Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Ligaram o ventilador em Minas

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 3 março 2008

Sete árbitros e bandeiras mineiros foram punidos no ano passado por superfaturarem as passagens de avião que compravam. A denúncia partiu de um clube, o Gama, que conseguiu provar que os valores cobrados superavam os de mercado em mais de 200%. Eles foram julgados pelo STJD em duas instãncias e suspensos de 120 a 240 dias, a última em setembro.

O presidente da comissão de arbitragem da CBF, Sérgio Correa, disse na época que eles estavam eliminados do quadro da CBF, mas fez a medida valer apenas para 2007. Neste ano, eles voltaram a pedir a reentrada no quadro, sob a ameaça de fazer denúncias sobre a lisura das arbitragens do Campeonato Mineiro.

O presidente da comissão de arbitragem da FMF, o ex-árbitro Lincoln Bicalho, enfrentou o desafio e os descredenciou de novo. Sérgio Correa apoiou e disse que, mesmo que fosse indicados, não seriam escalados.

Os árbitros então cumpriram a ameaça, mas pela metade, por enquanto. Disseram que o Campeonato Mineiro de 2007 foi manipulado, mas não deram o nome aos bois, ainda.

Apesar de a denúncia envolver outros árbitros e esses potencialmente apitarem no Campeonato Brasileiro, a CBF não abriu nem uma sindicância, ainda. O caso corre apenas em Minas.

15 Respostas to “Ligaram o ventilador em Minas”

  1. Renato de Almeida Verde said

    Nào vai dar em nada! alguém aposta? Vide arbitragem in Rio… Só vai dar alguma coisa se os caras começarem um a sacanear o outro aí sim é que os podres de todo lado vão começar a surgir. Fora isso duvido e muito que dê em alguma coisa.

    Então vamos apertar os caras para que eles se dedurem, Renato. Todo mundo que conhece os árbitros deve falar com eles para que eles não se calem. E, Renato, podre só aparece mesmo quando um pilantra trai outro. Quem está fora da sacanagem nunca sabe o suficiente. Pode até combatê-la, mas dificilmente conseguirá provas.

  2. Onofri said

    Hummm, campeonato mineiro…? O que é isso mesmo?

    Um campeonato bem tradicional. E que tem três times na próxima Série A, Onofri. Já pensou o Palmeiras jogando em Ipatinga?

  3. Huummmmmmmmmmmm…

    Tá começando bem, essas coisas são como você falou, Marcelo, só vão pra frente (no Brasil) na base da deduragem por razões pessoais, raramente, ainda, para livrar a cara ou reduzir a pena.
    Mas já é alguma coisa.

    Um OT: recém-postei no OCE a lista completa dos 80 participantes do Time do Coração nesse primeiro teste da Timemania. Meu primeiro time foi fácil de achar, tá nas “cabeças”, já o segundo, tadinho, tá no meião.
    Mas já é alguma coisa.

    Qual é o segundo, Emerson?

    Um representante da CEF disse-me que o valor arrecadado foi muito bom, por se tratar de um primeiro teste.

  4. É o glorioso Marília, Marcelo, o MAC.

    :o)

    Justamente o time que derrotou o São Paulo há alguns dias. E eu fui dormir como se nada tivesse acontecido.

    hahahahahahahahahaha…

    O Marília, Emerson. Na faculdade de física, no fim dos anos 70, eu tinha um colega que era irmão do Pedro Pavão, antes de ele ser presidente do Marília (e foi prefeito depois, não?) Do outro Pavão, você pode me falar melhor, mas o meu colega era um sujeito complicado. Mas ele largou o curso no primeiro ou segundo ano e nunca mais tive notícias dele.

  5. Scipião, se nós, blogueiros, deixamos uma acusação nos comentários, mesmo não tendo sido feita por nós, estamos sujeitos a processo penal e cível da mesma forma que o autor da mesma.

    Esse é parte do motivo, Emerson. Para mim, o principal é de caráter humano mesmo. Não devemos acusar alguém de algo se houver uma chance de estar errado. O antigo caso da Escola Base foi um exemplo impressionante de como as aparências, por mais fortes que possam parecer, podem estar completamente erradas.

  6. Scipião Alves said

    A mídia sempre acha que eles são honestos. Nunca erram intecionalmente etc.

  7. Juca Melo said

    Oi Marcelo
    Este trambique de superfaturamento tem pelo Brasil todo…dizem que um arbitro famoso do parana foi denunciado sobre este negocio la na CBF com o Sergio Correa, ele sabe mas parece que na querendo apurar nao..cobra ele o cara foi denunciado e dizem que tem provas….tem que ser pra todo mundo……
    abraçao
    Juca………

    Caro Juca, seja bem-vindo ao blog. Sua informação é preciosa. É claro que precisa ser para todo mundo. Vou apurar. Volte mais vezes. Se quiser conversar em particular, use o e-mail do blog (FALE COMIGO). Grande abraço.

  8. JoaoBittar said

    Vamos ver se entendi:
    Os caras conseguem NF de viagens aereas faturadas 200% MAIS CARA que o mercado.

    deve ser preco de viagem pra Europa, porque as passagens aereas no BR sao caras ( por ex. dependendo do horario pode custar sp/bsb= R$150 ateh 890 com 200% em cima = R$ 2.700= 1650 dolares!!!! ) preco de viagem intercontinental.
    Nao dah pra crer que eh viajando que se faz coisas assim.
    Apitando e bandeirando tambem eh possivel.
    E se eles ameacaram dizer eh porque tem alguma coisa pra dizer. A novidade sao os cara da Federacao Mineira que nao tao pagando pra ver. Que incrivel!!!

    É o tal negócio, João. Com caixa de marimbondo não se brinca. Depois que abre, ninguém consegue fechar.

  9. Hummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm…

    Bom, primeiro o Pavão.
    Minha família com certeza conhece esse irmão do Pavão, Marcelo. Dizem, e eu acredito, que quando eu era pequeno (e bota pequeno nisso, pois já nasci meio pesadinho), o Pavão me carregou no cangote de Padre Nóbrega, fantástico distrito de Marília, até a fazenda que meu avô administrava.

    hehehehehehe…

    Buenas, essa história dos árbitros…

    Primeiro, não quero defender ninguém.
    Mas, porém, todavia, contudo…

    Ao orçar uma passagem, é preciso haver precaução contra despesas inesperadas.
    Passagem aérea no Brasil é meio piada, tem coisas malucas, mas uma coisa eu sei: já tive de pôr diferença de preço do meu bolso porque houve transferência de data e eu já tinha passagem comprada, etc e tal.

    As companhias oferecem passagem a “dez real” pra qualquer lugar do Brasil, mas é como loteria: tem dois lugares por vôo e os outros entram no esquema de preços ascendentes. No fim, metade ou pouco menos dos assentos são vendidos na tabela ou bem perto dela. Só compra passagem barata quem compra com antecedência ou faz reserva, também antecipada.

    Se os árbitros estão comprando eles próprios e orçando o valor cheio, mas conseguindo comprar com desconto, pode ser difícil caracterizar como fraude.

    Claro que quem compra com desconto e por qualquer motivo muda, perde o dito cujo.

  10. Relendo o post, os caras já foram condenados em duas instâncias, o que parece configurar fraude pura e simples.
    Agora fiquei mais curioso ainda para saber como se superfatura uma passagem aérea.

  11. JoaoBittar said

    Emerson Goncalves,

    um recibo de agencia de viagem serve?

  12. Ô, João, nenhuma empresa séria contabiliza passagem aérea por meio de recibo de agência de viagem, a menos que o bilhete esteja anexado.
    Isso é básico.

    Pelo menos em se tratando de empresas sérias.

    hehehehehe

    Disse tudo, Emerson. A constatação de que golpes tão grosseiros ainda dão certo no futebol é um retrato da qualidade dos mecanismos de fiscalização.

  13. nelson jr uberlândia said

    Marcelo a este respeito, três dos sete árbitros afastados resolveram denunciar um suposto esquema que seria comandado pelo presidente da Comissão de Árbitros de Minas Gerais, Lincoln Afonso Bicalho.
    Os três juízes acusam Bicalho de irregularidades no contrato com uma empresa fornecedora de material esportivo dos árbitros mineiros, além da apropriação indevida de recursos da pré-temporada dos árbitros e a possível utilização de uma conta particular para arrecadar fundos para os treinamentos. Por fim, o presidente da Comissão de Arbitragem da Federação Mineira de Futebol, Lincoln Afonso Bicalho, pediu, nesta segunda-feira, afastamento do cargo por tempo indeterminado. José Eugênio, secretário da Comissão de Arbitragem, assume em seu lugar.

    Os jornais aqui dizem que o tal do Lincoln quer ocupar cargo na Comissão Nacional de Arbitragem,inclusive, já foi ao Palácio da Liberdade várias vezes pedir ao governador interceder junto ao presidente da CBF, Ricardo Teixeira. Olha o nível! Nessa história toda não dá para livrar a cara de ninguém mesmo.

    Nélson, eu estava escrevendo a esse respeito, justamente agora. Mas, como seu texto já pronto e seria em alguns bons melhor do que o meu, fazer um post, com sua permissão.

    A coisa tá feia aqui. O time azul está sendo beneficiado demais pelos árbitros, ganhando penaltis inexistentes, não marcação de impedimentos, até bandeirinha, com uma presteza absurda, marcou um pênalti pro time azul.Do outro lado, tudo ao contrário, deixam de marcar penalidades claras e marcam impedimentos absurdos.

    Estas denúncias na arbitragem mineira podem fazer com que o clássico entre Atlético-MG e Tme Azul, do próximo domingo, seja apitado por um árbitro de fora de Minas Gerais. Vamos aguardar os próximos dias.

  14. nelson jr uberlândia said

    Emerson o superfaturamento da passagam aérea ocorria devido a emissão de bilhetes via internet, com a tarifa cheia. Posteriormente cancelavam e adquiriam outros bilhetes, via agência, com descontos, porém cobravam do clube aquele bilhete emitido inicialmente. Agora “a turma” diz que o erro pode estar na agência de turismo… Tem alguns casos que havia a emissão da passagem aérea, mas também notas de despesas de alimentação em locais entre as cidades, com por exemplo churrascarias,hotéis, kkkkkkk.
    Os árbitros dizem que isso é comum em todo o País. Agora quem faz isso para receber algumas merrecas a mais, dá pra imaginar que faz coisas piores para receber um dinheiro maior.

    A Federação Mineira de Futebol, é dirigida por um delegado de polícia até respeitado, que parece que vai entrar de sola no assunto. Quero assistir de camarote.

    Tomara que entre mesmo, não só nesses sete, Nelson. Pois, como você disse, se faziam isso por uns trocados, aceitariam muito mais. O que é desapontador é ver a comissão nacional tratar o assunto com tão pouco caso.

  15. Jorge Arnaldo said

    Lendo tudo sobre o assunto é crível que tratar o assunto com pouco caso foi acertado por parte do presidente citado, haja vista que parece ter ocorrido recuo dos juizes CORAJOSOS PARA ACUSAR O PRESIDENTE DA COMISSAO E NAO TIVERAM A MESMA CORAGEM PARA NAO COMETER UM ATO ILICITO DE SUPERFATURAR AS PASSAGENS. E perdemos muitas linhas com eles. Acorda Brasil!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: