Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Os árbitros reagem

Posted by Marcelo Damato em sábado, 2 fevereiro 2008

A comissão de arbitragem da FPF vai processar no TJD um diretor do Santos por suas declarações contra o árbitro Otavio Correia da Silva, que apitou a derrota do time praiano para o Barueri, na quinta-feira, na Vila.

Após o jogo, o diretor jurídico do Santos, Agnelo Ramos, pediu ao árbitro que realizasse um exame antidoping, o que foi recusado. Depois declarou que o árbitro havia ido ao vestiário do time antes da partida para tomar um analgésico porque estava sentindo dores em razão de um piercing implantado no umbigo.

Ao saber da declaração, o árbitro ficou revoltado. Disse que fora apanhar um esparadrapo para fixar o ponto eletrônico no ouvido. Antes de deixar o estádio, o árbitro levantou a camisa para mostrar que não possuía piercing.

O presidente da comissão, o coronel aposentado da PM Marcos Marinho, decidiu abrir o processo. Marinho também respaldou a atuação do árbitro. No pênalti, afirmou, a cobrança foi anulada antes de ser efetivada. No gol de Thiago Luís anulado por impedimento, Marinho atribuiu a responsabilidade ao assistente.

Já não era sem tempo de os árbitros começarem a processar dirigentes que se comportam como torcedores. E, o Santos, lamentavelmente, vai pedir o veto de Correia da Silva a seus jogos.

Anúncios

5 Respostas to “Os árbitros reagem”

  1. Lucas Camargo said

    (1) Sem dúvida, uma boa medida…Mas temos que ver se vai surtir efeito e, mais importante, se vai ser repetida pela comissão em casos semelhantes no futuro…

    (2) Sem querer sacanear, pois vc já até retificou o post anterior…. mas parece que os times de SP resolveram queimar a sua lingua…Na segunda (28/1) foi o Spfc. Hj é o Santos…Em menos de uma semana, dois times querendo vetar árbitros…

    Já gastei um tubo inteiro de Hipoglós na língua, Lucas. Estou com um bafo de bacalhau que nem imagina, hehehe

  2. pamortera said

    Essa história de pedir veto de arbitro é ridícula!
    São Paulo e Santos querem é botar pressão na arbitragem para saírem ganhando sobre essa enorme palhaçada que é a arbitragem brasileira.

    Concordo com sua tese, Pamotera. É preciso encontrar soluções e não ficar nessa competição de quem berra mais alto. No caso do pênalti do Santos, foi ridículo. O árbitro apitou antes do chute. A tese do Leão de que o gol deveria ser validado porque o jogador estava correndo mereceria uma punição por insulto à inteligência das pessoas. E esse cara joga tênis, onde isso acontece nuns 30% dos saques.

  3. euclydes zamperetti fiori said

    Entendo q. 1º Se o Tabata, correu para bater o pênalte, houve autorização dada pelo árbitro. 2º Dizer q. apitou na corrida do Tabata antes de tocar na bola tb, acredito. Então vejamos:O árbitro, bem posicionado de frente p/o goleiro viu o mesmo atraz da linha de meta, não deveria autorizar a cobrança=Erro 01. Quando Tabata corria em direção da bola o árbitro atraves apito, participou alguma irregularidade, como Tabata ja havia partido chutou a bola, q. entrou + sem legalidade, ok. Ora! entendo q. o erro principal foi na 1ª vez, em q. o árbitro vendo a irregularidade autorizou a cobrança e seguidamente a anulou. Já quando da 2ªcobrança e defendida, entendo q. errou o árbitro em valida-la,o goleiro se adiantou.Erro 02. E nada de culpar os assistentes, o árbitro foi o senhor do lance, com visão e dominio total sobre o mesmo. Fiori-ex-árbitro.

  4. JoaoBittar said

    Falamos de SaoPaulo e Santos mas, no ano passado o ToninhoCecilio diretor de futebol do Palmeiras na era pre-Traffic, ameacou ateh a quinta geracao do juiz de Cruzeiro e Palmeiras no vestiario do Mineirao. Pra nao falar da pressao no caso Valdivia “Vitima da Sociedade Ocidental Crista” .
    E , sem querer provocar (e jah provocando…) queria ver os corinthianos que se irritaram (com razao) com a choradeira saopaulina no caso do gol de Adriano, se o gol anulado daquele jeito,fosse do Acosta ou Finazzi, isso tudo somado a nao expulsao do Joilson e outros erros proh-SPFC do Salvio, queria ver se nao pediriam o impechment do filho daquela doce sra. corinthiana e coisas piores.
    Espero ver o fair play da nacoes alvinegra e alviverde no dia que isto acontecer contra eles.
    Mas sinceramente, nao creio que isto aconteca.
    O que NAO inocenta SPFC e SFC, claro, mas relativiza muito as coisas. Atire a primeira pedra….

    João, começo concordando um pouco e termino discordando muito. Concordo que possivelmente o Corinthians faria igual, ainda mais com um presidente como Andrés Sanchez – nada a ver com sua competência, mas sim com seu equilíbro emocional em momentos assim. Mas discordo relativiza um milímetro que seja. Muitos problemas se arrastam até que chega a hora em que a sociedade está madura para resolver um deles. A hora é esta. Tem é que punir todo mundo. Ficou claro que essa pressão só piora a arbitragem.

  5. Davi Matias said

    Já passou da hora dos juizes vetarem clubes. Seria bem interessante uma manchete do Lance no domingo: São Paulo não joga hoje porque árbritros vetam o clube. Depois disso garanto que param com essas bobagens de veto ou responsabilização do resultado ao alheio. O São Paulo não veta o Carlos Alberto fora de forma, mas quer vetar o juíz…haja paciência

    Isso que você propõe seria no mínimo diferente, Davi. É até engraçado imaginar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: