Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Uma pergunta que não cala – 18

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 13 março 2008

Como é possível Felipe Melo valer 13 milhões de euros, e Luís Fabiano, apenas 11?

Nesta quinta-feira foi confirmada a venda do meia Felipe Melo, do Almería, para a Fiorentina. O preço, como podem ver, é mais alto do que o pedido pelos agentes de Luís Fabiano, artilheiro do campeonato espanhol.

21 Respostas to “Uma pergunta que não cala – 18”

  1. Flavio said

    Esse Felipe Melo é aquele que jogou no Flamengo?

    Ele mesmo, Flavio. O que passou por Flamengo, Cruzeiro, Grêmio e Racing Santander.

  2. EmersonF said

    Não há lógica no mercado europeu

  3. wilbor said

    Chega a ser uma ofensa! Como é que raios uma Fiorentina gasta 13 milhões de euros assim? Sorte do Almería!

    Pois é, Wilbor. E o Felipe Melo nem é o melhor brasileiro do Almería, é o Diego

  4. Cesar Augusto said

    Algumas destas transações são altamente estranhas.

    Certa vez, salvo engano, em 1993, o Milan pagou ao Torino algo em torno de 50 milhões de dólares por um tal de Lentini, que no Milan não vingou.

    O próprio Betis, em 1998, pagou mais de 30 milhões de dólares pelo Denílson.

    Então, a ausência de lógica em determinadas transações é um praxe europeu.

    O “pofexô” Vanderlei Luxemburgo deve estar contente com o sucesso do Felipe Melo, pois sempre elogiou o atleta, principalmente, que tem como características a boa marcação, o bom passe, o chute forte e a indolência.

    Cesar, uma dúvida: você tem certeza que o Milan pagou 50 milhões de dólares pelo Lentini? Não deve ser isso. Quando o Denílson foi contratado pelo Betis, justamente pelo valor que você citou, era a contratação mais cara da história do futebol.

  5. Cesar Augusto said

    Marcelo vou pesquisar, mas o Lentini foi vendido por um valor de mais de 50 milhões de dólares. O Denílson, por sua vez, foi a transação mais cara da história do futebol brasileiro, não mundial.

    Cesar, a venda do Denílson para o Betis em 1998 foi apontada aqui como a mais cara da história do futebol naquele momento. Quanto ao Lentini, vou procurar me informar.

  6. Michael said

    A venda deve ser acompanhada de muito OMO…
    afinal, para lavar tanto dinheiro…

  7. Cesar Augusto said

    Marcelo, pesquisei no google e vi que Lentini, em 1993, foi vendido pelo Torino ao Milan por 53 milhões de dólares, mas tal valor gerou enormes desconfianças das autoridades italianas que suspeitavam de fraude contábil.

    César: fui checar e você tem razão. O caso do Lentini não é esclarecido até hoje. A contabilidade do negócio foi tão emaranhada que mesmo uma investigação realizada na época não conseguiu determinar seu valor, que ficou entre 26 e 82 milhões de dólares!

  8. Maurício said

    Quem quer comprar, quer dar 11 milhões de euros pelo Luís Fabiano, quem quer vender quer receber 60 milhões de euros. Que bela diferença hein.

    Pois é, Maurício. Mas duvido que ele saia por menos de uns 25 milhões. Afinal, esse foi o valor pago pelo Mascherano.

  9. Onofri said

    Caramba, fico imaginando quanto vale o Thiago alguma-coisa, atacante do Glorioso das Praias.
    hummm, poderíamos propor uma troca com o Robinho…

  10. EmersonF said

    O Dentinho não sai do Corinthians por menos de 100 milhões de euros.

    E daquelas espigas bem grandes, Emerson, hehe

  11. Fabio said

    Uma pergunta, o empresário desse Felipe é o Wagner Ribeiro? Se for está explicado… Esse sr. consegue vender jogadores mediocres a preço de gênios da bola.

    É, Fábio, e o Kaká, que foi por 9 milhões de euros? A sua contratação é considerada o melhor negócio feito por um clube de futebol da Itália neste século.

  12. Rica said

    Pra mim uma da únicas loucuras que deram certo foi a contratação do maestro Zizu pelo Real Madrid.

    A ida do Maradona para o Napoli certamente foi outra, Rica. Mas você tocou num ponto interessante. Será que grandes craques micam quase sempre no novo clube ? Quando passam de um grande clube a outro, claro

  13. Rubens Leme said

    Lentini não custou 50 milhões, custou 52 milhões! Mas, além do dinheiro pra Fiorentina, havia incluído tb algum dinheiro ao próprio jogador. E meses depois ele quase morreu em um acidente de carro. E nunca jogou nada.

    Ninguém sabe quanto custou, Rubens. Como disse o César a contabilidade era um emaranhado.

  14. Rica said

    O Barça entrou na disputa pelo Fabuloso, e ainda quer mais dois brasucas, Diego e Daniel Alves.

  15. Rubens Leme said

    foi pro Torino, não Fiorentina. e aqui fala um pouco dessa transação, embora digam aqui que foi 53 milhões…

    “Era o verão europeu de 1993 e o futebol italiano estava no auge de sua capacidade de investimento. Ainda assim, foi um grande choque quando foram anunciados os valores extra-oficiais da contratação do meia-atacante Gianluigi Lentini pelo Milan: US$ 53 milhões. O jogador, que estava no Torino e tinha 24 anos, se tornaria, assim, o mais caro da história com grande folga.

    “O valor foi tão alto que despertou a desconfiança das autoridades italianas, que suspeitavam de fraude contábil ou lavagem de dinheiro. No final das contas, os US$ 53 milhões não foram confirmados, mas o jogador acabou sofrendo com a necessidade de se mostrar à altura de tanto dinheiro. O que ficou particularmente difícil depois do trauma de um acidente automobilístico que quase o matou.

    “Lentini ficou quatro temporadas no Milan e nunca se consolidou como titular. Ficou um ano na Atalanta e voltou ao Torino, onde passou mais quatro temporadas. Sua trajetória era claramente decadente e o jogador já era marcado como um talento que não se confirmou.

    “Em 2001, com 32 anos, Lentini foi para o Cosenza. Em 2003, o clube foi rebaixado da Serie B, o que provocou grave crise financeira e falência. Os calabreses foram obrigados a recomeçar da Serie D (amadora) e Lentini ficou.

    “Depois de uma temporada na Serie D, o meia-atacante se transferiu para o Canelli, da Eccelenza (sexta divisão), onde já estava Diego Fuser. O salário era de € 2,5 mil mensais, nada parecido com a fortuna que um jogador de Milan e seleção italiana chegou a receber. Lentini ficou uma temporada no Piemonte e, com 36 anos, encerrou a carreira.”
    http://www.gardenal.org/balipodo/2007/08/gianluigi-lentini.html

  16. Rubens Leme said

    No Wikipedia em italiano dizem que ele custou 40 milhões de liras, enquanto Roberto Baggio havia custado “apenas” 18 milhões de liras à Juve.

    Parece que na época, a quantia oficial girou em torno de 13,3 milhões de libras, mas essa de 52, 53 foi muito citada e ninguém soube confirmar o que era, mas acho que já contabilizava o salário do jogador pelos anos seguintes (havia assinado por 5 temporadas), porcentagem do passe, etc.

    Certamente é 40 bilhões de liras, Rubens, Milliardo é bilhão. A lira, quando existia, valia bem pouquinho (o que não impedia que a Itália fosse um país rico).

  17. Rubens Leme said

    Aquela época – começo dos anos 90 – teve umas transações tenebrosas. Me lembro que o horrível Darko Pancev foi pra Inter de Milão, em 92, por mais de 20 milhões de dólares. E igualmente falavam em lavagem de dinheiro.

  18. Flavio said

    Então, esse Felipe Melo é mesmo o do Flamengo? E está jogando o mesmo que no Flamengo? Se não, 13 milhões de euros como? Metade desse valor já seria absurdo.

    É ele mesmo, Flavio. Mas como está jogando lá, não sei. Mas, se ele pôs a cabeça no lugar, deve estar jogando bem. Porque futebol ele tem.

  19. Roberto said

    Marcelo, cada lugar dá um valor diferente. Parece as transações do Flamengo/ISL na época do ESS (Mozart, Petkovic, Tuta…)

    “Gianluigi Lentini (born March 27, 1969 in Carmagnola) is a former Italian international winger who once held the distinction of being the world’s most expensive footballer, when he moved from Torino to AC Milan for £13 million in 1992.”

    (Wikipedia)

    “He was sold to Milan for a record breaking 16 million lire.”

    (www.bigsoccer.com)

    Achei esse link: http://observer.guardian.co.uk/osm/story/0,6903,543912,00.html do Guardian, muito boa a matéria, tem muito a ver com o post. Se bem que o Felipe Melo é até bom, mas meio ruim da cabeça, como tantos outros. Futebol até que tem.

    Como disse acima, Roberto, ninguém sabe o valor. E cuidado com certas expressões. Esse site traduziu “millardo” (bilhão”) por million. Além disso, na Inglaterra, pelo menos até os anos 90 (pode ter mudado depois disso), da mesma forma que na França e na Itália, bilhão quer dizer o nosso trilhão. O sistema de contagem nesses países tem como base o milhão (um, mil, milhão, mil milhões, bilhão, mil bilhões, trilhão…) Em outros países do Ocidente, como EUA e Brasil, a base é o milhar (um, mil, milhão, bilhão, trilhão, quatrilhão…)

  20. Julio said

    felipe mello…13 milhoes de dólares…hummm, no minimo esquisito
    Bom para o FLA, que deve ganhar aqueles 5% sobre a negociação que cabe ao clube formador
    SRN

    Caro Julio, seja bem-vindo. Escreva mais vezes. Você tem informações sobre o desempenho do Felipe Melo no Almería? Pelo que sei ele é titular absoluto, mas não tem grande destaque do time. Mas o Felipe Melo já foi tinha sido a contratação mais cara da história do Almería. Escreva sempre

  21. JoaoBittar said

    De qualquer maneira, o nome de FeliepeMelo foi citado varias vezes em especulacoes do calciomercato, frequentemente pela Fiorentina. Parece que era um desejo antigo.
    Num site vi que deram NOVE milhoes de euros como preco pago. Noutro, eram dez milhoes incluindo salarios de cinco anos.
    E o Sevilha decidiu por 60 milhoes no LF.
    Meu palpite eh que levam.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: