Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Após Teixeirinha, Lulinha

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 7 janeiro 2008

O técnico Vanderlei Luxemburgo ocupou mais um assento no ônibus da comissão técnica palmeirense. A poltrona número 17, na janelinha, foi entregue a Luiz Cláudio Lula da Silva, filho do presidente Lula. A conta não inclui a turma do fundão, massagistas, seguranças e roupeiros

Lulinha, como é chamado teve uma passagem pelo São Paulo, onde não foi aproveitado. Ele será o terceiro assistente (pela ordem de chegada, não de poder) do preparador físico Antonio Mello.

Não é a primeira vez que Luxemburgo contrata alguém famoso por parentesco. Após a Copa de 2002, quando o treinador pretendia suceder Carlos Alberto Parreira no comando da seleção em 2006, touxe Marcos Moura Teixeira, primo do presidente da CBF, para a sua equipe. Teixeira fez parte até da equipe de Luxemburgo na sua passagem pelo Real Madrid.

Resta saber se Luxemburgo pretende ingressar na política. Pela mãos do pai, foi filiado ao Partido Comunista Brasileiro (hoje, PPS).

Em tempo, depois se desligar de Luxemburgo, Teixeira foi coordenador das divisções de base do Cruzeiro, até maio de 2006. Em julho, foi para o Atlético-PR, ocupando o cargo de diretor esportivo, especialmente criado para ele. Ficou um ano e foi demitido. Dois meses depois assumiu como assessor especial do presidente do Atlético-MG, encarregado da modernização do clube.

7 Respostas to “Após Teixeirinha, Lulinha”

  1. Anísio FC said

    Luxemburgo diz que quer trabalhar com 25 jogadores.
    O Marcos é para o Filé.
    Sobram 24 jogadores para 4 preparadores físicos, média de 6 atletas pra cada um…
    A tropa não tá grande demais pra pouco time?

    Você acha muito, Anísio? Ainda nem dá para carregar os jogadores no colo!, hehe
    Falando a sério. São 18 membros da comissão técnica e 25 jogadores. Com 43 pessoas em campo, como vai ter treino?

  2. Felipe Bohrer said

    Luxemburgo talvez seja uma crônica do Brasil Atual. Uma espécie de Zé Carioca de terno Armani. Um país onde não se tem o que comer mas se aspira um lugar entre as potências emergentes. Onde a ética nem sempre está em primeiro lugar e onde o toma-lá-da-cá de influências e/ou cargos está instituído. Ele dá resultados? Inegável. Mas será que os fins justificam os meios?

    Zé Carioca é bom, Bohrer. O Edmundo é o cara da cobrança, hehe

  3. Onofri said

    Deixem o homem trabalhar… rs

    É Onofri, daqui a pouco o Luxa vai estar dizendo: “Nunca, na história do futebol deste país….” e o resto, como sempre, não importa

  4. Rubens Leme said

    Palmeiras fechou com Diego Souza pagando 3,7 mi de euros ao Benfica. veja no estadao e no uol.

    Já vi, Rubens, mas o Grêmio promete uma proposta irrecusável amanhã. Numa disputa como essa, até que seja oficial, eu fico com um pé atrás. O próprio Toninho Cecílio disse que não está fechado ainda.

  5. Flavio said

    18 pessoas? Acho que o Luxemburgo que é dispensar o elenco e formar um time só com a comissão. Até banco já tem…

    E é irônico como ele quer ser o treinador mais europeu do Brasil, usa terno e gravata, quer ter mercado lá (e diz que tem proposta inglesa, mas preferiu o Palmeiras, e espera que alguém acredite), etc, mas continua com práticas bem tupiniquins, como a de empregar até a mãe, levar a comissão técnica inteira pra todo canto, querer porcentagem da venda de jogadores, etc. Enquanto isso, Felipão, que não tem frescura nenhuma e só se preocupa com o seu time, faz sucesso em Portugal e tem mercado em qualquer lugar da Europa quando seu contrato acabar ano que vem.
    Ah, e o comentário do Felipe foi perfeito. Resume bem o que eu disse sobre o ex-WL, agora VL.

  6. Eduardo said

    Triste isso Marcelo, e os garotos da USP, da Unicamp, da Unifesp… que não tem parentesco algum. Ficam a ver navios. Quando será que veremos as pessoas ocupando algum cargo por mérito? Não que o Lulinha não tenha, mas os outros também tem e não são lembrado e não tem chance alguma.

    Se o Lulinha tem mérito eu não sei, Eduardo, mas que ele usou um avião da FAB (dinheiro nosso), para levar os amigos para passar o reveillon em Brasília, isso ele fez. E, quatro anos depois, o inquérito ainda não andou.

  7. Jacinto said

    q palhaçada
    o cara sai da faculdade e vai direto para o profissional do palmeiras
    depois de teixeirinha agora lulinha
    esse cara é mto metido a malandro
    malandro demais no final se dá mal..

    Caro Jacinto, seja bem-vindo ao blog. Espero que esteja gostando. Sobre o Lulinha, nunca é demais repetir, em 2004, pegou um avião nosso (da FAB) e levou os amigos para passar o reveillon em Brasília. E nem tinha caos aéreo naquela época.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: