Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Roger vai para o Grêmio

Posted by Marcelo Damato em quarta-feira, 16 janeiro 2008

O Tricolor gaúcho, que vinha fracassando em quase todas as tentativas de contratação, está fechando com o meia Roger, do Corinthians. O contrato será de um ano.

Num acordo que quase não envolve dinheiro, os três lados conseguiram o que queriam. O Corinthians se livrou de uma despesa, o Grêmio pôde dar uma satisfação à torcida e o jogador arrumou onde jogar.

O Grêmio luta pelo terceiro título estadual seguido, que não consegue desde 1990, quando foi hexa.

Agora é esperar para ver se alguém vai se arrepender…

Anúncios

10 Respostas to “Roger vai para o Grêmio”

  1. Rubens Leme said

    Uma coisa não se pode negar: Sanchez tá fazendo mágicas no elenco. Se desfez de dois chinelinhos por um bom tempo. Nery e Roger custavam 270 mil só em salários.

    Será que ele se livra de alguns jogadores nossos, se enviarmos pra ele?

    Se não der certo como presidente, Rubens, Sánchez pode procurar emprego como “varredor” de chinelinhos.

  2. Flavio said

    O eixo do mal corinthiano se desfez. Vampeta foi embora de vez assim como Gustavo Nery e Roger. É, dá até pra acreditar que eles voltarão a série A…

  3. Rubens Leme said

    mais um pouco e ele é canonizado. pensa bem, se livrou de Betão, Vampeta, Roger e Nery e ainda ganhou uma placa!

    Sanchez para ministro dos esportes!

  4. Onofri said

    Roger disputando o gauchão???
    De chinelinho???
    Sei não… sei não…

    Já imaginou o Roger no Gre-Nal, Onofri? Vai ser divertido de ver.

  5. Rubens Leme said

    se o Inter deixar o Grêmio ser tri com o Roger no time, pode fechar o Beira-Rio.

    É verdade, Rubens, mas quem disse que o Roger vai jogar?

  6. Rubens Leme said

    ah, vai. e de sapatilhas!

  7. JoaoBittar said

    Ok to delirando, tudo bem, relevem por favor, MAS….
    Talvez influenciado por Muricy ou pelas novas contratacoes do Sao Paulo, to achando que vai dar a maior liga essa historia de Roger no Gremio.
    Acho a combinacao gaucho-carioca muito eficiente e historicamente os moods se completam, vide Vargas, Brizola, Renato Gaucho e outros cariuchos menos votados. Um sucesso.
    Alem disso a ponte-aerea PortoAlegre-Rio tem menos voos e vai dificultar as chineladas de Roger.
    Uma coisa eh certa, craque oba-oba jogando em time de diretoria oba-oba, nao funciona.
    Arrumar encrenca e ter “dor no tornozelo” no time do Kia/MSI eh facil, quero ver usar chinelinho no inverno portoalegrense.

    Você não me engana, João. Você está é comemorando que ele não foi para o São Paulo, hehehe. Mas é claro que pode dar certo.

  8. JoaoBittar said

    Se nao fosse pelo seu “passado” o Mano ia querer ele no Corinthians. Acabou de pedir um meia. Mas como o nome dele virou sinonimo de saia justa no PSJorge, o Mano soh deve ter pensado nele.
    E de fato, tendo que escolher morrer de faca ou de tiro, sou mais o Roger que o CA. Mas a diferenca eh minima.

  9. Flavio said

    Eu também acho que Roger é bem mais habilidoso que Carlos Alberto. E poucos meias jogando no Brasil são melhores que ele quando está determinado. O problema é que é um dos reis do chinelinho.

    É verdade, Flávio, o Roger é hoje o maior expoente do Chinelismo, uma filosofia de vida baseada na Lei do Mínimo Esforço e no Princípio da Mínima Ação, estabelecido pelo matemático suíço Leonhard Euler, no século 18 – sei que parece brincadeira, mas não é.
    Na apresentação de Roger no Grêmio, seu rosto mostrava uma contrariedade evidente enquanto dizia que iria ter que treinar duro para tirar o atraso na preparação, em relação aos demais jogadores, que chega a 11 dias. Parecia que o corpo estava tendo uma reação alérgica à mera expectativa de dias de ralação. Nunca tinha visto isso.

  10. Saulo said

    Lamento não pelo Roger estar vivendo essa nefasta famade”chinelinho”, mas lamento pela imprensa brasileira (espero, Marcelo, que você não esteja incluso), que vive caracterizando jogadores simples e cabeças-de-bagres como craques. Os tais jogadores acreditam mesmo que são craques e soberbamente começam a usar “chinelinhos” nos clubes por onde passam. Eu vou apenas falar dos jogadores simples ou até mesmo cabeças-de-bagres que foram intitulados como craques e que surgiram do meu Fluminense: Roger (um atleta bonzinho se cumprir uma regra tática do seu treinador com humildade, atuando como armador); Diego Souza (jogador simples que jogando o famoso “feijão com arroz” e obedecendo regras táticas sobressai como bom segundo volante), Carlos Alberto, Lenny e o ala Marcelo (foi para o Real Madrid)..esses três são verdadeiros cabeças-de-bagres, eles não jogam absolutamente nada. Alguém já disse que Luxemburgo vai dar jeito em Lenny e que Muricy vai dar jeito em Carlos Alberto, só se esses dois treinadores forem deuses. Impossível transformar cabeças-de-bagres em craques, ainda que os empresário de marketings queiram colocar na cabeça dos seus consumidores (os incautos torcedores).
    Se o Roger jogar seu futebol simples e abandonar essa história de sempre querer namorar uma atriz super-star (nada contra namorar super-star o que não pode é ele querer ser um super-star frequentando programas de TV de suas namoradas), certamente o Roger será um dos grandes destaques do Grêmio no Gauchão, na Libertadores e no Brasileião).
    Agora se o Roger continuar acreditando o que os seus empresários e alguns incompetentes jornalistas colocaram em sua cabeça, ou seja, se iludindo que é um craque ou um super-star ai lamento pelos torcedores gremistas…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: