Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Transparência à Teixeira

Posted by Marcelo Damato em domingo, 2 março 2008

O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, disse que os jogadores que não quiserem disputar a Olimpíada terão de se manifestar por escrito e que divulgará as cartas no site da entidade. Diz que está sendo transparente.

Já que está com a mão na massa, poderia divulgar outros documentos, como os salários pagos aos diretores, o contrato de TV da Copa do Brasil, o quanto paga por assento nas viagens organizadas pela empresa de Wagner Abrahão, quem viaja de cortesia para a Copa com dinheiro da CBF, … (por favor, completem a lista para mim, se não, minha tendinite vai se agravar)

Como se diz, transparência no traseiro dos outros é remédio.

Teixeira, o transparente, fez outras afirmações. Disse que os jogadores de futebol desta vez ficarão na Vila Olímpica e voarão em aviões comerciais. Afirma que em 1996 gastou US$ 5 milhões com a seleção e o título não veio. Como havia umas 25 pessoas na delegação (jogadores eram 18), Teixeira está dizendo que gastou US$ 200 mil por cabeça em pouco mais de 20 dias.

6 Respostas to “Transparência à Teixeira”

  1. Rica said

    Jaeci Carvalho é um dos que não larga a teta Teixeira.

    Conheço o Jaeci, Rica, um paraibano que gosta de dizer que é carioca. De onde você o conhece? Não sei por quê, achei que você fosse paulista e são-paulino (se não for, não me xingue). Fiz confusão?

  2. Rica said

    Um são-paulino bem viajado…
    Conheci essa figura em algumas viagens a Minas, lugar onde hoje ele reside e apresenta alguns programas da TV Alterosa.
    Você esqueceu de dizer que ele é o flamenguista mais “burricido” do mundo.

    Isso já é uma questão de opinião, Rica, hehehe. Na Olimpíada de 1996, uma vez aconteceu uma coisa engraçada com ele. O Brasil estava em Miami, no hotel Biltmore, e a Coca-cola, patrocinadora da época, montou uma sala de imprensa grande e funcional. Havia equipes de rádio do Brasil todo, a grande maioria sem credencial. Não podiam entrar nos estádios. Transmitiam da sala de imprensa dizendo que estavam no estádio. Tinha jornalista que dizia até que estava em Atlanta, a uns mil quilômetros dali. Essa pantomima irritava alguns jornalistas. O Carlos Maranhão fez um texto para a Veja, preciso como sempre. Ninguém reclamou. Mesmo sendo o comecinho da internet, certamente souberam. Vendo a reação, o Jaeci resolveu descascar na sua coluna no Estado de Minas. Aí, como diria José Trajano, foi um bololô. Uma das equipes, chamada “….. do Magá” (hoje chama-se “Timaço do Magá”), de Sergipe, engrossou. Mas tudo acabou em paz.

  3. JoaoBittar said

    Transparencia Teixeriana parece decalogo de desculpas antecipadas por mais um fracasso.
    Uma coisa eh nao querer disputar as Olimpiadas, outra eh ser impedido pelo seu clube pra jogar a Champions League, como Kaka, ou Robinho, por exemplo.
    Nao ouvi falar de ninguem que nao queira ir a Pekin.
    Alguem ouviu?

    Eu, não, João.

  4. Lucas Camargo said

    O RT disse várias coisas interessantes…..Se vão acontecer, aí já não sei…

    (1) Vai deixar a CBF em janeiro de 2015

    (2) O Comitê Organizador vai operar sem dinheiro público

    (3) Um novo contrato com a Nike será discutido até a segunda quinzena de março!

    (4) A serie “C” do CB terá (2009?) 20 clubes e será auto-suficiente

    Lucas, a 1 e 2 ele diz sempre. A 3 é novidade. É preciso ver para quanto vai o contrato. Já a 4 mostra bem o que é o Ricardo Teixeira. Como ele pode garantir que será auto-suficiente? Ele vai mandar os torcedores comprarem ingressos?

  5. Geraldo c araujo said

    O sr Teixeira pode também fornecer explicação convincente para o fato de o patrocínio da seleção francesa pela Nike valer 3 vezes o da brasileira. Ele pode jurar que não existe nenhuma cláusula secreta que garanta algum “por fora” para beneficiar sei lá quem ou o que. E pode ser que alguém acredite.

    Ele disse que na semana que vem vai renegociar o contrato, Geraldo. Vamos esperar para ver. Mas, se conseguir um aumento, o que vai adiantar. Provavelmente, nada. A CBF não gasta um centavo em campeonatos amadores, em categorias abaixo de 15 anos e com o futebol feminino. A CBF só cuida – e mal – da seleção.

  6. mh said

    A transparência de Teixeira é translúcida, como o uísque.
    A lucidez de Teixeira desaparece – com o uísque?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: