Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Roteiro de uma demissão

Posted by Marcelo Damato em sexta-feira, 22 fevereiro 2008

Alfredo Sampaio é presidente do Sindicato dos Atletas Profissionais do Rio há mais de dez anos. O fato de estar nesse cargo e ter uma boa relação com Eurico Miranda já diz muita coisa dele. Em 1998, fez o sindicato dar uma grande mão a Eurico ao forçar o adiamento de um jogo do Vasco, como o cartola queria. Foi por essa e outras que acabou nomeado técnico-tutor de Romário no fim de 2007 e sobreviveu a saída do Baixinho.

Mas Alfredo está queimando seus cartuchos. Em primeiro lugar, se atritou com o preparador físico. Venceu – o rival saiu -, mas perdeu pontos. Em segundo, se queimou com o próprio Eurico, ao criticar a excursão a Dubai. Tal como frei Leonardo Boff na disputa com o então cardeal Ratzinger (hoje, papa), foi condenado condenado pelo papa do Vasco ao “silêncio obsequioso”: não pode dar entrevistas.

Agora, briga com Edmundo, o protegido de Eurico depois da saída de Romário. Desse jeito, Alfredo não vai durar muito.

Anúncios

9 Respostas to “Roteiro de uma demissão”

  1. Rubens Leme said

    Talvez a melhor coisa que Alfredo faz é sair. O mistério que fica no ar é por que alguém se sujeita a tanta coisa só para ficar num time grande. Ele deve estar cansado de saber que não é treinador, é apenas um “assinador de súmulas” e “esquentador de banco”.

  2. Betão da Cruz de Malta said

    Marcelo, se não me engano, posso estar errado, o jogo que ele, como presidente do sindicato, ajudou a adiar foi um Vasco x Cruzeiro em 2000, semifinal da Copa JH.
    E acho que os jogadores do Vasco na época tinham razão Marcelo, eram menos de 48 horas de intervalo. Eram absurdas as tabelas naquela época. O Vasco disputava a Mercosul e o Brasileiro(JH) ao mesmo tempo.
    Nessa aí o Eurico não estava errado não. Mas afirmo aqui, se fosse presidente do Vasco, não teria comprado a briga, jogaria com menos de 48 horas mesmo. O Vasco paga a conta daquela briga até hj. Que jogasse e pronto. Vasco tinha time pra superar tudo naquela época. Acho que ganharia de qq jeito.

  3. JoaoBittar said

    Sei lah, de repente, o Edmundo tah valorizando o cara com essa briguinha. O Animal, quando no Palmeiras, estava numa fase lucida e falando leh com creh, um chinelo em cada peh, parece que teve uma recaida, perdoou a divida do Eurico, “abracou” Romario, quase sem precisar, bateu aquele penalti e saiu dizendo que nao queria jogar. Pegou mal.

    Acho que o Betao Da Cruz de Malta tem autoridade prah falar melhor que eu, mas o Ed se enfraqueceu desde que chegou a SaoJanu e agora pode fazer o “assinador de sumulas” virar tecnico do Vasco, de fato. Ateh porque ele nao me parece pior dos que passaram por lah e deve ser “baratinho” e dar “pro gasto”. Se ficar por isso mesmo, ele ganhou, o Alfredo.

    Ihhh fui na direcao contraria do Post…?
    Eh a mania de dialetica….hehehehehe

  4. Rubens Leme said

    o Edmundo não estava tao melhor assim no Palmeiras, João. O que ele arrumou de confusão no elenco foi grande, bem grande. O ponto positivo é que nos 2 anos em que ficou no super-verde não foi expulso uma mísera vez. Acho que é um recorde na carreira dele.

    E mesmo as suspensões por amarelo foram poucas. Sem contar, claro, aquele absurdo do caso Miranda.

  5. JoaoBittar said

    Pode ser Rubens.
    Mas no Palestra , a “coisa” se diluia mais.
    Ele era menos predominante, porisso nao incomodava como estarah incomodando agora.
    Fora os traumas psiquiatricos acumulados por ele em SaoJanu.
    o Analista de Bageh diria que os surtos de “privacao de sentidos” do Edmundo recrudesceram sob o causticante sol carioca. Enfim, cada hospital, um tratamento.

  6. Rubens Leme said

    O Edmundo apenas retrata o boleiro que não sabe parar. Com a grana que tem poderá viver feliz por uns 200 anos, mas a falta de projeção profissional futura e a entrada de mais um bons caraminguás sempre adia o tal adeus.

    Falando nisso, Ronaldo admitiu ontem que pode parar sim ao final do tratamento. É cedo pra falar isso, mas talvez ele devesse ficar bom, jogar umas partidas de despedida e sair de cena. Seria um bom exemplo a muitos.

  7. JoaoBittar said

    Eh Rubao,
    Tambem fiquei muito impressionado com a entrevista do Ronaldo.
    Um Fenomeno de sinceridade e lucidez!
    Comovente ateh, por se tratar de quem e em que condicoes deu a entrevista.
    Gostei.

  8. Geraldo c araujo said

    A durabilidade do Alfredo Sampaio no Vasco vai depender, mais do que qualquer outro fator, dos resultados do time. Como o time não vem correspondendo…

  9. Rubens Leme said

    Ronaldo não é burro e sabe o que vai passar e teme que isso aconteça de novo. Dificilmente continuará pelo que demonstrou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: