Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Archive for the ‘Fed Paulista’ Category

Um peso, duas medidas

Posted by Marcelo Damato em sexta-feira, 29 fevereiro 2008

O presidente da comissão de arbitragem da FPF, Marcos Marinho, afastou o árbitro Anselmo da Costa, por ser instrutor do Instituto Wanderley Luxemburgo. Foi uma decisão acertada.

Mas Marinho não usou esse critério com Paulo Roberto Ferreira, o árbitro que vende apólices de seguro a técnicos e dirigentes.

Em tempo, Anselmo, o afastado, se dá bem com Luxemburgo. Ferreira, o mantido, se dá mal com o treinador, da mesma forma que o presidente da comissão de arbitragem.

É claro que não dá para afirmar que Ferreira foi poupado por isso, mas tampouco dá para negar.

Posted in Arbitragem, Fed Paulista | Etiquetado: | 12 Comments »

Dos dois lados do balcão

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 25 fevereiro 2008

O presidente da comissão de arbitragem da Federação Paulista de Futebol, Marcos Marinho, não deu importância à acusação de Vanderlei Luxemburgo contra o árbitro Paulo Roberto Ferreira de que este venda apólices de seguro a jogadores e técnicos.

Marinho não vê problema em um árbitro manter relação econômica com as pessoas que irá julgar no campo de jogo, ou na beira dele. Segundo Marinho, Ferreira, em tese, pode vender apólices para gente de todos os times.

Não deixa de ser curioso que Marinho e Luxemburgo, que vivem às turras, concordem nesse ponto.

Que não é o deste blog. Árbitros, como juízes, não podem ter relação econômica com as pessoas que irão julgar. Isso é o que se chama conflito de interesse.

Mas para a FPF, é preciso “separar as coisas”.

Posted in Arbitragem, Fed Paulista | Etiquetado: , , | 7 Comments »

um árbitro na fogueira

Posted by Marcelo Damato em sábado, 23 fevereiro 2008

O técnico Vanderlei Luxemburgo fez, ainda que em tom relaxado, uma acusação gravíssima contra o árbitro Paulo Roberto Ferreira. Esse é o tipo de acusação que exige uma punição séria, para o árbitro ou para o técnico.

Luxemburgo disse que o árbitro tentou vender-lhe apólices de seguro. Ele afirma que não comprou porque já tem um corretor de sua confiança.

Se Paulo Roberto Ferreira vende apólices para profissionais do futebol, ele precisa ser expulso imediatamente do quadro de árbitros. É inadmissível que um árbitro mantenha relação econômica com dirigentes, jogadores, técnicos ou qualquer pessoa ligada formalmente a um clube.

Se ele não faz isso, Luxemburgo ultrapassou e muito qualquer limite.

Posted in Arbitragem, Fed Paulista, Palmeiras, Técnico | Etiquetado: , | 10 Comments »

O mistério da Fazendinha

Posted by Marcelo Damato em sábado, 23 fevereiro 2008

O Corinthians está acenando com a volta dos jogos no seu antigo estádio. Mas corre o risco de mais uma vez dar com os burros n’água.

A principal razão sempre alegada para proibir jogos do Corinthians na Fazendinha foi que o estádio comporta 14 mil duzentas e poucas pessoas, enquanto o Regulamento Geral das Competições da FPF exige 15 mil lugares. As reformas que colocarão novas saídas no meio da arquibancada vão certamente reduzir esse total.

Como 14.200 menos alguma coisa pode dar 15 000? Ou vão reduzir os espaços para criar mais lugares?

A FPF informou que não há possibilidade de abrir exceção ao limite de 15 mil lugares. E, mesmo que a capacidade mude, a PM, que veta jogos no local, teria de ser convencida.

Atualização: A diretoria do Corinthians informa que o documento que possui registra uma capacidade de 18 mil lugares e que a reutilização do estádio já foi discutida com a PM, a Prefeitura e a FPF. Está esperando a lista de exigências para começar as obras.

Posted in Corinthians, Estaduais, Estádios, Fed Paulista | Etiquetado: , | 18 Comments »

Torneio caça-níquel é a Copa SP

Posted by Marcelo Damato em domingo, 6 janeiro 2008

Passam os anos e a Federação Paulista de Futebol continua a vender vaga para times que queiram disputar a Copa SP. Sem competência para conseguir patrocinadores, dá paga a quem puder pagar, sem contar as equipes grandes, claro.

A atuação do Ypiranga-PE diante do Grêmio mostra que o time não poderia nem disputar a Série C da Copa SP se existisse uma. O Ypiranga não só perdeu de 12 a 1, como levou oito gols com um jogador a mais em campo, após expulsão de um atleta do Grêmio.

A Copa São Paulo foi administrada pela Prefeitura de SP até 1988, quando a prefeita Luiza Erundina determinou que preferia gastar o dinheiro de outra forma. O torneio então foi assumido pelo governo do estado e em seguida pela FPF. Mas, se era para vender vaga, a Prefeiutura poderia muito bem ter continuado.

Coincidência ou não foi desde aquela época que a revelação da Copa SP a cada ano vira quase sempre um Zé Ninguém no futebol profissional.

Posted in Fed Paulista | Etiquetado: , , | 5 Comments »