Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Archive for the ‘Federações’ Category

Bobô no banco dos réus

Posted by Marcelo Damato em quarta-feira, 5 março 2008

Bobô, na qualidade de então presidente da Sudesb, e o engenheiro Nilo dos Santos Jr., engenheiro civil responsável pelo estádio, foram denunciados pelo Ministério Público por homicídio culposo e lesão corporal, pelas mortes e ferimentos causados em razão do desabamento de parte de um degrau da arquibancada da Fonte Nova, no fim do ano passado.

Sete pessoas morreram e 80 ficaram feridas no desabamento.  O Ministério Público afirma que ele agiram com imprudência e negligência ao liberar o estádio.

Nenhum dirigente da Federação Baiana, do Bahia, da CBF ou do governo estadual foram acusados perante a Justiça Criminal.

Posted in Estádios, Federações, Justiça | Etiquetado: , , | 3 Comments »

O retrato da vergonha

Posted by Marcelo Damato em sábado, 26 janeiro 2008

O jornal Estado de S.Paulo traz hoje um retrato do continuísmo nas federações de futebol do Brasil.

O campeão é o presidente da Federação de Roraima, José Gama Xaud, no cargo, pasme, desde 1975. Ele assumiu dois meses depois Pelé dar adeus ao futebol, no ano em que Lula se filiaria ao sindicato dos metalúrgicos de São Bernardo do Campo e um antes da estréia de Zico pela seleção brasileira. O presidente da República era Ernesto Geisel, no poder havia menos de um ano. Já houve seis presidentes desde então, dois deles reeleitos. Apenas 14 anos depois de sua posse o Território de Rondônia foi transformado em estado.

A média de tempo nos cargos é de 11 anos. Dos 27 presidentes, 14 assumiram o cargo no século passado. Dos demais 13, pelo menos três assumiram depois que três deixaram os cargos por motivos extraeleitorais. Apertado pelo Ministério Público, Eduardo José Farah renunciou em São Paulo. No Rio, Eduardo Viana morreu e no Paraná, Onaireves Moura está preso – desde 6 de novembro. Tirando esses três, a média sobe um ano. Em dez estados o presidente da federação ocupa a cadeira há mais de 15 anos.

Dos 27, sete já estenderam o mandato até 2014 e mais 17 deverão fazê-lo.  Como faltam seis anos até a Copa, o tempo médio nacional de ocupação pode chegar a 17 anos.
Não é à toa que o Estatuto do Desporto, que limita as reeleições está parado no Congresso. Xaud diz que “o futebol cansa”. Mas é mais provável que o futebol esteja cansado dele.

Posted in Federações | Etiquetado: , | 8 Comments »