Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Quebraram o Eduardo

Posted by Marcelo Damato em sábado, 23 fevereiro 2008

Eduardo da Silva levou hoje uma entrada criminosa do zagueiro Martin Taylor, do Birmingham City, logo aos 3 minutos de jogo, que foi prontamente expulso.

O brasuco-croata teve de ser atendido durante oito minutos em campo, antes de ser levado para o hospital. A fratura é muito grave. Vai ficar um bom tempo sem jogar. Já está descartada sua participação no restante da temporada e na Eurocopa. Eduardo fez um gol da Croácia sobre a Inglaterra no primeiro turno da fase eliminatória da Euro.  Na última rodada do segundo turno, a Croácia eliminou a Inglaterra ao derrotá-la por 3 a 2 em Wembley. O gol da classificação foi marcado por Petric, que substituiu Eduardo durante o segundo tempo.

A imagem do lance ainda não foi colocada no YouTube. Por enquanto, podemos ver alguns gols dele pelo Arsenal.

Anúncios

22 Respostas to “Quebraram o Eduardo”

  1. Felipe Bohrer said

    Marcelo, algumas coisas que eu achei interessantes: A TV inglesa não repetiu o lance de outro ângulo, o jogador ficou dentro do campo sendo atendido durante muito tempo dentro de campo… será que um dos nossos juízes autoritários permitiriam isso, ou mandaria entrar o carrinho e arrancar com o cara dali? A ultima coisa que me impressionou foi a revolta dos outros jogadores que se transformou em tristeza… o cenário, como um todo, pelo menos para mim foi mais impressionante que a entrada em si… talvez quando tivermos outros ângulos minha opinião mude.

    Felipe
    , há situações com as quais o mais desalmado se sensibiliza. Pela foto que vi do Mirror (veja comentário mais abaixo), nenhum juiz iria querer engrossar.

  2. Rodrigo said

    Esse Taylor tem que ser banido do Futebol mais como tenho dúvidas de que isso vai acontecer uma suspensão de 1 ano já esta de médio tamanho.

    Caro Rodrigo
    , seja bem-vindo aos debates. Escreva mais vezes. Nos antigos países comunistas, havia a regra de que se um jogador provocasse uma contusão num rival intencionalmente, ele deveria ficar fora dos campos enquanto o outro não se recuperasse. Acho que isso deveria ser aplicado. É claro que apenas para faltas intencionais.

  3. JoaoBittar said

    Nao consigo acreditar em espontaneidade nesse lance.
    Aos tres minutos de jogo, mais parece ser um exagerado e cego cumprimento de ordens do tecnico ( vamos parar aquele numero nove…) somado a grossura do agressor e ao “espirito de competicao” do futebol ingles. Uma lastima.
    Muito mais isso pra mim, do que uma bola mais disputada e um azar da vida.
    Parece que o ArseneWenger pediu banimento do futebol para o infame MartinTaylor, nao sei se eh pra tanto, mas o mesmo periodo da recuperacao, poderia ser um bom comeco de conversa.

  4. Felipe Bohrer said

    http://globoesporte.globo.com/ESP/Noticia/Futebol/Campeonatos/0,,MUL311007-4843,00.html
    no globo esporte.com eles colocaram as fotos do sun…
    bizarro… as fotos são impressionantes. Isso dá processo por lesão corporal…

  5. Lucas Camargo said

    Não vi o jogo, mas pela foto que o Globo Esporte mostra, parece que foi um carrinho que, para mim, é uma das jogadas mais perigosas, por não dar muita chance de defesa. Quando é de frente, o atacante ainda pode tentar pular, mas quando é lateral ou quando é por trás…..

    Mas os ingleses são os que mais resistem à efetiva proibição do carrinho…Eles se acham muito “civilizados” e que, por consequencia, lá ninguém quebraria a perna de alguém de propósito… Como se eles fossem melhores que os outros…

  6. Rubens Leme said

    Peço que não ponha esse vídeo. É por demais chocante e já temos violência em excesso. Odeio ver sofrimento alheio.

    Se não quer ver, é só você não clicar, Rubens. Cenas chocantes também têm um papel na sociedade, logo têm interesse jornalístico.

  7. Rica said

    Olhem só essa

    Foto do Mirror

  8. Rica said

    O youtube tirou do ar

  9. brandao said

    Marcelo,acredito que apesar da fatalidade com o Eduardo,não houve maldade no lance,jogadas piores nós ja vimos por aí ,(ex:Edmundo e Miranda,ali foi maldade,Avalos e Dentinho ?) é certo que não houve repetição pela tv,mas, no lance da jogada,prá mim o zagueiro deu o bote errado,como muitos por aí.
    a foto representa que o jogador deu uma entrada violenta,sendo que não foi bem assim,se notarem a bola está a frente do Eduardo,porque ele havia dado um drible no zagueiro,para a esquerda e tem mais uma coisinha,carrinho com uma perna só?

    ps:não estou defendendo o jogador,que deve estar muito abalado,mas ainda acredito que foi só uma fatalidade.
    abraço

  10. Emerson Figueiredo said

    Lembra a cena dramática do Mirandinha, nos anos 70. Li em algum lugar que a TV inglesa não mostrou o replay. Sou a favor de que se mostre cenas como esta, porque só com o choque da imagem se conseguirá sensibilizar a todos para a necessidade de punição aos zagueiros maldosos ou simplesmente grossos. Os dois causam danos irreparáveis para o futebol.

  11. Lucas Camargo said

    Desculpe insistir, mas o meu pt é que, bem (?) ou mal intencionado, o jogador fez uma jogada que é de extremo risco. Repetindo…O “carrinho” devia ser efetivamente proibido…pt parágrafo.

    O árbitro deveria expulsar quem dá carrinho, assim como expulsa o jogador que, sendo o último defensor, comete falta. Aí, quem sabe, situações como essa seriam evitadas pelos defensores.

  12. Emerson Figueiredo said

    Eu concordo com você, Lucas. O carrinho deve ser mesmo banido. Alguns jogadores até sabiam fazer este lance com mais classe, como o Wladimir, do Corinthians. Mas mesmo eles não podem dizer que tinham 100% de segurança de que não poderiam causar danos aos adversários. O que dirá de grossos, como parece ser o caso do zagueiro em questão.

  13. JoaoBittar said

    O EduarsoSilva carregava a bola quando Taylor foi pro lance, jogou a forca da sua perna direita e PISOU, violentamente, sobre o peronio, bem proximo do tornozelo, da perna esquerda de Eduardo Silva. Pra quem nao pode ver o lance na tv, fui o que consegui ver, jah que nao houve replay de nenhum angulo mais proximo que a geralzona que havia mostrado o lance na telinha.

  14. JoaoBittar said

    esqueci de dizer o principal: foi de frente e nao foi carrinho.
    pura agressao.

  15. brandao said

    Marcelo,me desculpe,revi o lance agora a tarde e houve o carrinho sim,mas continuo achando que não houve maldade.

    abraço

  16. Bruno Gremista said

    Olhem, eu vi as fotos. Meu Deus. Esse Taylor precisa pegar no mínimo um ano de suspensão. O que ele fez foi uma atrocidade. Como é que alguém faz uma entrada criminosa daquelas, sem medir as conseqüências? Não acho que houve maldade, mas houve uma grande imprudência, que deixará o Eduardo no mínimo seis meses fora. Numa jogada desse tipo, poderia acabar com a carreira de um jogador. Então, o Taylor merece uma pena pesada e exemplar, para que os demais “cavalos” de plantão, pensem duas vezes, antes de cometerem atrocidades do tipo.

  17. Bruno Gremista said

    Não acho que tenha que banir o carrinho. Há carrinhos que não oferecem uma força desproporcional e nem grande perigo ao jogador, em jogadas em que o jogador que faz tal artifício, visa apenas a bola e nada mais. O problema está na falta de critério da arbitragem sobre isso. Não está na FIFA, que carrinho por trás é vermelho na hora? Quantos árbitros seguem essa regra? Poucos. Então, há uma sensação de impunidade. A questão não é banir o carrinho, pois se for bem utilizado, pode ser um artifício importante para o defensor, mas está na falta de critério da arbitragem e dos órgãos envolvidos quanto aos carrinhos perigosos e que colocam em risco o jogador que o recebe.

  18. Depois de algum tempo, volto e vejo isso. O lance e extremamente forte, muito mais forte que qualquer quebra de perna do D. Cisse (quebrou duas vezes!). O Taylor foi no minimo imprudente e violento, mas maldoso nao. Nao teria porque fazer isso. Isso nao diminui o caso, ja que o zagueiro deve ser exemplarmente punido.

  19. Rodrigo said

    Estão dizendo que ele perdeu o tempo de bola, mais jogador que entra de carrinho daquele jeito com o pé na altura da canela e pra piorar mais ainda de sola, isso pra mim é maldade pura a bola esta no chão e não na altura da canela do Eduardo Silva.

  20. Anísio FC said

    Só vi o lance ontem… A entrada foi dura, mas foi claramente sem intenção de quebrar.
    Gostei bastante das atitudes do Wenger e do Eduardo da Silva, o primeiro retirou o que disse sobre banimento e o 2° diz que pedoa o agressor.
    Grandeza é isso aí, parecido com o que fez Domingos em relação ao Adriano e diferente do que Miranda disse em relação ao Edmundo ano passado…
    E discordo que a pena tenha que ser do tamanho do tempo que o outro estiver inválido. Acho que a pena pode até ser a máxima no caso de penas de agressão, não sei como é na Inglaterra, mas aqui é de 540 dias, não é?
    O tempo que o outro ficar inválido não deveria servir de parâmetro não, parece vingança, olho por olho…

  21. Rodrigo said

    Sem intenção na altura da canela pra mim é nova mais cada um tem sua opnião sobre o lance.

  22. Gustavo Oliveira said

    Eu não sou da turma dos que defende banimento, ficar fora pelo mesmo tempo do outro, pagar salário etc. Eu acho que esse tipo de fatalidade é inerente à atividade que se pratica. Até porque é muito difícil caracterizar a intenção de dolo, e injustiças aconteceriam aos montes. Nesse lance, na minha opnião, o zagueiro entrou com imprudência, mas acredito que não tenha sido na maldade, foi grossura mesmo. Nessas situações, deveria haver uma suspensão em número de jogos ou em meses, pré-definida e com o rigor necessário, independente da consequencia da jogada.
    Agora 3 jogos, não é uma punição justa, é demasiadamente branda e incentiva que lances como esses voltem a ocorrer. Acho que uns 4 meses longe da bola serviriam para o zagueiro refletir sobre o que fez. E serviria também como alerta aos outros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: