Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

O caso Romário – 4

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 7 fevereiro 2008

Trechos da entrevista de Eurico Miranda depois da partida desta quarta-feira à noite

“Eu lamento que o Romário tenha tomado essa decisão. Mas eu fiz o que tinha de fazer. “

“Sempre que eu achar que devo interferir, vou interferir mesmo.”

“Na segunda-feira eu já tinha tomado a decisão de que o Allan Kardec iria jogar. Eu avisei o Paulo Angione disse. Não sei o que ele disse ao Romário para tentar convencê-lo.”

“Eu sou uma pessoa de tratos. Quando conversei com Romário para ele ser técnico, disse: ‘Tem duas pessoas que nós temos que apostar, Alex Teixeira e Allan Kardec’.”

“O Romário virou técnico porque eu confio nele, mas também por causa da nossa amizade, que não mudou.”

“Romário técnico foi um projeto que eu banquei, que eu queria que desse certo.”

“O carinho não pode te inibir de fugir da sua responsabilidade.” (sic)

“A camisa 11 continuará imortalizada. A estátua continua lá.”

“O Romário tem contrato com o Vasco.”

“Tive chance de contratar um centroavante, mas não contratei. Esses dois jogadores são do Vasco, não tem empresário, nem participação. Esses jogadores são patrimônio do Vasco.”

“Não havia ninguém do PSG em São Januário, a proposta foi na semana passada, de 4 milhões de euros. E eu recusei.”

“Estão surgindo personagens que nada têm a ver com esta história. Eu não vivo de fanfarronada.” (comentando a declaração de Kléber Leite).”

“O Flamengo que siga a sua vida, Mas o Vasco não vive em função do Flamengo.”

 

5 Respostas to “O caso Romário – 4”

  1. JoaoBittar said

    Parece a fabula do sapo e do escorpiao que queria atravessar o rio e no meio da travessia, mesmo sabendo que ia morrer, mete o ferrao nas costas do generoso sapo.
    So nao se sabe quem eh o escorpiao ou sapo.
    Ou Eurico seria o escorpiao?

    Fazendo uma comparação morfológica, João, o Eurico está mais para o sapo. Não dá para imaginar o Romário carregando o Eurico nas costas, heehe

  2. Betão da Cruz de Malta said

    Marcelo, que o Romário estava certo em barrar o Kardec estava, mas me parece que, se tem uma pessoa nesse mundo do futebol, que não podia negar um pedido do Eurico é o Romário, por ter sido conivente a vida toda com ele. Romário e Eurico eram parceiros. Ambos usaram o Vasco. Eurico vai usar ainda por muito tempo se a justiça não atuar.
    Bastou não ser mais conveniente para ele, Romário, que ele arrumou a desculpa que queria para não ter que aturar seu desafeto Edmundo. Romário mudou desde a chegada do Edmundo, fato. Começou a dar declarações pesadas, começaram os desencontros com o Eurico. Disse que “no Vasco ninguém sabe p… nenhuma” quando perguntado sobre sua suspensão pelo uso de finasterida. Ou seja, ele já estava forçando uma barra ao que me parece. Posso estar errado, mas já tinha a sensação que Edmundo e ele nunca íam se encontrar por lá mesmo.
    Essa minha opinião de que o Romário seria o único técnico do mundo que não poderia negar algo ao Eurico é questionável, sei disso, mas acho que o Romário traiu o ex-deputado mesmo. Ele, logo ele, não podia negar algo ao seu “parceiro”.
    O Vasco, sem o jogo de despedida sai perdendo, sem o Romário como técnico e jogador sai ganhando. Valeu Marcelo.

    Concordo em boa parte contigo, Betão. Mas o que eu não entendo é como o Romário, na hora de combinar as coisas com o Eurico para ser o técnico, não deixa algumas coisas claras, como um compromisso de que o Edmundo não seria contratado. Na hora da negociação, tudo pode ser discutido. O ruim é não deixar as coisas claras e depois dar essa cagada que deu. Mas não acho que tenha sido uma traição. Acho que quando duas pessoas tão egocêntricas como os dois convivem sempre há o risco de colisão, pois cada lado dá de barato que o outro vai fazer as coisas do jeito que ele quer. E não é assim.

  3. JoaoBittar said

    Boa Betao,
    o escorpiao tambem pode ser o Romario….

  4. Rubens Leme said

    Romário merece esse final de carreira. Sempre atropelou companheiros, técnicos e fez o que quis nos clubes em que jogou.

    Romário jamais foi jogador de elenco, com exceção da Copa de 94. Depois de tantos anos mostrando uma arrogância desmedida, encontrou alguém mais arrogante e presunçoso que ele. Bem feito. Foi craque e um dos maiores exemplos de como não ser um bom atleta, em todos os sentidos da palavra.

  5. Alan Grange said

    Quatro milhoes de Euros no Alan Kardec e ele recusou???? Alem das outras “qualidades”… agora também é burro! Meu Deus!!!

    Caro Alan, Seja bem-vindo aos debates. Espero que escreva mais vezes. O Eurico está fazendo uma aposta muito alta. Ele acha que tem uma “quadra de ases”. É preciso ver se não é apenas “um par de 2”. Abraço

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: