Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Rastilho de pólvora – 2

Posted by Marcelo Damato em domingo, 17 fevereiro 2008

Eu não me arrependo de ter cobrado o pênalti. Eu me arrependo de ter jogado. Eu avisei que não tinha condições de jogar”

Edmundo, atacante do Vasco, que desperdiçou um pênalti, quando o clássico estava empatado em um gol. O atacante também iniciou a jogada do gol de Alan Kardec.
E como Eurico Miranda fica nessa?

15 Respostas to “Rastilho de pólvora – 2”

  1. Felipe Blanco said

    Acho melhor o técnico Eurico Miranda que o escalou ser mandado embora, já que ele diz não ter condições de jogo.
    Cabe agora ao presidente Eurico Miranda demitir o técnico Eurico Miranda, afinal, ele já está lá faz muito tempo, o técnico empregado há mais tempo no Brasil!
    Eurico demitir Eurico?
    Coitado do Vasco…

    Felipe, acho que não vai rolar. Soube que o técnico Eurico Miranda tem muita moral com o presidente Eurico Miranda, hehehe. Um confia no outro cegamente.

  2. Filemon said

    O Eurico Miranda está escalando mais do que nunca. E agora parece que também está obrigando o povo jogar, mesmo sem condição. Agora, o Edmundo também reclamar depois que ‘inês é morta’ não vai mudar nada. A não ser criar mais um embaraço lá pelas bandas da Colina.

  3. Rubens Leme said

    O Edmundo sempre arranja confusão com declarações bestas. Ora bolas, falasse que não ia jogar e pronto. Inventasse uma dor de última hora, sei lá. Agora, se ele tivesse feito o gol, o Vasco se classificado à final, daria essa declaração? Claro que não. Quis tirar o dele da reta.

  4. Felipe Blanco said

    É verdade Rubens.

  5. JoaoBittar said

    Edmundo tem problemas psicologicos graves para cobrar penaltis em decisoes. Eh o que Parece.
    Foi demitido sumariamente do Cruzeiro por perder penalti contra o seu amado Vasco. Sabe-se agora que mais que amor ao Vasco, trata-se de algum bloqueio psicologico, talvez semelhante ao do “O medo do Goleiro diante do Penalti” de Wim Wenders, o cineasta alemao.

    Nao entendo como o perspicaz tecnico vascaino,que o conhece tao bem, autoriza AlfredoSampaio a autorizar Edmundo para cobrar penalti. Seria prah Garantir a fama de vice?

    Penalti eh tao importante que o presidente do time deveria ser o ultimo a dar palpite.

  6. Betão da Cruz de Malta said

    Edmundo, no primeiro tempo, e enquanto têve perna, jogou bem. Não esperava mais que isso dele não. Sabia q ía morrer no segundo tempo. Só não esperava q o time todo morresse fisicamente na etapa final.
    De ruim, do Edmundo, só o penalti mal batido, nenhuma novidade na carreira dele, um péssimo batedor de penaltis. Isso só mostra o quão pretencioso ele é em ainda achar q pode bater penaltis. Nem em treinamento ele pode bater penalti.
    Avaliando o Edmundio técnicamente, diante da mediocridade do time do Vasco, ele deveria jogar sim, com uma perna só.
    O resultado, como comentei no tópico anterior foi o óbvio, Vasco não tem time. Time do Fla é bom.

  7. Rubens Leme said

    Eu não sei ao certo, mas parece que é a oitava decisão seguida em mata-mata que o Vasco perde do Fla, seja pela Guanabara, Taça Rio e até Copa do Brasil, em semifinais ou finais. Confere?

  8. Bruno Gremista said

    O Edmundo é uma figura um tanto contraditória. Se não tinha condições, não jogava, pronto. Mas a partir do momento que ele aceitou jogar, não tem que fazer declarações que não queria jogar e etc, como se isso justificasse a perda do pênalti. Ele bateu mal, ele jogou porque quis, uma vez que ninguém vai colocar uma arma na cabeça dele e obrigá-lo a jogar. Então a responsabilidade de suas atitudes é 100% dele. Mas é preciso louvar o Vasco numa coisa. Apesar de ser uma bagunça, estar parado no tempo na gestão já ultrapassada de Eurico Miranda, conseguiu fazer uma boa campanha na Taça Guanabara e chegar numa semifinal e encarar o Flamengo, que é mais time, de igual para igual. Vasco também teve chance de matar o jogo ao seu favor. No entanto, acho que é a final mais justa. Flamengo e Botafogo são dois times que apresentam um futebol melhor no Rio. Agora, fica uma pergunta. Ano passado o Botafogo era favorito e perdeu. Hoje, na final, o Flamengo tem mais conjunto, e por isso, fica com um pequeno favoritismo. Será que agora vai para o Bota?

    Essa é a grande pergunta, Bruno, mas me responda uma coisa: o Roger jogou bem ou o gol foi uma casualidade? E a Debora Secco continua prestigiando os jogos do Grêmio? Aliás, no dia seguinte à estréia do Roger, ela estava muito irritada numa coletiva da Globo no Rio. Você sabe se tem alguma coisa a ver com o namorado?

  9. Rubens Leme said

    Que coisa, Marcelo. Você acompanha até a coletiva da Debora Secco???

    Claro que não, Rubens, hehehe; Eu leio colunas de TV porque sempre trazem informação sobre as negociações de direitos de TV do Brasileiro. Como na véspera a Debora Secco estava em Porto Alegre, o nome dela estava na minha cabeça.

  10. Bruno Gremista said

    Então Marcelo, vou começar pela última pergunta. Não faço idéia o porquê da Débora ter se irritado, a única coisa que eu reparo nela é a sua beleza, de resto… E eu acho que a Débora é o principal reforço do Grêmio para temporada (ao menos, enquanto durar a relação entre ela e o Roger). Sobre o Roger, ele anda jogando bem, evoluindo gradualmente, hoje fez uma boa partida, para mim, foi o melhor jogador em campo e essencial para a vitória do Grêmio, após a confusão toda entre Mancini e diretoria. Confio nele, e será essencial para o Grêmio. Saudações.

  11. Rubens Leme said

    Segundo o Lédio Carmona é a sétima vitória do Fla em jogos decisivos contra o Vasco:

    “Desde 2000, é a sétima vitória do Flamengo em jogos decisivos contra o Vasco. Três finais de Estaduais, três semifinais de Taça Guanabara e uma decisão de Copa do Brasil. O Vasco só feliz na Taça GB-2003, quando empatou de 1 a 1 e ficou com o título.”

  12. Bruno Gremista said

    Como diria o Milton Leite: “Que fase!!!”. O Vasco não passa os seus melhores momentos nos clássicos contra o Flamengo.

  13. Mudanças no circo.
    Sai Romário, entra Edmundo.
    Eurico permanece.

    O torcedor vascaíno, uma parte, pelo menos, não merece isso.

  14. geraldo c araujo said

    Só faltou o Edmundo se arrepender de ter batido o penalti.

  15. nelson jr said

    Caro Marcelo, uma declaração dessa risível, ainda mais vindo do Edmundo, mais do que veterano. Então porque não pára?
    Afinal, pergunto: com uma declaração dessa, não era para o técnico do Vasco ou a comissão toda tirar o time de campo? Ora, ficaram todos com caras de mané.

    Caro Nelson, seja bem-vindo aos debates. Concordo totalmente com você. Chorar depois não vale. Se ele achasse que não tinha mesmo condição que não jogasse, que pedisse para sair no intervalo e, principalmente, que não pegasse a bola na hora do pênalti. Essa declaração foi coisa de moleque. E acabou sobrando para o preparador físico.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: