Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Deu a louca na bola

Posted by Marcelo Damato em domingo, 17 fevereiro 2008

Este foi um fim de semana de surpresas.

O São Paulo perdeu a invencibilidade contra um time que é seu freguês habitual.

O Atlético-MG perdeu em casa para o Social.

O Santos foi derrotado pelo lanterna do Paulista, o Rio Preto, um time que jamais tinha conseguido uma vitória na primeira divisão.

O Bahia, o clube que caloteia seus próprios funcionários, disparou na liderança do Baiano.

E o Roger fez o gol da vitória gremista jogando “quase” no interior gaúcho.

Anúncios

20 Respostas to “Deu a louca na bola”

  1. JoaoBittar said

    Eh, tem dia que eh noite, como se diz lah na Mooca.

  2. Rubens Leme said

    O SP é uma coisa curiosa. Todo mundo xingava o Souza, mas o time hj não tem um meia. Longe de ser craque, Souza era utilíssimo. É o primeiro time que eu vejo sem uma meia-armador, coisa maluca. O Leandro que fazia tb essa função, foi embora. O Jorge Wagner não funciona como armador; o Dagoberto é um super-mico. Lembra quando vc escreveu que o Corinthians soltou fogos quando venderam o Souza por 4 milhões? Pois o Furacão está rindo de orelha a orelha: 5 milhões de dólares pelo Dagosono.

    E vou te dizer uma coisa: como são grotescos os tais Zé Luís e Fábio Santos. O Hernanes tá tendo que defender, armar e ainda fazer gols. Se o Muricy pudesse pulava no pescoço do Juvêncio perguntando porque desmontou o time dele.

  3. Rubens Leme said

    Ah, antes que o João pergunte senão falo do meu time, digo: vi um pequeno compacto no site da Globo da partida.

    Não gosto do Leo Lima de segundo volante, lento demais, deixa o time muito exposto pelo lado direito, porque o Granja apóia bastante. Em compensação, Elder Granja e Alex Mineiro são mesmo as maiores contratações do time. Sabiam que 10 dos 13 gols do time tiveram assistência ou de Elder ou de Leandro, que voltou a jogar bem? E há quanto tempo não via um 9 que passasse confiança.

    Diego Souza, mais condicionado fisicamente e entrosamento, fez boa partida. Henrique é um zagueiro muito promissor. Valdívia, o imbecil de sempre. Joga apenas contra time pequeno, mas adora fazer seu showzinho particular. Marcos fez boas defesas.

    Ah, sim, estreou a foquinha. Pena que não torceu o joelho…

    Minha sugestão seria jogar com Wendell como segundo volante, sua posição de origem, no lugar de Lima. Ou o Francis, que é mais técnico que o Wendell. Com eles, o time ficaria mais consistente.

    O Wendel seria uma escolha natural por jogar pelo lado direito, mas o Francis pode jogar mais recuado, como primero volante, deixando o Pierre como segundo, fazendo marcação homem a homem quando necessário. São boas opções.

  4. Mas há uma confiança muito grande no Roger. O Grêmio sempre teve um histórico de pegar jogadores escorraçados do eixo Rio-SP e fazer com que eles jogassem bem aqui. Paulo Nunes e Jardel são grandes exemplos de nossa história, e cito os mais recentes, Tcheco (passagem discreta no Santos) e Lúcio (outro escorraçado no Palmeiras e não brilhou no São Paulo). Com Roger não será diferente, e o mais importante, é ver que ele está se esforçando para isso.
    Já o São Paulo, parece o mesmo do início de 2007, mas com uma diferença, não houve perdas de peças no elenco, com exceção ao Souza e Leandro. Pelo contrário, recebe Adriano e Carlos Alberto. O Carlos Alberto, antes de jogar, precisa resolver esse problema na tireóide dos hormônios T3 e T4, se não, dificilmente ele terá condições de atuar como um profissional. Já o Adriano vive isolado na frente, e o Souza, tão criticado, seria o único meia de ligação com uma certa habilidade (Jorge Wagner se caracteriza em assistências, e não em habilidade), some isso a ausência do Leandro, que também foi vendido, e fazia essa ligação. Então o São Paulo tende a encontrar dificuldades até se achar.
    Já o Santos, passa por algo semelhante ao Grêmio. Time desestruturado de uma temporada para outra, conta com jogadores muito jovens e inexperientes. Só que no Rio Grande do Sul, a dupla Gre-Nal tem soberania sobre os demais, no Paulista, o buraco é mais embaixo, e o Santos sente isso. Então, é natural uma equipe jovem, como o Santos, fazer uma boa partida contra o São Paulo e Cúcuta, mas fazer uma péssima partida diante do lanterna do Paulista, o Rio Preto.
    Sobre o Galo… Na boa, time que tem o Souza como camisa dez de seu centenário… Não há muito o que falar. Saudações.

  5. JoaoBittar said

    Rubens,
    O Denilson pode nao ser tao espetacularmente ruim como vc. previu. Eu to achando uma certa liga neste time e ele pode se beneficiar disso. Alias, its now or never, e ele sabe.
    Quanto as suas observacoes sobre o SPaulo, nao ha como discordar , exceto pelo Dagoberto e nao completamente.

    Se o Luxemburgo reabilitar o Denílson, João, eu troco de planeta. O ego do Luxa vai ocupar este inteiro até a ionosfera, hehehe.

  6. Nicolas said

    Vejo o São Paulo com problemas na defesa.A entrada do Juninho pode ter fragilizado o setor.Tomou muitos gols nos últimos jogos, o que deve ter irritado o Muricy além da conta. O time não tem um meia de ligação,mas quem tem?
    O Grêmio tem,e se chama Roger. Se quiser jogar,será muito útil.Mas teremos de ver o Grêmio jogar contra adversários mais fortes.
    O Santos está sem rumo. Se a garotada não resolver,vejo um futuro complicado. O Leão vai apostar nos estrangeiros? A xenofobia vai ficar de lado? A aposta no Betão está cobrando um cacife meio alto…

    O Betão tem se revelado um dos jogadores mais regulares do Paulista, Nicolas. Jogo sim, jogo não, entrega um gol aos inimigos.

  7. Filemon said

    Marcelo,

    Até pelo status de campeão brasileiro e principal força do futebol brasileiro nos últimos anos esse São Paulo 2008 não anda meio devagar, Marcelo? Ou é cedo para uma avaliação??

    Ainda é um pouco cedo, Filemon, mas o que nós conversamos no começo do ano está se confirmando. O São Paulo manejou mal seu elenco. Está com poucos jogadores para a reserva. E neste momento convive com contusões. Veja o seguinte, Filemon. Em relação ao time de 2007, hoje o São Paulo jogou sem seus três zagueiros titulares – Breno, Alex Silva e Miranda. E hoje Alex Dias, o “primeiro reserva”, foi expulso. E Alex e Juninho são bem mais fracos, especialmente o primeiro. Se o Hernanes e o Richarlyson não forem super-homens, aquela big defesa de 2007 não se repetirá pelo menos até maio, quando o Alex Silva deve voltar.
    É claro que para o Brasileiro, o São Paulo pode fazer muitos ajustes, mas a janela de contratações internacionais termina em 25 de março. Depois só em agosto. Mas é bom lembrar também que o São Paulo terminou o Paulista meio em crise e depois ganhou folgado o Brasileiro.
    Aliás, alguém percebeu que o técnico do Marília é bem parecido com o Muricy, com 25 libras de pressão a menos? hehehe

  8. Rubens Leme said

    João, o Dagosono é mico e dos grandes. É aquele bom jogador que está sempre perto de explodir, mas nunca o faz.

    Denilson… sem comentários. O time até pode dar liga, mas não com ele.

    Acho que o Palmeiras tem meia de ligação sim, aliás, dois: Valdívia e Diego Souza. O diabo é saber até que ponto são confiáveis na hora da bucha.

  9. Nossa, ta osso mesmo. Como diria meu amigo márcio: É o campeonato dos sem teto. Todo mundo embaixo da Ponte.

    hehe.

    Hehehe, Michael. E a Ponte já nem tem aqueles times de outros tempos.

  10. Rica said

    De onde é que o ex-jogador e hoje comentarista Neto tirou a idéia que o corintiiano Lulinha esta no mesmo nível do Alexandre Pato? E olha que esse ultimo ainda mostrou pouca coisa, mais parece ser talentoso.

    Não precisa convencer os convencidos, Rica. Eu sou daqueles que acha que esses baixinhos que são muito musculosas e “donos do time” de garoto tendem a cair quando passam dos 25 anos. Contra a minha tese, tenho a obrigação de apontar o Diego, do Werder. A favor, a lista é imensa.

  11. Rubens Leme said

    O Neto é uma coisa absurda. O homem que falava que o Beckham era um Corrêa piorado, um Marcelinho Carioca, que sempre pede pro jogador bater por baixo da barreira nas faltas perto da área. Fora que até hoje acha que jogou mais do que realmente jogou.

    Um mala. E com jornada dupla, pq comenta o italiano na hora do almoço e o Paulista à tarde.

    Meu Deus!

  12. Rubens Leme said

    um Marcelinho Carioca bem piorado… faltou esse complemento.

  13. Apesar de ser gremista, tenho que admitir que a revelação colorada (que na sua infância, era gremista) é um gênio. Claro que o Pato tem muito que evoluir, tem apenas 18 anos, mas os fundamentos que ele tem… É um fora de série. O Neto até respeito, dá de goleada no Müller e outros pseudo-comentaristas esportivos da televisão, mas se isso for verdade, comparar Lulinha com Pato, é uma grande piada.

  14. Filemon said

    Outro dia eu estava assistindo um jogo e o Neto reclamou que um sujeito, não lembro quem, estava gordo. Aí meu irmão, assistindo o jogo também, falou na hora: “uai, mas é o Neto que está falando em jogador gordo?” O Neto é uma piada.

  15. Rubens Leme: o São Paulo pagou 5,3 milhões de reais e não de dólares pelo Dagoberto.

    Bruno Gremista, o São Paulo perdeu Breno, Souza e Leandro e você diz que não houve perda? Não entendi.
    O fato de ter havido contratações não anula as perdas, até porque nenhum dos contratados tem as características dos que saíram.

    Marcelo, o “primeiro reserva” é o André Dias, e não Alex Dias.

    Sim, você lembrou bem que ontem o SP jogou sem ninguém da grande zaga de 2007.
    Outra coisa: Juninho é lento, comparado a Breno.
    Alex joga, preferencialmente, pela esquerda, onde joga Miranda. E também é menos veloz que o titular.
    Ontem, além da pressão mariliense que resultou nos erros de passe, Juninho estava no corner esquerdo, que não é a dele, e Alex na direita, que tampouco é a dele. Falta entrosamento à zaga, falta entrosamento ao time, falta a famosa “liga”.

    Ontem ficou nítida a falta que fazem Souza e Leandro, dois jogadores que os torcedores cansaram de xingar e criticar. O resultado está aí.

    Por outro lado, não havia como segurá-los no elenco, a menos que estourasse a política salarial. Isso, é certo, o São Paulo não fez e duvido que venha a fazer na gestão dessa diretoria.

    Estouro salarias às vezes dá satisfação no curto prazo, mas sempre, sempre, dá grandes dissabores no médio e no longo.

    O brilhareco passageiro de meia dúzia de vitórias transforma-se no deficit amargo de meia dúzia de anos difíceis ou muito mais.

    Futebol é processo.
    Processos demandam tempos variáveis para produzirem o que deles se espera.

  16. Rubens Leme said

    Maradona era um baixinho e musculoso e dono do time. Romário tb. Ou não, Marcelo?

    Não, Rubens. Os dois aos 17 anos eram bem magrinhos. O Romário era quase um palito. O desenvolvimento físico deles foi normal. E, ainda que fosse, gênios não entram nessa categoria. Outro dia, o Globoesporte.com pôs o vídeo do último treino do Romário antes da estréia no profissional. Mesmo ali, já era tratado como um fenômeno.

  17. Anísio FC said

    – O SPFC até tem bom time titular, mas não tem peça de reposição.
    Acho o André Dias muito ruim de bola, da dupla do Goiás o outro André, o Leone, melhor… Sei lá o que aconteceu com o outro André. O que acontece com Ceni? Anda mal, acho que é pela mudança de grande parte da zaga, é questão de tempo pra que se reacerte.
    – Com o Palmeiras estão fazendo um carnaval danado… Prefiro um time mais ou menos como o do Rubens, só dois zagueiros (Gustavo e Henrique), Pierre de 1° volante recuando pra 3° zagueiro e Martinez como 2° volante fazendo cobertura pela esquerda… Acho que estão carnavalizando demais as defesas do Marcão, até agora nenhum milagre de São Marcos, Diego Souza jogou alguma coisa, Valdivia foi bem (Acho o Valdivia mais que bom jogador…) e também acho que Élder e Alex Mineiro estão bem…
    – Acho que Leão está próximo de pedir as contas do Santos… Motivos de uma separação litigiosa o time e o treinador já estão dando.
    – E quanto ao Corinthians, só queria saber porque o Coelho não dá certo no time? Aliás, que delicadeza e sabedoria do Chicão naquele lance em que brigou com o Coelho outro dia aí! Chutou cachorro morto e ajudou a desestabilziar o time. Chicão até é dos que estão dando certo, mas achei sua atitude demagógica e beirou covardia…

  18. Anísio FC said

    A pérola do Neto ontem:
    Juiz marca pênalti para o Marília, todo mundo disfarça e não diz se foi ou não até passarem o replay. Aí o Gogoy diz que não foi pênalti, todo mundo comenta o “erro do juiz”, etc…
    Segue o jogo, a certa altura do jogo Neto diz algo parecido com isso: “O juiz tá mal, marcou um pênalti inexistente, que na hora eu até achei que foi, mas o Godoy disse certo…”
    Então se achou na hora que foi, então marcaria, daí que o juiz não teria errado…
    Ah! Claro que foi pênalti.

  19. Rubens Leme said

    eu também não gosto de três zagueiros, mas como o Granja é ala e não lateral, não tem, por enquanto um outro esquema. Espero que o Luxa não o escale como segundo volante como o Leão fez com o Paulo Baier quando ele chegou.

    Talvez seja uma boa mesmo deixar o chileno lá na frente, pelo menos pode cavar uns penais. Pierre, Wendel, Francis (Martinez) e Diego Souza seria meu meio num 4-4-2. O Wendel poderia cobrir os avanços do Granja. Num 3-5-2, entraria Wendel no lugar do Léo Lima.

    E o tal Preá hein? porque não deram pro rapaz uma chance real?

    Ah, sou contra dispensarem o Nen. É um zagueiro bem razoável, o Luxaàás vezes cisma com uns nomes. Pena que se machuca demais.

  20. Ermerson, tinha esquecido do Breno. Mas vamos com calma em relação ao Breno. É um jogador promissor, não questiono isso, mas não é tudo isso que se imagina. Vale lembrar que o Muricy Ramalho começou a usar o Breno quando Miranda e Alex Silva se firmaram na zaga e Hernanes e Richarlysson davam sinais de que a torcida são-paulina não se lembraria tanto de Josué e Mineiro. O Breno foi favorecido por entrar num sistema defensifo já armado, e teve os seus méritos por manter a regularidade. Mas quando o São Paulo jogou com time misto ou no amistoso da seleção contra a seleção do Campeonato Brasileiro (se bem que, esse jogo não é grande parâmetro), aí o Breno mostrou que precisa evoluir muito. Sobre as perdas de Souza e Leandro, aí admito que me expressei mal, afinal, com esses dois jogadores fora, o São Paulo perdeu um pouco o seu poder de ligação. Mas vale lembrar, que são dois jogadores irregulares, por isso que o Souza sempre era questionado e fez um final de 2007 pífio. Saudações.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: