Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Em vez do melhor, o pior

Posted by Marcelo Damato em sábado, 29 dezembro 2007

O Fluminense esteve perto de fazer o melhor negócio da temporada: contratar o goleiro Felipe e ainda dar Fernando Henrique como parte do pagamento.

Acabou fazendo o pior: tirou Gustavo Nery do mesmo Corinthians.

Se não existir nenhuma maluquice no acordo, como o Corinthians continuar a pagar os salários, o clube paulista ganhou um presente que nem estava procurando.

5 Respostas to “Em vez do melhor, o pior”

  1. CHICO BALTA said

    Vamos ver se entendi:
    o Fluzao contratou o Gustavo LaranjaPodre Nery?
    Eh isso que eles chamam de reforcar o time?
    Tem gente que nao unimed esforcos pra fazer besteira….

    Não unimed esforços… Essa foi boa, Chico

  2. davidoff said

    De longe a melhor notícia depois da renovação do Felipe. E se o Flu ganhar a Libertadores com o Nery no elenco começo a acreditar em duendes no dia seguinte.

    E, se quiser, irei junto caçar potes de ouro no fim do arco-íris, Davidoff. Falando sério. Nos prímeiros meses, ate que o Gustavo costuma ir melhor. O problema é quando as coisas começam a dar errado para o time…

  3. Noruega said

    Tomara que eles aproveitem o embalo e entrem em leilão com o Flamengo pelo Retardelli! Abraço.

    Noruega, o Natal já passou, caro são-paulino.

  4. Eduardo said

    Tô falando que esse time do Fluminense não vai dar em nada! Já vi esse filme antes.
    Time campeão não pode ter as laterais ocupadas por Gabriel e Gustavo Nery, porque na pressão eles fogem correndo, falo isso por sofrimento próprio. São Paulino nenhum esquecerá o que aconteceu contra o Once Caldas!
    O Fluminense tem que entender que ele está montando um time para ser campeão e não um camarote para micareta que só tem estrelas.

  5. Flavio said

    Gustavo Nery é um ótimo reforço. Para Flamengo, Vasco e Botafogo…

    Como já falei antes, o Fluminense não quer bons jogadores, quer estrelas.

    É isso aí, Flavio. E todos sabem como essa história costuma terminar.
    Às vezes se compara esse Flu com o Palmeiras da Parmalat. Mas uma das coisas que as pessoas se esqueceram é que aquele Palmeiras da Parmalat foi montado com poucas estrelas. Roberto Carlos era do União São João, Edílson, do Guarani, Evair já era do Palmeiras e não era o ídolo que se tornou depois. Quando foi trocado pelo Careca Bianchesi com a Atalanta, muita gente no Palmeiras foi contra dizendo que o Evair tinha uma lesão crônica nas costas. As maiores contratações foram Zinho e Edmundo, sendo que este nunca tinha jogado na seleção. Aquele foi um time montado com cuidado, trazendo jogadores promissores e que ainda não tinham montado seu potencial todo. O caso do Flu é diferente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: