Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Uma pergunta que não cala – 19

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 17 março 2008

O que tem de tão atraente (tamanho, cor, posição) no botão do limitador dos McLaren? Hamilton apertou-o no ano passado e perdeu o campeonato e Kovalainen apertou-o na Austrália e jogou no lixo uma bela ultrapassagem sobre Fernando Alonso.

A ativação desse botão não poderia ter um controlador (ex: não funciona acima de 150 km/h)?

5 Respostas to “Uma pergunta que não cala – 19”

  1. EmersonF said

    Isto se chama barbeiragem. Deve ser um tormento terrível controlar o carro, a pista, os adversários, a velocidade e os botões do volante. Quanto mais novato, mais chance de errar. Acho que é isto o que aconteceu com Hamilton e Kovalainen. E isto não acontece com garotos apenas. Lembra do Michael Andretti, que já era campeão na Indy e foi correr com o Senna na McLaren? Entre as várias lambanças, ele engatou a ré em uma reta durante treino da equipe.

  2. Gustavo Oliveira said

    Essa é uma confusão que se faz constantemente. O problema do Hamilton não foi apertar o limitador de velocidade, mas sim o Neutro, que é um botão que é tipo um botão de pane, que faz com que o software do cambio seja reiniciado. E ele teve que fazer isso porque o câmbio deu pane. O problema foi que no desespero ele fez isso duas vezes, e levou o dobro do tempo necessário para o sistema reiniciar. Aqui tem uma análise completa do assunto:http://blogdocapelli.blogspot.com/2007/12/vdeo-do-hamilton-anlise-do-leitor.html

  3. Anderson Santos said

    Marcelo,

    Me desculpe invadir esse post pra falar de futebol. Mas não resisti a um placar de 02 x 72…rs

    Queria falar do Kleber (PAL), mas não exatamente do lance em discussão.

    Vc ouviu falar que 5 min antes, o André Dias tinha “acotovelado” ele em lance similar, que a Globo não flagrou?

    Quem tava no estádio viu. Nas rádios, o lance foi narrado ao vivo pelo repórter da rádio 105 FM (por onde acompanhei parte do jogo).

    Kleber obviamente não tem comentado isso porque agravaria sua situação, ao admitir que agiu premeditadamente, por vingança.

    Uma agressão não justifica a outra. Mas revela o quanto nossas análises podem ser superficiais. Kleber corre o risco de pegar uma baita suspensão. André Dias não corre risco de nada, pode posar sossegado de vítima – simplesmente porque 99% das pessoas que viram o jogo (inclusive a imprensa e os auditores do TJD), viram-o pela moldura da TV.

    Coisas da nossa era.

  4. Anderson Santos said

    quis escrever “viram-no”, claro…rs

  5. Gustavo Oliveira said

    O cara se atrapalhou na hora de tirar a sobreviseira. Pra quem quiser ver o momento do erro do Kovalainen, este é o link:
    http://blogdocapelli.blogspot.com/2008/03/apertando-botes.html

    Foi um problema com a sobreviseira, Gustavo? Ele ao mexer na viseira aperta o botão errado. O Barrichello, ao mexer nos botões, tem um problema de visão e não enxerga o sinal. E tanto o sinal quanto os botões estavam onde sempre estiveram. Alguém deveria criar um novo tipo de simulador para pilotos desastrados. Vai bem a F-1…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: