguesa mais difícil que o Ceni faz no São Paulo.
    Basta perceber que o SPFC já é time estabilizado, até tem um esquema próprio para as faltas e o goleiro/líder significa muito mais para o time que o Tiago significava para a Portuguesa o fato do Tiago bater falta naquela situação era ato muito mais ousado que do Ceni!
    Gostava do que via do goleiro na Lusa! Tomara que continue no bom rumo no Vasco…

    Caro Anísio, Tomara que continue. Mas, do jeito que o Vasco está montando seu time para 2008, o Tiago pulou da frigideira para o fogo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: