Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

O novo estádio do Grêmio

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 24 janeiro 2008

O Grêmio deve definir em fevereiro onde pretende construir seu novo estádio. Há dois projetos concorrentes. Um é capitaneado pela construtora brasileira Norberto Odebrecht, uma das principais empreiteiras de obras públicas do país. Ela defende a construção no bairro de Humaitá, um lugar menos valorizado. A vantagem é que durante a obra o Olímpico ficaria de pé. A desvantagem é ter de comprar outra área.

A outra proposta é da empresa portuguesa TBZ, a mesma que negocia com o Botafogo a gestão do Engenhão. A proposta é derrubar praticamente toda a área social, construir estádio e prédios de escritório e remodelar a área social.

Só falta um “detalhe”: que vai pagar a conta de R$ 400 milhões, custo aproximado dos dois projetos?

7 Respostas to “O novo estádio do Grêmio”

  1. Rhay said

    Nao gostaria que a copa fosse aqui…teremos que fazer novamente 50 anos em 5, e já provado que no Brasil milagres não funcionam…

    Eu também tenho muitas dúvidas, Rhay, Já imaginou 5 mil torcedores viajando de avião de Curitiba a Salvador num dia? Onde tem avião e aeroporto para isso?

  2. Rhay said

    o jornalista e sofredor torcedor do américa José trajano foi ao emrates estadium em london e disse num programa matutino que nao tem mínima comparação por vários fatores:
    1sao variados tipos de acesso que o torcedor tem,
    2em todo estádio há monitores que te levam ao seu lugar reservado no ingresso,
    3quando acaba o jogo o estádio se esvazia no max em 5 minutos pois há muitas saídas,
    4 e essas saídas muitas vezes dão em metro,ônibus,taxis…
    Enquanto isso temos estádios “apertados”,que demoram no min20 miuntos para esvaziar e que nao temos acesso a visitas para turismo…

    Vinte minutos, Rhay? Você esta sendo otimista. Na final da Copa do Brasil entre Flamengo e Santo André fui ver o jogo e como estava muito cheio no lado do Flamengo fui na torcida do Santo André. Depois do fim do jogo, a Polícia nos manteve presos dentro do estádio meia hora, esperando a torcida do Flamengo ir embora. Só emtão, já quase totalmente no escuro (deixou uma lâmpada de um refletor acesa) começou a sair a torcida do Santo André, todos pelo mesmo portão. Deve ter torcedor que saiu do estádio quase uma hora da manhã. Eu sai umas 12h45.
    E o Trajano está certo. Não há comparação entre nenhum estádio brasileiro e um bom estádio europeu. Em 1995 fui ver um jogo no Prater, o maior estádio de Viena, que será o palco da Eurocopa. O estádio é de 1931, embora tenha pelo menos duas grandes reformas. É incomparávelmente melhor do que qualquer lugar onde estive no Brasil. Tudo é funcional. Do seu assento até a rua, não leva mais do que uns quatro minutos.. Lanchonete, banheiro, tudo é à mão. E esse estádio é mais velho até do que São Januário. Com a Copa, temos a chance de nos atualizarmos. O que não podemos é cair na mão de qualquer picareta, brasileiro ou estrangeiro.

  3. 400 milhões de reais?

    Hummmmmmmmmmmmmm…

    Como obter retorno desse capital?

    Retorno significa lucro e mais o capital investido. Isso num horizonte viável, digamos, dez ou quinze anos.

    Digamos quinze anos. O capital deveria retornar ao empreendedor numa base de 2,3 milhões mensais.
    Fora isso, há o custo desse capital.
    Fora isso, há o lucro sobre esse capital.
    Fora isso, há o fato que 400 é só previsão…
    Fora tudo isso, há a manutenção do próprio estádio.

    Ok, aumente-se o prazo para 30 anos (piada, mas vá lá…).

    Aqui em SP falam em uma arena de 600 milhões.

    Só dando risada mesmo.

    E você está sendo benevolente nas contas, Emerson. Uma vez num seminário na Câmera Americana de Comércio, um executivo inglês de uma empresa cujo nome nãome lembro (talvez fosse a Deloitte) disse que investidores de estádio esperam um retorno sobre capital investido de 20% a 30% ao ano. Isso dá pelo menos 80 milhões por ano, ou 6,5 milhões por mês. De lucro. A agenda de megashows no Brasil vai ter de crescer bastante. E há dois problemas grandes, o tamanho da classe média e a distância, que encarece os shows. Mas, por outro lado, o mercado brasileiro está crescendo, ainda que aos poucos.

  4. brunogremista said

    Aqui estão algumas informações sobre a Arena Gremista

    TBZ: Quer que a nova Arena seja construída na Azenha, exatamente onde está o Olímpico. A própria empresa construiria um estádio no CT de Eldorado do Sul, com capacidade de 14 mil pessoas, enquanto a Arena fosse construída sobre o querido Olímpico Monumental. A maior vantagem da proposta dos portugueses está no faturamento. O Grêmio ficaria com 65% dos faturamentos do estádio nos próximos 20 anos, depois de efetuada a construção da Arena, enquanto a TBZ ficaria com os outros 35%. Após 20 anos, o Imortal passaria a ficar com 100% do faturamento. O custo das obras seria de 280 milhões de reais, sendo que a TBZ assumirá os custos e terá o apoio financeiro do banco português Efisa.

    Odebrecht: Pretende construir a Arena no Bairro Humaitá, onde está o terreno da Habitasul, do qual o grupo já acertou a compra do terreno e usá-lo para a construção do novo estádio, terreno que custará 40 milhões de reais. O custo do estádio seria de 300 milhões de reais, sendo que 190 milhões de reais sairiam da Odebrecht. Dos 110 milhões de reais restantes, 55 milhões de reais sairiam da venda do Olímpico, que já possui um investidor interessado no estádio. A outra metade seria investida pela própria empreiteira. Já a divisão do faturamento é menos vantajosa, se comparado com a TBZ. A Odebrecht quer ficar com 50% dos faturamentos, e o Grêmio ficaria com os outros 50% nos próximos 20 anos. Depois desse prazo, o Grêmio passa a ter 100% dos faturamentos do estádio.

    Site da Zero Hora: Leia

    Caro Bruno Mesmo lendo as informações, não dá para ter uma opinião. Mas o que preocupa mesmo é que nenhuma das duas empresas tem experiência em estádios. A TBZ diz que tem, mas quase não tem, como viu no post. Traga mais contribuições! Um abraço

  5. will said

    deveria ter uma capacidade de no minimo 60 mil lugares

  6. matheus said

    GOSTEI

  7. matheus said

    MAS SOU CORINTHIANO

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: