Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

O exemplo do marqueteiro

Posted by Marcelo Damato em terça-feira, 29 janeiro 2008

Beckham é um dos jogados mais taxados de marqueteiro. Só quer saber de moda, filmes, festas. Bola que é bom, nada.

Mas Beckham veio ao Brasil nesta terça, para inaugurar uma filial de sua megaacademia em Natal. nem passou por Rio e São Paulo. Veio inaugurou e está indo embora (provavelmente já terá ido quando você ler isso).

Mas Beckham vai fazer em Natal o que ninguém faz faz tempo: um estádio.

Será um estádio pequeno, nada de sonhos com a Copa do Mundo. É para categorias de base. Terá 10 mil lugares, todos cobertos. De longe, se parece com o que o São Paulo quer construir no CT de Cotia.

De perto, ainda é preciso esperar e conferir.

estadio-beckham.jpg

Cadê os estádios do Bebeto, do Romário, do Ronaldo, do Ronaldinho, do Kaká… Será que só Beckham enxerga o que ele está vendo? Visão que se resume numa frase:

“Não vim aqui para ensinar ninguém a jogar. Os brasileiros são os melhores do mundo”

Anúncios

9 Respostas to “O exemplo do marqueteiro”

  1. JoaoBittar said

    Semana passada Beckham estava em SerraLeoa e SerraLeoa estava nas TVs do mundo todo. Chamou-nos atencao para a fome na Africa, a pobreza endemica, a carencia de remedios e coisas elementares. Pode ser marketeiro, mas talvez seja bem assessorado, talvez seja “gente boa” como os brasileiros do Real falavam dele. Embaixador da Unicef.
    Marketeiro, mas “Marketeiro do Bem” ao que parece.
    Jah nosso queridissimo Kaka doa dinheiro pra Bispa que usa pulseira eletronica do presidio da Florida. Romario ta preocupado com a cabelereira, Ronaldinho eh uma interrogacao no presente, Ronaldo abriu boate no Leblon ( R9 ) lembra ?.
    Enfim, o Beckham eh que eh marketeiro…

    Sem dúvida, Bittar. O exemplo do Beckham esteja nos ensinando que marqueteiro não é necessariamente enganador, mas principalmente alguém que faz coisas boas e sabe se aproveitar disso. Mas para se aproveitar é preciso fazer.

  2. Flavio said

    Se o Beckham fosse brasileiro, seria venerado como um Deus pela maior parte da nossa imprensa. Mas como não é, é o marketeiro que não joga nada…

    Não sei se chegaria a tanto, Flavio, mas grosso modo é o que eu acho. Ele vai deixar seu nome na história do futebol. Não é um cracaço, mas é uma influência respeitável na história do jogo.

  3. Eduardo said

    Beckham é melhor que Elano, Afonso, Fernando, Richarlyson, Marcelo, Julio Batista, Daniel Carvalho, Anderson e outros que estão na Seleção. Jogaria fácil no meu time e ainda hoje, mesmo fora do seu auge, acho que teria um lugar na Seleção brasileira..
    Me lembro logo quando ele começou a ficar famoso e jogou o Mundial contra o Palmeiras e o Galvão Bueno no alto da sua arrogância canarinho, começou a esnobá-lo toda vez que ele pegava na bola, questionando quem era o Beckham, que era mais um ídolo inglês que não jogava nada, que os seus cruzamentos eram feitos na base da sorte… ele mal sabia o fenômeno que o jogador se tornaria e em 2002 alertava a torcida brasileira pelas bolas levantadas e pelos lançamentos do craque inglês que era um dos destaques da Copa. Nunca mais me esqueci desse comentário furado dele.

  4. Ricardo - Harry said

    Pô, to gostando de ver o Beckham. É marketeiro sim, maas do bem, como foi falado aqui.

    E creio q a parada em Serra Leoa nao foi pra aparecer nao. Seria bom se tivessesmos mais Beckham’s no mundo que fizessem a mesma coisa que ele.

    PS: Depois de muito tempo, estou de volta nos comentarios no blog \o/.

    Seja bem-vindo de volta, Ricardo. Já tinha notado que você não escrevia havia muito tempo. Espero que as férias tenham sido boas. Sobre a viagem para Serra Leoa, não sei por que foi, mas o fato é que ele atravessou o país todo. Não se limitou a visitar crianças na capital. É bem conhecido na Inglaterra que o Beckham tem uma fixação por deixar sua marca na história. Isso é um tanto egocêntrico, mas o impulsiona a fazer muitas ações positivas, em vez de ficar simplesmente aproveitando a fortuna que tem.

  5. Clayton said

    Marcelo, falando no CT de Cotia, o São Paulo valendo-se da Lei de Incentivo ao Esporte, conseguiu como um dos colaboradores do projeto, o Banco Bradesco (instituição parceira do São Paulo desde os anos 50). Li no Painel do Folha esta informação há pouco tempo. Terminada toda a construção, será coisa de 1º mundo mesmo. Juvenal Juvêncio falou até em “Universidade do Futebol”, com intercâmbio de atletas de outros paises. Que outros grandes clubes brasileiros pensem dessa forma também…

    Clayton, O projeto do São Paulo é inspirado num estádio em que o time treinou no Mundial de 2005. Mas sempre é prudente esperar para ver. E “Universidade” do Futebol é muito exagero. Universidade pressupõe uma diversidade de cursos e conhecimentos que o futebol não tem. Bons tempos em que essa palavra era usada apenas para instituições do porte da USP e da Unicamp…

  6. Rubens Leme said

    Beckham é um bom jogador e muita gente implicou com ele por causa de sua beleza e de seu sucesso com o público feminino. Há quem o considerou um “Corrêa piorado” após aquele penal bisonho contra Portugal, na Euro.

    O lamentável Neto disse que Marcelinho foi “1000 vezes melhor que esse inglesinho aí”. Ele jamais participou de igrejinhas no Real, pelo contrário, teve uma postura calma e coerente quando quiseram fritá-lo. Ficou até quando devia, e quando o Real viu que perderia muito sem ele, tentou renovar, mas já era tarde.

    Não vejo nada de mal em construir um estádio aqui. Aliás, em 2006 Jimmy Page recebeu um prêmio da Rainha Elizabeth por seu trabalho com crianças pobres no Rio. E ele disse a mesma coisa quando perguntaram a ele pq não ensinava meninos pobres a tocar guitarra: “eu vim para aprender a tocar percussão com eles!”

    É muito mais positiva a imagem dele fazendo algo positivo do que ver o melhor do mundo erguer os dedinhos ao céus e mostrando uma camisa com mensagens do tipo “I belong to Jesus”.

    Eu também não vejo algo de mal em construir um estádio, Rubens. Eu acho ótimo. Dinheiro privado no esporte? Quanto se vê disso aqui?

  7. Leopoldino Costa said

    Também já lhe achei marqueteiro. Mas hoje em dia, deve-se aproveitar a fama e a influência nos mídia para fazer o bem. Se voce tem a possibilidade de ser bem sucedido é preciso fazer algo em troca. E o Beckham tem-no feito. na Serra Leoa, no Brazil, onde quer que seja, emprestando um pouco do seu tempo e dinheiro, mas proporcionando alegria e oportunidade aos outros. Concordo com o Bittar- ele pode mesmo ser “Gente boa”.

  8. Onofri said

    Os people têm é inveja do Beckham. Ponto.
    Vários pontos já foram comentados, mas um defeito inquestionável ele tem: gostar das Spice Girls. Ou será que ele finge que o grupo que a mulher canta não existe?

  9. JoaoBittar said

    Boa Onofri,
    lembrou bem.
    o cara eh bom, eh do “bem”, mas ouve cada porcaria…..!!!!
    Mas tem o lado bom.
    O casamento com a Victoria acabou com as Spice.
    Nada mal para a humanidade…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: