Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Com-salário x sem-salário

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 21 fevereiro 2008

A três dias da final da Taça Guanabara, o assunto é dinheiro. O Botafogo, para motivar seus jogadores decidiu antecipar o pagamento do salário de janeiro para dia 19.

Como é? O dia-limite para pagamento não foi dia 7, o quinto dia útil? No Botafogo, não. Há um “acordo” que joga o dia do pagamento para o dia 20 de cada mês. Qual é a utilidade disso, se o Botafogo tem que pagar a cada 30 dias, é um mistério, mas é assim que funciona.

E é melhor do que no Flamengo. Os jogadores só receberam 15 dias de salário. De dezembro, bem entendido. De janeiro, nada ainda. Assim, se não receberem nada até dia 6, vão acumular um mês e meio de atraso.

Pela Lei Pelé, ambos os clubes correm risco de perder os seus jogadores: o Botafogo, por pagar sempre depois da data-limite, e o Flamengo, caso deixe algum pagamento atrasado por mais de 90 dias.

15 Respostas to “Com-salário x sem-salário”

  1. Maurício said

    O que não entendo é que os jogadores de muito clubes ficam sem receber por um longo período e não entram na Justiça para se liberar. Parece que eles tem medo de se queimar e não conseguir mais clube para jogarem. Mas pior são aqueles que vão para um clube, que não pagam sob o argumento de que é preferível receber uns trocos de vez em quando e no final do contrato ter um valor para receber (só Deus sabe quando) a ficar desempregado e sem clube. Este é o nosso triste futebol brasileiro.

    Maurício, quando os jogadores, ainda sob a vigência do passe, começaram a conseguir a liberação da Justiça do Trabalho – o primeiro foi o Claudinho, da Ponte Preta – os clubes fizeram um pacto de não contratar quem fosse à Justiça. Na verdade, foi uma reedição de um pacto que acabou com a carreira dos chamados “rebeldes”, dos quais o mais famoso foi o Afonsinho, do Botafogo. Hoje, há bem menos disso. O que há é falta de mercado para muitos. Muitos jogadores, mesmo sem receber, agüentam no clube porque não sabem se terão outro emprego. E isso, de modo nenhum é uma particularidade dessa profissão. Em muitas empresas, os funcionários recebem com atraso, mas acham que é melhor assim do que ficar parado. Mesmo em empresas jornalísticas, isso não é incomum. A “Gazeta Mercantil”, anos atrás, enfrentou uma greve porque os jornalistas queriam receber os atrasados.

  2. Emerson Figueiredo said

    Sobre a situação no Rio, Vampeta já tinha solta a célebre frase: eles fingem que pagam e eu finjo que jogo.

  3. Os jogadores do flamengo dizem que não é hora de falar nisso, mas eles devem estar indignados com essa situação, afinal eles devem ter suas contas a pagar.
    só se eles tiverem dinheiro sobrando, o que acho dificil. pois como pagam mal esses times cariocas…

    Nem pagam tão mal assim, Lucian. É por isso que os clubes estão muito endividados. Os jogadores, quando chegam na final, tentam esquecer problemas assim, até mesmo para não serem chamados de mercenários em caso de derrota. Não vejo no que uma pessoa querer receber o salário pactuado tem de mercenário, mas tem muito torcedor que não liga para esses “detalhes”: falou em dinheiro, é mercenário.

  4. hugo said

    Anteciparam o pagamento em UM DIA? Incentivaço, hein? Agora vai!

    Anteciparam em um dia, não, Hugo. Reduziram o atraso.

  5. A folha salarial do Flamengo ficou muito próxima da folha do São Paulo em 2007, pelo menos pelas declarações e cálculos feitos extra-oficialmente. Mas eu creio que foi bem por aí mesmo. É uma folha cara.

    O que torna ainda mais injustificável o buraco de patrocínio entre 1o. de dezembro e 29 de fevereiro. A menos que a Petro dê um passo atrás e pague janeiro, além de fevereiro.

    Falando nisso, a empresa não soltou comunicado até hoje.

  6. Gubber Carvalho Bittencourt said

    Eles devem atrasar pro dia 20 para fica perto do dia que recebem dinheiro do patrocinio e ou da globo.

    Eu não acho que seja isso, Gubber. Nem a Globo nem o patrocinador pagam mensalmente. O que eu acho foi que num mês eles tiveram que atrasar e continuaram assim. O que eles talvez não saibam é que isso caracteriza mora contumaz – ou seja o motivo que permite ao empregado entrar com ação de rescisão indireta.

  7. Renato Verde said

    Não valeria a pena uma entrevista com o Bebeto para apurar esses fatos?

    Sua sugestão foi atendida, Renato. Veja o post.

  8. Filemon said

    Pessoal, podem economizar as rugas de preocupação com o Flamengo. Os salários serão pagos na próxima semana (o atraso se deve a demora na renovação com a Petrobras, já feita) e a premiação pela conquista da Taça GB já foi acertada com os jogadores. Fora isso, o Natal e Ano Novo da rapaziada foi gordo com recebimento de salários e prêmios acumulados.
    Tudo certo, tudo organizado, que venha o Botafogo.

    Filemon, o Flamengo já recebeu o dinheiro pela conquista da taça GB? hehehe. Falando sério, você não acha que o patrocínio da Petrobras cobre esse aumento de despesa que o clube teve com os novos jogadores, acha?

  9. Rubens Leme said

    aprenda a montar uma rádio pirata em uma panela de pressão. Veja como em: http://schopenhauerperde.blogspot.com/2008/02/como-montar-uma-rdio-pirata-na-panela.html

  10. Lucas Camargo said

    Marcelo,

    Você tem alguma informação sobre os clubes de São Paulo, Minas e Rio Grande do Sul? Se os atrasos são gerais, trocar de time é só trocar de problema…

    Lucas, em São Paulo, praticamente não existe atraso. No Cruzeiro e Inter, acontece o mesmo. No Atlético, é mais irregular. No Grêmio, já houve mas não sei como está isso agora. Mas atrasos de mais de um mês, só conheço os casos do Rio.

  11. JoaoBittar said

    Há uma “certa isonomia” de problemas salariais no clássico que decide a Taça Guanabara. Ninguém vai faturar a tragédia alheia.
    A vida é dura para todo mundo.
    Não será esse “detalhe” que vai decidir a grande final.
    Quando ouço jogadores elogiarem a “estrutura” do São Paulo, certamente, devem estar se referindo ao fato de o pagamento sair no diz 5 e o mês ter trinta dias ?

  12. João, pagar no dia certo sem atraso é apenas um dos detalhes da famosa “estrutura” do São Paulo.

    Outro, por exemplo, é manter o CCT livre de torcedores, mesmo que “uniformizados” e que “dediquem” suas vidas ao clube, sócios e até mesmo conselheiros.

    A estrutura do São Paulo tem muito de mito.

    O Guaratinguetá, por exemplo, tem uma ótima estrutura para o seu porte e presentes ambições. Agora, com duas derrotas seguidas, é que vamos ver o quão forte é a sua estrutura.

    Metade ou mais de uma “estrutura” não passa de bom senso e tranquilidade para trabalhar.

  13. Filemon said

    Marcelo,

    Pelo que sei, pelo que li, as contratações foram em cima da possibilidade de receita do clube, sem nenhuma extravagância. A diretoria acertou pagar os salários atrasados na próxima semana (essa notícia está em todos os jornais) e o prêmio pela conquista foi acertado com os jogadores (10 mil reais pra cada, em caso de conquista, óbvio). E o problema de atraso não tem relação com o aumento do patrocínio, mas o recebimento dele.

    O aumento do patrocínio da Petrobras é menor do que os investimentos do Flamengo. Agora, com os 15,6 milhões da Petrobras, mais o dinheiro da TV (o Flamengo está entre os que mais recebem no Estadual e Brasileiro), mais a grana por participar da Libertadores, mais a bilheteria (em 2007 ninguém arrecadou mais que o Flamengo), a receita do Flamengo está entre as maiores do país e o time, tenho certeza, não é o mais caro. Sem contar que Palmeiras e Santos, por exemplo, gastam fortunas com comissão técnica, o que não é o caso do Flamengo.

    O Flamengo pode se acertar com o dinheiro da Petrobras, Filemon, mas não se deve esquecer que, com a Timemania, o clube vai aumentar seus gastos.

  14. Filemon said

    Honestamente, esse problema de salários já foi um martírio no Rio, especialmente no Flamengo. Mas hoje isso não me tira o sono. Há uma situação estável no clube, não tem ninguém reclamando (como em outras épocas). E o clube conseguiu contratar bons jogadores, formar uma equipe competitiva, prova maior dessa estabilidade e credibilidade.

    Em outros tempos, que os salários viviam em atraso, o Flamengo cansou de levar não, até de jogadores e treinadores medíocres. Me recordo o dia que o Flamengo recebeu um não do Péricles Chamusca. Era o fundo do poço.

    A situação de fato melhorou, Filemon, mas ainda é preciso melhorar mais.

  15. nelson jr -uberlândia said

    Olá Marcelo. Se está assim com os salários (principal) imagine com os acessórios (não-recolhimento do FGTS e das contribuições previdenciárias). E vem ai a timemania. Vai ser uma farra!
    Vc não acha que os jogadores deveriam saber da força que têm e fazer uma greve nacional? Os salários dos técnicos tbm atrasam como por exempo o do chato do Luxemburgo?
    Vc concorda que o STJD poderia punir equipes com perda de pontos devido à inadimplência com o elenco?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: