Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

João della Monica VI

Posted by Marcelo Damato em terça-feira, 12 fevereiro 2008

Affonso della Monica, presidente do Palmeiras, por meio de um assessor, disse a este blog que gostou muito de ser comparado a Dom João VI, o rei que não queria ser rei, como saiu na coluna de domingo no Lance.

Disse que é muito melhor do que ser comparado com Al Capone ou Lampião.

De fato, é muito melhor. E comparar com os outros dois seria uma injustiça. Mas será que ser d. João VI é o suficiente para fazer o Palmeiras voltar ao lugar que sua torcida espera? Nos primeiros três anos, mesmo gastando mais do que arrecadando, não foi.

Anúncios

17 Respostas to “João della Monica VI”

  1. Rubens Leme said

    Por que vc não reproduz suas colunas aqui no dia seguinte? Para alguém como eu que não tem o jornal aqui seria mais fácil de ler.

    Tem razão, Rubens. Vou ver se o Lance deixa. Teoricamente, o jornal é dono das minhas colunas.

  2. Po eh verdade viu , o Rubens Leme tah certo.
    Eu nem moro no Brasil, ia ajudar mesmo, faz que nem o Juka Kifuro, poe a coluna do jornal no Blog tambem.
    O Lance! permitirah?

    Sds

    Pois é, Nathan, no caso do Juca é mais fácil. UOL e Folha têm o mesmo dono.

  3. Paulo Izique said

    Apesar de muitas restrições ao Della Mônica, por sua inoperância e ausência, mas principalmente por seus 12 anos ao lado do nefasto Mustafa, ainda bem que ele, no seu segundo mandato, transferiu algumas áreas do Palmeiras para quem realmente tem capacidade e pensa na Sociedade Esportiva.
    Torço agora para que outros, na mesma situação do Presidente, façam o mesmo, e deixem administrar aqueles que realmente tem capacidade e que visualizam um Palmeiras gigante.

    Caro Paulo, espero que tenha razão. O que tenho visto com preocupação são sucessivos déficits. Se isso fosse fruto de investimento em infra-estrutura, ainda vai. Mas são para cobrir uma folha de gastos operacionais cada vez maiores.

  4. Rubens Leme said

    A melhor obra de Della Banana será deixar a presidência e voltar ao ostracismo, seu lar natural.

  5. Rubens Leme said

    Isso não é empecilho, Marcelo. Publique no dia seguinte quando o jornal já foi vendido pode até ser uma boa propaganda para eles. Só para citar: o Melk publicava as de basquete em um blog dele e o Laguna, do Diário, faz o mesmo.

  6. Paulo Izique said

    Marcelo, além das atrocidades financeiras cometidas pelo Palaia, quando diretor de futebol, esses déficits não seriam em virtude, além de gastos operacionais, de gastos estruturais, haja visto a podridão total que o nefasto Mustafa deixou todos os setores do clube??

    Paulo, nos anos Palaia, o déficit foi bem alto. Em 2007, reduziu bastante é ficou nuns 11, 12 milhões (exatamente, o clube só em 2007 ficou esse tanto mais pobre, somando os três anos, dá uns 40 milhões). A questão é que neste ano, estão abrindo as burras de novo para não entregar o mandato de mãos vazias. Só a equipe do Luxemburgo custa bem mais de 1 milhão por mês, com encargos.

  7. O quadro dos últimos 3 exercícios fiscais do Palmeiras é preocupante:

    2005 – déficit de 5,054 milhões;

    2006 – déficit de 37,243 milhões;

    2007 a – no final do ano a diretoria pediu à Nike 3 milhões adiantados sobre o patrocínio do ano de 2008 para quitar despesas diversas; isso, depois de ter recusado proposta da própria Nike para antecipar a renovação do contrato atual, a vencer em dezembro;

    2007 b – informou-se, também, que a Fiat já adiantou 7 dos 8,5 milhões previstos para desembolso no decorrer de 2008, isso ainda em dezembro;

    2007 c – o clube fez contratações de grande porte; mesmo que a Trafic seja responsável por parte dos pagamentos – e essa é uma área nebulosa e, pior, sem cobertura de contrato, como confirmou na semana passada Gilberto Cipullo – uma parte considerável sairá dos cofres do Parque Antártica.

    Cofres já combalidos, diga-se.

    Curiosamente, quem anda mais interessado nas articulações promovidas por São Paulo e Flamengo com vistas a renegociar as cotas de TV, é o Belluzzo, que já foi, inclusive, desautorizado para isso pela diretoria. Parece que depois voltaram atrás e deixaram-no continuar participando de almoços e reuniões.

    A impressão que passa é de uma ânsia muito grande em vencer qualquer coisa e recolocar o clube em outro caminho e outro patamar. O problema é que correr atrás de vitórias a todo e qualquer custo, serve apenas para acelerar os caminhos para novas derrotas.

    Você quis dizer Adidas (e não Nike), certo, Emerson?

  8. Ué, eu escrevi Nike???

    heheheheehe…

    Por que será que cometi esse erro? Terá sido um ato falho?

    :o)

    Pois é, agora é aguardar pelo balanço 2007 que dificilmente apresentará números bonitos, além de já ter engravidado o de 2008 com esses buracos de caixa.

    Enquanto isso, a FSP antecipou os números da receita do SP em 2007 e eles são superiores às minhas previsões! Que eu considerava otimista.
    O problema, e isso terá de ser destacado em abril, na safra de balanços, é que transferência de jogadores não é receita. Ou melhor, é, mas não deve ser tomada como tal. Esses números, que são aleatórios e independem de vontade e planejamento, não devem fazer parte da estrutura de sustentação do clube como um todo.
    Mas, no Brasil de ontem, hoje, amanhã e depois de amanhã, isso é utopia.

  9. Mario Henrique said

    Marcelo, e nos Jardins Supensos, quem seria D. Maria, a Louca?

    Isso eu já não sei, Mario, mas dizem que a mulher do atual primeiro vice-presidente Luiz Carlos Pagnota (que é do grupo do Mustafá, mas isso são preciosidades do estatuto palmeirense), que foi diretora de compras, queria muito ser primeira-dama. Logo ela poderia ser candidata a Carlota Joaquina. Apenas por isso, claro, hehehe.

  10. Emerson Figueiredo said

    Como corintiano, gosto de ver o Palmeiras forte. É bom para manter a rivalidade acesa. Mas temo que será difícil para uma única cidade continuar a ter mais de dois times grandes. A cidade de São Paulo já perdeu a Lusa, que teve uma queda de status. Corinthians, São Paulo e Palmeiras terão que se esforçar muito para manterem-se. O Palmeiras, me parece, é o que está em situação mais crítica entre os três. Os problemas do Corinthians, provocados pela diretoria que saiu, podem ser resolvidos graças à grande torcida. O São Paulo está em melhor situação no momento. Se a diretoria palmeirense não trabalhar forte, podemos ter um time grande reduzido à condição de médio. O que será uma grande pena.

  11. geraldo c araujo said

    Concordo com o presidente. Compará-lo a Al Capone e Lampeão seria altamente desfavorável àqueles personagens.

  12. JoaoBittar said

    Marcelo Damato,
    Imagino que o Lance! tem os Direitos Autorais Patrimoniais dos seus artigos e colunas, mas isso tem alguns limites, e os Direitos Morais do autor fazem parte desses limites.
    Ao autor pode-se nao permitir comercializar a sua coluna mas nao lhe nega o direito de publica-la citando a fonte, com o JucaKfoury faz no seu blog com as colunas da Folha, ou como eu mesmo faria, se tivesse um blog, apenas CITANDO a fonte. Nada me impediria.
    Quanto ao Della Monica, me espanta o fato dele nao ser chamado de Della Cebolinha ou mesmo Della Magali pelo nosso RubensLeme, depois de tudo isto.
    D.Joao IV foi bem mais efetivo que o DellaMonica, muito mais, nao sejamos injustos com o nobre.

    Está certo, dom João Bittar, vou passar a colocar. Mas ainda vou ver a melhor maneira de fazer isso, ok? No máximo, na segunda-feira, começamos.

  13. Emerson Figueiredo said

    João,
    Eu arriscaria dizer que os escritos do Marcelo deveriam ser considerados “patrimônio da humanidade”, mesmo não concordando com a totalidade do que ele escreve.

    Sai para lá, Emerson!! Imagine ter que pedir autorização à Unesco para corrigir cada erro de digitação!, hehehe Com todos os que eu cometo (grande parte detectada por muitos olhos amigos que alertam), nem toda a torcida do Flamengo seria suficiente para manter esse blog funcionando. Mas agradeço pela intenção.

  14. Emerson Figueiredo said

    O São Paulo merece?

    Aurélio Miguel será o candidato da oposição na eleição para presidente do São Paulo, em abril. O nome do ex-judoca e atual vereador pela capital paulista foi oficializado na noite desta terça-feira, em reunião entre os principais líderes da chapa contra o mandatário vigente Juvenal Juvêncio. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do político.

    Fiquei sabendo, Emerson. Gostaria de ver um confronto entre os dois. Fisicamente, o Aurélio poria o Juvenal no bolso do quimono se este tivesse um. No debate, aconteceria o contrário, talvez até com mais facilidade.

  15. Mario Henrique said

    Pois é… Carlota Joaquina…
    A corte palmeirense – imagino que dos ouros clubes também – tem também personagens menores.
    Certa vez, em reunião nos subterrâneos do Pq. Antarctica dividi uma mesa com um diretor menor, um assessor, um “publicitário”, um puxa-saco e um profissional do marketing esportivo que tentava vender um bom projeto, e me levou na tentativa juntar uma assessoria de comunicação.
    O diretor fazia piada de outro diretor – foi no dia da “auto-entrevista” daquele outro senhor, cujo nome não lembro, coçava o saco, olhava pro “publicitário”…
    O “publicitário” (é um sujeito bem anônimo, de quem eu nunca ouvira falar), o próprio porco, falava de prostitutas, mostrava um maço que – sem exagero – devia ter ums 30 notas de 50 na carteira, falava de seu Jaguar, e olhava para o diretor…
    Os dois tentavam “participar” do negócio que era proposto ao Palmeiras, meu time, por sinal.
    O “publicitário” achava que o profissional do marketing esportivo devia investir 40% da verba em outdoors… do “publicitário” – a lei Cidade Limpa já havia sido decretada e estava em vias de implementação.
    O diretor, com um sorriso, disse: “Deus quando criou o mundo fez o Palmeiras (?) e disse: ‘Vou por todos os FDP do mundo aqui!’
    Todos riram.
    Em consideração ao profissional do marketing esportivo, eu suportei uma hora e meia e pedi licença.
    Na saída, chegava um diretor aparentemente sério (que eu também não conhecia), me viu na porta, assustou-se, viu o profissional de mkt, o diretor, o publicitário, e perguntou – puto – na lata o que era aquilo.
    Não fiquei pra ver como terminou a reunião.
    O bom projeto acabou na lama.

    Que coisa, Mário. Mas essa história ficaria melhor com os nomes. Um deles é sei. O sujeito que fez a auto-entrevista foi o Salvador Palaia, mas esse não participa da história.

  16. Rubens Leme said

    João, o Della Monica para mim não seria Della Magali, Cebolinha ou Franjinha. Na verdade, ele é o Della M*—-, mas isso o Marcelo vetaria. Então fica o Della Banana mesmo.

    Aliás, vou dar uma de Robério de Ogum. Em 2006, disse a uns amigos que o Palmeiras só será campeão novamente em 2032 ou 2033. A tese é simples – e espero que furada.

    O Palmeiras ficou na fila quase oito anos entre 1950 e 1959 – oito anos e uns meses. Depois ficou 16 anos e oito meses entre 1976 e 1993. Ora, como está dobrando o tempo e pensando que o último foi a Libertadores em 1999, isso nos projeta um título entre 2032 e 2033.

    Mas um colega meu defendeu uma tese que como os últimos titulos foram com a Parmalat e já estamos sem um título apenas como Palmeiras desde 1976. Portanto, ele deveria chegar agora. Mas isso estraga a minha progressão matemática, pois não poderia considerar o período 76-93. Por isso mantenho minha tese.

    Aliás, o clube podia inovar e lançar um DVD. Não existem coletâneas de artistas que cobrem a carreira do tipo The Best of Beatles – 1964-1970? Della Banana podia lançar The Worst of Palmeiras – 2000-2006. Seria uma aula. De como não se fazer futebol.

    Volta pro buraco de onde saíste!

    Esse DVD seria um tremendo sucesso entre os corintianos, Rubens.

  17. Rubens Leme said

    O Corinthians também podia lançar em parceria com a sociedade brasileira de gastroenterologia… conGESTÃO CORINTIANA. que tal?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: