Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

A nova maré do São Paulo

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 10 março 2008

O Lance mostra que em menos de dois meses de futebol dez jogadores do São Paulo se lesionaram. E seis lesões foram musculares.

O fenômeno é um sinal amarelo para o trabalho da comissão técnica. Durante os últimos anos, os profssionais do setor disseram repetidas vezes que o clube estava um nível acima do tradicional no Brasil e a prova era o baixíssimo número de lesões musculares – as demais são frequentemente causadas pela ação do adversário e de prevenção muito mais difícil.

Chegavam a justificar o uso do Reffis por atletas e personalidades de fora porque não havia demanda suficiente dos jogadores da casa. Houve ano em que esse número foi praticamente zero. Em quase nenhum chegou a seis. E 2008 mal começou.

35 Respostas to “A nova maré do São Paulo”

  1. Márcio Homsi said

    O SPFC não ganhará nenhum título este….infelizmente a hra do SP chegou – pra mim q sou são-paulino – e td o time q chega no auge acaba decaindo após. Entre tantos motivos citados pelos jornalistas, o mais claro e evidente é a preferência da diretoria neste ano em optar pelo status ao invés do conjunto forte. Preferiu bancar jogadores problemáticos em vez de optar pela força do conjunto. O preço a se pagar será este, o SP não ganhará nem Paulista, nem BRasileiro que dirá Libertadores. Uma pena.

  2. Rubens Leme said

    O mito do Reffis vai caindo…

  3. gonz said

    a soberba mata…

  4. Rubens Leme said

    e o Reffis não cura, Gonz… he he

  5. Michael said

    E isso porque nao quiseram antecipar as férias ano passado.

    Mas também tem gente sempre muito apressada em definir certas coisas hehe.

    Todavia, o planejamento este ano já deu mostras de inúmeras falhas. Quando se vence elas são minorizadas, quando se perde… vejamos o que acontece.

  6. Rica said

    Recentemente eles trocaram algumas metodologias de trabalho, será isso?

  7. Gustavo Oliveira said

    O Dagoberto já deve ter cadeira cativa no Reffis, ao lado do Aloísio e do Júnior e Reasco.

  8. Anísio FC said

    Estranho mesmo o que citou o GO.
    O Reffis anda parecendo o Filé.
    Há tempos que não recupera ninguém de verdade.
    E por onde anda o Fernando, irmão do Carlos Alberto? O cara chegou a se recuperar?

    Anísio, você está sendo muito radical, hehe. Falando a sério, o Filé recuperou o Pedrinho no Santos e o Reffis auxiliou o Diego, do Werder Bremen, na recuperação de uma contusão sofrida no fim do ano passado. Quanto ao Fernando, ele ficou 100%, porém, o seu contrato terminou e o São Paulo preferiu não renová-lo.

  9. Michael said

    Fernando se não me engano foi pro Goiás (graças a todos os santos) e desde então não sei notícias…

    Michael, você tem razão. O Fernando está no Goiás e não tem sido titular da equipe.

  10. Paulo Izique said

    E no Palmeiras está acontecendo ao inverso. Será que o tão criticado custo/benefício da comissão técnica do Palmeiras é tão negativo assim??

    O que é criticado, Paulo, é o custo. A relação custo/benefício (expressão que sempre deve ser escrita com a barra de divisão) será calculada depois. Por enquanto, essa relação, no caso do Palmeiras é altíssima (o que significa algo péssimo, pois o benefício vem no denominador), pois o clube não conquistou nada nem conseguiu nenhuma receita extra por causa dessas contratações.
    Faça o seguinte raciocínio. Se o Caio Jr, que ganhava R$ 60 mil por mês, vence um Paulista, é bom, mas se o Luxemburgo (que recebe 500 mil e tem uma comissão que custa R$ 1 milhão, consegue a mesma coisa, isso significa menos. E essa conclusão pode ser alcançada comparando as relações custo/benefício de ambos
    Certo?

  11. Desde o início do ano que venho dizendo que o SP vai virar o fio. Neguim não acredita….

    Aqui você não disse, Lucas. Mas você me deu uma bela idéia… Veja o post

  12. Alex B said

    O São Paulo está retornando ao que é de fato, apenas outro clube brasileiro. A fase negra da ciclotimia está chegando. Duro vai ser aguentar os são-paulinos padrão( leia-se que não assistem aos jogos, que não vão a estádio e não acompanham o futebol em geral) xingarem os outros torcedores de invejosos enquanto o tricolor desce ladeira abaixo e eles não admitem. Aliás, Marcelo, peço uma confirmação: meu vizinho, são-paulino doente, afirmou que o senhor jj ( o presidente do time em questão), antes do clássico de sábado ( sem ironia alguma, jogo com a Portuguesa é clássico sim!) disse em uma emissora que a Lusa é time pequeno, não ganha nada etc. O Vagner Benazzi teria gravado e mostrado a seu elenco, no vestiário, antes do jogo. Meu vizinho ficou tão p. da vida, que, palavras dele, torceu para o time do Canindé derrotar o spfc. Isso ocorreu mesmo? Eu acho perfeitamente possível, pois essa soberba, esse desrespeito, essa ilusão de achar que o time dele é o único time que joga futebol no Brasil é a cara do senhor em questão. Abraço e saudações alvi-verdes.

    Alex B, o que soube é que o Benazzi aproveitou as declarações do Juvenal para motivar sua equipe na preleção, mas sem o vídeo. Ele teria perguntado se os jogadores se acham medíocres e ouviu em coro: “Não!”. Depois disso, nem precisou motivar muito mais a equipe. Eles ficaram mordidos com o que o presidente do São Paulo disse.

  13. Aqui não, pq (infelizmente pelo tempo e felizmente pelo prazer) só conheci o blog agora hehehehe…

    Beleza, Lucas. Pode postar suas previsões. Agora eu quero ver, hehehe.

  14. gonz said

    Alex B.. aconteceu mesmo.. é por isso que eu falo qua a soberba mata.. por isso e por achar que encher o time com essas caras de pau sem vergonhas que vivem só de nome e acham que jogam mais que os outros não leva a nada.. é óbvio que o elenco tá rachado…

  15. Isso vem me intrigando nesse início de ano, início de temporada.

    Não conversei com ninguém da área a respeito, embora tenha essa vontade, mas acredito que times desarrumados expõem os jogadores a maiores riscos de contusões.

    Associado à desarrumação, temos a forte pressão externa que parece acompanhar o São Paulo, tanto ou mais que clubes sem a mesma taxa de sucessos.

    Jogadores tensos, estressados, atuando sem o famoso “encaixe”, desgastam-se mais, ficam mais cansados e, uma coisa é certa, mesmo sem falar com especialistas: pessoas estressadas são mais sujeitas a lesões.

    Coincidentemente, estava escrevendo um texto a esse respeito.

    Particularmente, acho uma insanidade a caça às bruxas que todo ano ocupa o Morumbi e seus arredores. As bruxas já foram Leandro e Souza, agora são Ricky, Juninho, Joilson e Hugo. E sempre Muricy.

    Mas as bruxas já atenderam pelos nomes de Dario Pereira, Careca, Raí, França e muitos outros.

    As bruxas Kaká e Luiz Fabiano foram jogadas fora, embora em circunstâncias um pouco diferentes.
    Diferenças de forma, mesmo conteúdo.

    Sinceramente, e com o perdão da expressão, ando sem saco para isso. Ver o jogo contra o Audax no Morumbi foi a mesma coisa de sempre: um martírio, ouvindo torcedores “graduados” metendo a boca em Adriano, Muricy, Hugo, etc , etc, etc.

    Acho que até eu vou me contundir e pedir uma vaguinha no Reffis.
    :o(

    Caro Emerson, é claro que não se deve fazer caças às bruxas. Obviamente ninguém está errando por má fé, preguiça ou incompetência aguda. Mas há um fenômeno que precisa ser analisado. É preciso encontrar a solução, que é aliás, a única coisa que realmente importa. Mas acho que você tocou num ponto importante. Jogar num time desarrumado, os próprios profissionais do São Paulo já me disseram, aumenta a chance de contusão, pelo aumento do esforço e pelo estresse.

  16. Mas é interessante e educativo ler os comentários a respeito desse tema. Muito interessante…

    :o)

    Obrigado pela informação sobre tensão e contusão, Marcelo.

  17. JoaoBittar said

    Noto uma felicidade extrema dos não sãopaulinos em declarar coisas como:
    A) O Reffis não eh lá essas coisas, B) o time volta ser normal, C) volta a ser brasileiro ( essa eh muito boa!!). Vai virar o fio ( que fio, o administrativo ? o físico? vai começar a perder do Nacional sempre que jogar com eles? )
    Não tá tão ruim assim como em outros times.
    Precisa melhorar muito mas não é a primeira vez que acontece isto.
    Pode piorar muito que continua menos ruim que o do Corinthians e ainda assim menos ruim que o carissimo do Palmeiras.
    Em pontos, o SP está junto com o Corinthians e na frente do Palmeiras.
    Parece que acabou tudo e o São Paulo foi rebaixado…

    Eu pelo menos não disse isso, João. E, se acha que o São Paulo está ainda bem melhor do que o Corinthians, não pode considerar bom os dois clubes terem os mesmos pontos. Ou uma coisa, ou outra. Eu, por exemplo, acho que o Corinthians ter o mesmo número de pontos que o São Paulo positivo porque sei que o clube ainda está num nível abaixo.

  18. JoaoBittar said

    Marcelo,
    to comentando os comentários.

    meu amigo RubensLeme decretou ” cai o mito Reffis” e eu pergunto pro Rubao, que mito? Ter um departamento de fisiologia e fisioterapia bacana e que funciona seria um mito? fazer as coisas antes dos outros seria um mito?

    Pode ser mito pros Não sãopaulinos que ficam horas arrumando razões prá justificar os titulos que o clube ganha sem fazer parcerias exdruxulas, por exemplo. Reffis eh bom mas não ganha campeonato e deveria ser obrigação prá clubes grandes como o SãoPaulo .
    Agora, o post é interessante e de fato a nova estatística assusta ( ou será que não ter clientes no Reffis é que era assustador ? ) mas a coisa não tá tão feia. Estao superstimando o Reffis.
    Eu acho que o Paulistinha ( sempre usei esse termo ) tá esquisitinho e ultimamente tenho visto um certo esforço coletivo prá botar , pelo menos uns tres grandes na final. O SãoPaulo tambem tava jogando mal em março do ano passado e tinhamos menos contusões, mas até aí…

    Nem acho que o problema seja o Reffis, João, aliás, nem entendi quando o Rubens o citou. O Reffis recupera jogadores. Sua função não é prevenir lesões. Se a médica-chefe do Reffis fosse a Madame Pomfrey (a bruxa médica de Hogwarts) e ela tivesse o poder de recuperar as lesões em dez segundos, o número de lesionados não mudaria. Não sei qual é a causa de tantas lesões. Certamente o Reffis não é uma possibilidade.

  19. marcello said

    é preocupante, isso. mal começou a temporada e os caras já estão estourando? o time está cansado, sr Muricy? pois bem, os outros também estão jogando e viajando da mesma maneira e estão mais inteiros. há algo muito estranho aí. quando será que vão deixar a soberba de lado? só depois da eliminação do Paulista e da Libertadores?

    Mas que soberba, Marcello? Você acha que o Muricy e a comissão técnica do São Paulo não estão muito preocupados com isso? O Muricy tem falado das contusões, da limitação do elenco desde que o Leandro foi negociado, ainda em janeiro.

  20. Anísio FC said

    O Rubens fez uma mera provocação com o Reffis. De verdade nem dá pra falar do Reffis quem não conhece as técnicas, a arte (?), a medicina, mas certamente exagerou-se a qualidade do Reffis, ele (Ele?) não recupera casos clínicos e/ou psicológicos como os do Adriano. Dá até pra reclamar do (Contra) Filé pelos seus excessos nas suas autopromoções, mas tecnicamente nem tenho condições de contestá-lo.
    O nível de excelência do SPFC anda tão alto que qualquer perspectiva de queda alenta a torcida adversária.
    De verdade, acho que o SPFC se recupera depois da boa porrada que tomará pela Libertadores e a partir do meio do ano até ganha o Brasileiro de novo…

  21. EmersonF said

    O problema é que o Muricy não sabe acertar o time

    Emerson,
    essa é um pouco forte. O Muricy perde três ou quatro titulares por ano, chegou entre os dois primeiros colocados nos últimos três Campeonatos Brasileiros por dois times e você diz que ele não sabe acertar o time? Então quem acerta os times que ele dirige? A fada Sininho, hehehe?

  22. EmersonF said

    Anísio,
    Vai ter que montar um time competitivo. O atual é bem fraquinho

  23. 62 dias de temporada.

    53 dias com jogos.

    15 jogos disputados.

    3,5 dias entre um jogo e outro.

    3 titulares negociados na janela de inverno.

    Nenhum time grande perdeu 3 titulares. O Palmeiras perdeu o Caio. O Flamengo perdeu ninguém.

    O caso do Corinthians é distinto, não dá para comparar.

    Então, tá, fica assim:

    – Muricy não sabe montar times.

    – O elenco do São Paulo é fraco ou ruim.

    – A diretoria não soube contratar.

    – Acabou o “ciclo” São Paulo, REFFIS é mito, etc.

    By the way, senhores, comenta-se que MAC almoçou hoje com Luisinho Quintanilha.

    Quinta quem?

    Procurador do Juninho Pernambucano.

    Mas que três titulares, Emerson,? Quando saíram, Souza e Leandro foram chamados de bons reservas aqui mesmo neste blog. E que não fariam falta. Mudando de assunto, Juninho Pernambucano é capitão do Lyon. O Luisinho deve ter outros jogadores.

  24. JoaoBittar said

    Anisio,

    sua frase

    “O nível de excelência do SPFC anda tão alto que qualquer perspectiva de queda alenta a torcida adversária”

    eh muito alentadora para o debate.
    Se fosse de um saopaulino nao seria tao apropriada.
    Parabens pela lucidez.
    E parabens pelo titulo do Paulistinha 08 que seu Palmeiras deve conquistar, apesar de Luxe. Estou com o RubensLeme nesta previsao. E numa final, com o ex-fatidico Guaratinguetah.

  25. Noruega said

    Confesso que eu também tinha ficado intrigado, mas, se for ver mesmo, os jogadores que se contundiram foram os mesmos de sempre: Reasco, Aloísio, Carlos Alberto, André Dias, Dagoberto. De resto, continua basicamente a mesma coisa. Só para continuar na toada dos outros sãopaulinos, divido com vocês um pensamento que me ocorreu nesses dias e que vem bem ao caso: má fase para nós (e que os torcedores rivais, como se pode ver nos comentários acima, comemoram) é a possibilidade real de não ganharmos títulos. Má fase para os outros é segunda divisão. Abraço.

  26. Rubens Leme said

    O “mito” a que me refiro é de tudo e todos serem curados no Reffis, desde contusões musculares até distúrbios mentais ou problemas sentimentais (talvez). Vendeu-se uma imagem da perfeição, afinal até a Inter mandou o Adriano com um bilhete “conserta aí, please!”.

    E o irônico é que o SP não consegue consertar seus próprios jogadores. O Reffis é uma coisa excelente, mas o SPFC fez propaganda demais com ele pois conseguiu contratar bons jogadores com ele, mas se esqueceu de dizer que milagres não existem. Porque, se existir, Dagoberto, Aloísio, Reasco, Júnior e até o sumido Maurinho devem estar em uma situação que só pai-de-santo pode ajudar.

  27. Paulo Izique said

    Entendi, Marcelo.
    Portanto, vamos aguardar os resultados obtidos.
    Abraços!!!

  28. Bom dia, Marcelo

    Leandro e Souza estavam ofuscados por Adriano e o começo de temporada, mas eram titulares da base de 2007. Por sinal, muito contestados por parte da torcida, como de hábito.

    Há um rumor forte envolvendo JP e o SP. Seria ele o “meia de seleção” prometido por Juvenal meses atrás.
    Rumores…

    Tanto podem… Como não podem…

    EU nunca acredito muito quando se anunciam grandes nomes, Emerson. Já quebrei a cara, como no caso do Adriano, mas o Juninho Pernambucano acho ainda mais difícil. Tomara que o SP consiga (se não for um gasto demasiado, claro), mas não acredito.

  29. Gustavo Oliveira said

    Eu ia tentar explicar “o mito”, mas vi que não preciso, o Rubens foi perfeito.

    Outro ponto importante: dizer que a culpa das não é do Reffis, só é verdade absoluta quando se trata da primeira lesão de um jogador. No São Paulo tem vários casos de jogadores que vão e voltam freqüentemente ao estaleiro, e nesses casos eu não descartaria a hipótese da recuperação estar sendo mal feita. Não estou dizendo que é, mas que poderia ser. O caso do Aloísio por exemplo, se acontecesse nos clubes rivais, eu tenho certeza que o MAC iria nesses programas esportivos do almoço dizer que “aqui não tem esse tipo de problema porque o Reffis recupera de verdade o jogador”

    Você está exagerando, Gustavo. E um caso em dez não pode desviar a discussão do seu verdadeiro foco, que são as lesões musculares. E a maioria dos jogadores se machucaram naquele local pela primeira vez.

  30. JoaoBittar said

    Propaganda demais Rubens?
    Ou falta de pauta e de Reffis nos outros lugares?

    Ainda acho a “quebra” que vc. citou razoavel.

    Falou-se de paciencia em outros posts e historicamente sempre houve isso no Morumbi ( ou VilaSonia, se prefirir…).
    DarioPereira chegou, estreou e foi campeao brasileiro e depois ficou quase um ano se tratando de distensoes musculares misteriosas para depois voltar como grande zagueiro e fazer historia por lah. E nao foi um unico caso.
    Assim como Maurinho, muitos outros nao resultaram em nada comparado ao investimento. Deveria estar previsto.
    Eu, caso me perguntassem, nao venderia o Dagoberto ( a nao ser excepcionalmente$$ …) jah Aloisio e Junior sao veteranos uteis e limitados, que compoe bem o elenco, no caso soh o Reasco tem que se benzer mesmo.
    Mas milagroso o Reffis nunca foi nem serah.
    Marcos por exemplo, com o azar ( em alguns casos vitima de maldade tambem) que teve pra contusoes talvez nao tivesse melhor sorte no Reffis que teve no Palestra.

  31. Rubens Leme said

    João, por anos o departamento médico do Palmeiras foi uma lástima. Marcos quase saiu do clube depois que perdeu a Copa de 2006 por esse motivo. Suas contusões que de “duas semanas” viravam 3, 4 meses.

    O Palmeiras estava uma draga, as bicicletas ergométricas não tinham pedais ou bancos, Mustafá destruiu tudo. A recuperação feita por esta diretoria, junto com a iluminação nova do Parque, foram algumas das poucas e boas coisas feitas pelo Della Banana.

    Mas o caso do Marcos é azar mesmo. Talvez ele tenha gasto todo o seu estoque de sorte nos jogos, vai saber. Acho que Jr. Tuchê e outros fizeram com que seu estoque acabasse mais rápido do que o normal.

    É uma boa teoria, Rubens, hehe; O Marcos está muito azarado mesmo.

  32. Maurício said

    Prtimeiro existe a necessidade de se separar o que é REFFIS e o que é preparação física. Não tem nada a ver uma coisa com a outra. O REFFIS rec upera o jogador de uma lesão e a preparação física evita que um jogador se lesiona. Mas vamos ao São Paulo. Este é um exemplo típico de como os interesses políticos, financeiros e outros prejudica o futebol brasileiro. Em qualquer lugar civilizado é respeitada a pré-temporada dos jogadores (mínimo de 30 dias), onde eles se recuperam e se preparam para enfrentar o que tem por vir. Aqui por vários interesses a pré-temporada não passa de 10 dias, o que convenhamos é um absurdo. Não causa surpresa a ninguém esta onda de contusões no São Paulo, muito mais para a exigência que o esquema Muricy faz dos jogadores, do que por uma inadequada preparação física. Mas se analisarmos os contundidos veremos que alguns são os que chegaram agora e não estavam acostumados a este rítmo de treinamento, ex. Fábio Santos, Juninho, Joílson e Carlos Alberto. Outros são fregueses antigos, por terem contusões crônicas, como o Reasco, Aloisio, o André Dias e até o Dagoberto. Não concordo com este papo de que o São Paulo virou o fio, é muito cedo. O que ocorre é que com uma pequena pré-temporada a carga de jogos (domingo, quarta, domingo) pesa e muito.

  33. Marcelo Firmiano said

    Será que acabou o tal elixir milagroso?
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK.SRSRSRSRSRSRSRS.

  34. Quando o Maurinho veio para o São Paulo foi constatada a necessidade de nova cirurgia em seu joelho.
    O contrato com o Cruzeiro foi revisado e teve nova redação, de acordo com a qual o clube mineiro ficava responsável pelo salário do ala enquanto se recuperasse.

    A cirurgia dele estava prevista para durar algo como uma hora e meia a duas. Se não me falha a memória durou quase o triplo. Joelho aberto, constatou-se que os problemas eram maiores do que mostravam os ultrassons e radiografias. Em outras palavras, seu joelho tinha passado por mãos de açougueiros e não de cirurgiões.

    Comentei tudo isso à época no blog do Lédio, pois nem tinha, ainda, começado a postar para valer no Olhar Crônico Esportivo.

    Passados alguns meses – poucos -, todo o Departamento Médico do Cruzeiro foi demitido, como muitos devem lembrar-se. Naquele momento, outros jogadores passavam por longos processos de recuperação (um deles eu nem sei se voltou a jogar) e Araújo queria vir fazer sua cirurgia e recuperação no São Paulo. Parece que foi a gota-d’água que levou os Perrella a mandar o departamento inteiro pro espaço.

    Postei esse comentário em resposta a alguém que mencionou o Maurinho no REFFIS. Um pouco de história real para clarear os fatos.
    :o)

    Foi exatamente isso o que aconteceu, Emerson. Só não sabia que o caso Araújo é que tinha provocado a queda do DM do Cruzeiro. Os jogadores de lá falavam barbaridades do médico. Teve um que disse ao Perrella que preferiria parar de jogar a ser operado por ele. É possível que tenha sido o próprio Araújo. Agora, alguns jogadores estão aceitando ser tratados em Minas.

  35. O Araújo estava apavorado e os Perrella tinham investido muito dinheiro nele, esperando, como de hábito, um retorno ainda maior.
    Confesso que cheguei a pensar que ele viesse para SP de mala e cuia pelas informações que chegavam.

    O que eu nunca entendi e nunca ouvi nenhuma explicação – ética médica? – foi o porque da queda do pessoal do Cruzeiro. Afinal, o clube tem, mesmo, uma estrutura muito boa e não é de hoje. E, nessa área, o Brasil conta com uma boa escola, se bobear vira, de fato, referência internacional.

    Qualquer dia ainda pretendo ouvir essa história.

    O Araujo fez a cirurgia em BH e a recuperação toda lá mesmo, felizmente sem nenhum problema.

    Quanto ao Maurinho, o SP pagou o combinado ao Cruzeiro – talvez com algum desconto, isso eu não sei – mas ele até hoje não voltou a jogar nem sombra do que jogava. Felizmente, porém, ainda pode até jogar bola.

    Para o SP foi um investimento que não deu certo, como acontece com frequência. Por outro lado, o ser humano foi bem tratado e recuperado. Eu gosto disso, e valorizo demais, desde o caso do Mirandinha, em 74.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: