Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Na fumaça

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 17 março 2008

O COI jogou a toalha. Não vê mais solução para a poluição de Pequim. Nem os 15 dias sem carros anunciados pelo governo serão suficientes para elevar a qualidade a níveis aceitáveis.

A conclusão vem de um estudo sobre o ar na cidade entre 8 e 29 de agosto de 2007, mesmo período em que se realizarão os Jogos.

Os níveis de poluentes estão várias vezes acima do nível tolerado. Em provas com duração superior a uma hora, como triatlo e maratona, os atletas podem ter problemas

O COI deve se reunir com federações internacionais que cuidam as provas mais problemáticas e estudar alternativas. Uma das possibilidades é realizar as provas à noite.

O governo chinês mantém sua posição de que, apesar dos resultados frutrantes da redução dos poluentes obtidos até agora, a situação irá melhorar muito até agosto. Veremos.

5 Respostas to “Na fumaça”

  1. O COI ter acreditado que os níveis de poluição de Pequim cairiam a níveis aceitáveis só demonstra o desconhecimento deles em relação à realidade econômica chinesa.

    Uma grande parte do sucesso econômico e da competitividade dos produtos chineses, deve-se à praticamente total ausência de cuidados com o ambiente (que se no Brasil é meio, lá é nulo…).
    Some-se a isso, um regime de trabalho que não é escravo, até porque parte dos donos de escravos tratava-os melhor do que o governo chinês trata aos seus cidadãos.
    O trabalhador chinês não tem férias, por exemplo.

    Ora, controle de poluição, produção com respeito ao ambiente,direitos trabalhistas e outras baboseiras burguesas e ocidentais, encarecem terrivelmente os produtos, inclusivo os produzidos numa certa grande república bananeira.

    Ignorando tudo isso, os chineses produzem tudo muito mais barato e inundam o mercado mundial com tudo e qualquer coisa.

    Só o COI não sabia disso.

  2. mh said

    É bom que isso aconteça para que a cartolagem olímpica global seja pressionada em sua falta de critérios técnicos e excesso de critérios políticos em suas tomadas de decisão.
    Os atletas podem simplesmente se recusar a competir se não houver condições.

  3. Isso já era sabido há tempos. Pequim é um absurdo impraticável. Até quem não tem problema de respiração sofre naquele lugar.

  4. Onofri said

    Atletas se recusarem a competir?? Talvez os do basquete masculino americano. O time deve ser formado por alguns milionários da NBA. Fora isso, duvido que algum atleta arrisque o patrocínio e a carreira.
    O negócio é todo mundo competir com máscaras anti-poluição.

  5. nayara said

    voces sao muito intiotas de ficar puplicando essas porcarias !!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: