Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Archive for the ‘Jogos Olímpicos’ Category

O vendaval olímpico

Posted by Marcelo Damato em terça-feira, 18 março 2008

A Folha de S.Paulo traz hoje números interessantes sobre o investimento que o governo faz no esporte com o nosso dinheiro.

De 2001 a 2006, foram entregues às Confederações e ao COB e ao Comitê Para-Olímpico R$ 391 milhões, em razão da Lei Piva. Estão fora da conta, os testes de loteria, os patrocínios de estatatais, o investimento no Pan e a Lei de Incentivo ao Esporte (que está ainda engatinhando) e o Bolsa-Atleta. É bom lembrar que a Lei Piva foi aprovada no em julho de 2001 e só começou a distribuir dinheiro em novembro daquele ano 2002.

Apesar dessa montanha de dinheiro, que foi todo aplicado nas equipes olímpicas, o COB se recusa a fazer projeções de desempenho para Pequim. A secretaria de Alto Rendimento projeta um desempenho que no máximo iguale Atenas (16º lugar).

E, mais uma vez, põe uma cenoura: Em 2016 seremos 10º.

Olhando o total de medalhas, em vez dos ouros, que aliás é o que o COB defende, o Brasil regrediu desde 1996, quando nem se pensava em Lei Piva.

É impossível não pensar que no esporte olímpico está acontecendo o mesmo que houve em tantos clubes de futebol: quando aparece um monte de dinheiro, a situação piora em vez de melhorar. Como dizia uma novela muito antiga, dinheiro na mão é vendaval.
De tudo, a única coisa boa é que o ministro do Esporte, Orlando Silva Jr., ainda que de forma tímida, começa a cobrar resultados.

Posted in COB, Gestão, Jogos Olímpicos | Etiquetado: | 5 Comments »

Na fumaça

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 17 março 2008

O COI jogou a toalha. Não vê mais solução para a poluição de Pequim. Nem os 15 dias sem carros anunciados pelo governo serão suficientes para elevar a qualidade a níveis aceitáveis.

A conclusão vem de um estudo sobre o ar na cidade entre 8 e 29 de agosto de 2007, mesmo período em que se realizarão os Jogos.

Os níveis de poluentes estão várias vezes acima do nível tolerado. Em provas com duração superior a uma hora, como triatlo e maratona, os atletas podem ter problemas

O COI deve se reunir com federações internacionais que cuidam as provas mais problemáticas e estudar alternativas. Uma das possibilidades é realizar as provas à noite.

O governo chinês mantém sua posição de que, apesar dos resultados frutrantes da redução dos poluentes obtidos até agora, a situação irá melhorar muito até agosto. Veremos.

Posted in Jogos Olímpicos | Etiquetado: , | 5 Comments »

Anote no caderninho – 8

Posted by Marcelo Damato em quarta-feira, 12 março 2008

“Olimpíada é importante, mas futebol resume-se à Copa do Mundo. Prioridade é a principal, a Copa”

Dunga, técnico da seleção, dizendo por que não fará preparação específica para os Jogos Olímpicos.

Posted in Copa, Frases, Jogos Olímpicos, Seleção | Etiquetado: | 18 Comments »

O outro lado do legado olímpico

Posted by Marcelo Damato em quarta-feira, 27 fevereiro 2008

Numa reportagem rara de se ver, ainda mais na China, o “Finantial Times” noticia um efeito perverso dos Jogos Olímpicos que poucos imaginavam.

Para limpar os rios da cidade para os Jogos, o governo chinês vai desviar a água de alguns rios. O aumento do consumo da água durante dos Jogos, em meados de agosto, vai exigir o mesmo.

Um dirigente de uma região agrária da China disse que sua região será tão afetada que muitas fábricas terão de fechar as portas e parta da safra será sacrificada. E pediu indenização.

É mais ou menos o que aconteceu com o Brasil durante os Jogos Pan-Americanos. Mais de 60% de todo o orçamento federal de segurança para 2007 foi utilizado para o Pan.

Posted in Jogos Olímpicos | Etiquetado: , | 5 Comments »

Uma tapinha caro demais

Posted by Marcelo Damato em terça-feira, 26 fevereiro 2008

O goleiro Danny Vukovic, do Central Cost Mariners, da Austrália, foi suspenso por 15 meses e corre sério risco desfalcar a seleção do seu pais na Olimpíada de Pequim. E tudo por uma “agressão”, que mais parece uma brincadeira nos últimos minutos da final da Liga Australiana.

Após a marcar um ignorar um toque de mão do time rival, o árbitro foi cercado pelos jogadores do Mariners. Ele levantava as mãos para tentar acalmar a equipe, quando foi supreendido por um tapa em sua mão direita dado pelo goleiro.

O lance aconteceu no domingo (24). No dia seguinte, a federação suspendeu Vukovic por 15 meses, suspendendo a aplicação da pena em seis – essa parte será aplica se nm prazo deum ano ele voltara  cometer alguma indisciplina grave.

Na Austrália, como na maioria dos países, não existe Justiça Desportiva, logo o acusado não tem chance de se defender no primeiro processo. Ele tem uma semana para apelar. Mas não poderá contar com a ajuda nem de seu técnico, qualificou o ato de inexplicável, inaceitável e “estúpido”.

Vukovic era titular absoluto da seleção olímpica e vinha sendo considerado uma grata revelação do futebol local.

Posted in Arbitragem, Jogos Olímpicos, Justiça Esportiva | Etiquetado: , | 3 Comments »

A guerra da comida

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 21 fevereiro 2008

O comitê olímpico dos EUA anunciou que vai levar sua própria comida para os Jogos de Pequim. A alegação é que a falta de controle agropecuário do país poderia levar algum atleta a dar positivo no exame antidoping ou mesmo a ficar doente.

O comitê organizador chinês, como esperado, reagiu com indignação. Disse que a comida não poderá entrar na Vila Olímpica, sob o argumento de que poderá contaminar o restante dos alimentos.

Assim, os atletas norte-americanos terão de sair de lá três vezes ao dia
da Vila para comer.

Posted in Jogos Olímpicos | Etiquetado: , | 16 Comments »

Olimpíada mascarada

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 14 fevereiro 2008

Pequim pode pagar o maior mico da história dos Jogos Olímpicos. As autoridades chineses descuidaram do combate à poluição, e pouca gente acredita que eles poderão cair a níveis razoáveis a tempo da abertura em 8 de agosto.

O Comitê Olímpico Britânico admitiu que pode liberar o uso de máscaras cirúrgicas para os atletas usarem durante as provas. Essas máscaras têm pouco efeito contra gases, mas barram a poluição particulada (é a que faz São Paulo ter aquela auréola amarelo-cinzenta, quando se chega de avião), que é muito mais concentrada em baixas altitudes e é especialmente alta em Pequim.

O Comitê Olímpico Internacional cogita realizar a maratona fora da cidade.

O multirecordista mundial Haile Gebrselassie, da Etiópia, ameaça boicotar a Olimpíada se não for tomada alguma medida.

Os chineses garantem que a problema será resolvido (será que vão evacuar a cidade por algumas semanas?).

Posted in Jogos Olímpicos | Etiquetado: , | 23 Comments »

De olhos bem fechados

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 7 fevereiro 2008

Enquanto o Brasil colocava seu time principal para enfrentar a Irlanda, a Argentina já começava a testar sua seleção olímpica. Com os três jogadores super-23, Demichelis, Mascherano e Riquelme, goleou a Guatemala por 5 a 0, nos Estados Unidos.

Por que Dunga e a CBF não fazem o mesmo? Depois vão dizer  que faltou tempo para a preparação.

Aliás, isso foi o que aconteceu também antes da Copa de 2006. Várias seleções fizeram os exames físicos e certos testes na paralisação de fim de ano e ganharam alguns dias na preparação para a Copa. O Brasil não fez e reclamou depois da derrota de falta de tempo.

Posted in Jogos Olímpicos, Seleção | Etiquetado: , | 13 Comments »

O herói anônimo

Posted by Marcelo Damato em domingo, 3 fevereiro 2008

O goleiro Diego foi um dos heróis do Atlético na conquista do Campeonato Mineiro. Logo no início do Brasileiro o Almería, time pequeno da primeira divisão da Espanha, fez uma proposta por ele. O Atlético, endividado, aceitou. Diego chegou como reserva e até teve de virar Diego Alves. Aos poucos foi se firmando, virou titular nos últimos oito jogos e já está há 437 minutos, quase cinco partidas, sem levar gol.

Neste sábado, na vitória sobre o Real Madrid, sua atuação foi considerada perfeita pelo site do jornal Ás.

Diego tem idade olímpica. Mas seu nome nem sequer entra nas discussões. Jogar fora do “eixo” é difícil mesmo.

Posted in Atlético-MG, Jogos Olímpicos, São Paulo | Etiquetado: | 4 Comments »

A verdade do Pan

Posted by Marcelo Damato em terça-feira, 29 janeiro 2008

“A grande lição do Pan é que precisamos fazer um melhor planejamento, antecipar tarefas para evitar surpresas de última hora e reduzir custos”, afirmou Orlando Silva, ministro do Esporte, nesta terça no Comitê Olímpico Internacional para tratar da candidatura para a Olimpíada de 2016.

Ou seja, Silva Jr. reconhece que no Pan o planejamento foi deficiente, deixaram coisas demais para a última hora e gastou-se além da conta.

Então por que diz: “Relatamos (ao COI) o grande sucesso dos Jogos Pan-Americanos, o legado que o Pan deixou para a cidade”?

*O título é uma homenagem a um blog que monitorou as notícias sobre o Pan do Rio

Posted in Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos | Etiquetado: , | 6 Comments »

Um time olímpico

Posted by Marcelo Damato em terça-feira, 22 janeiro 2008

A convocação de hoje mostra que Dunga já tem um time na cabeça para a Olimpíada

Renan (Inter) ; Rafinha (Schalke 04), Breno (Bayern de Munique), Alex Silva (São Paulo) e Marcelo (Real Madrid),  Hernanes (São Paulo), Lucas (Liverpool), Anderson (Manchester United) e Thiago Neves (Fluminense); Rafael Sobis (Bétis) e Alexandre Pato (Milan).

Exceto Alex Silva, machucado, todos foram convocados para o amistoso contra a Iranda, dia 6 de fevereiro, em Dublin (IRL).

Desses onze, apenas Renan, Breno, Thiago Neves e Alexandre Pato estiveram naquele amistoso do fim do ano, contra os “craques do Brasileiro”.

Posted in Jogos Olímpicos, Seleção | Etiquetado: , | 15 Comments »

Uma história do esporte -1

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 14 janeiro 2008

Uma inesperada batalha nos tribunais se arma às vésperas dos Jogos Olímpicos de Pequim. O sul-africano Oscar Pistorius, que tem as duas pernas amputadas abaixo dos joelhos, deve processar a Federação Internacional de Atletismo (IAAF),  que lhe negou o direito de competir na Olimpíada para atletas “normais”.

Um estudo científico encomendado pela IAAF concluiu que as pernas mecânicas usadas por Pistorius, conhecidas como “cheetah” (guepardo, em inglês), são mais rápidas que pernas humanas e portanto lhe dão uma vantagem indevida sobre os concorrentes. O anúncio da IAAF foi feito na tarde desta segunda-feira.

Essas pernas mecânicas têm um formato especial de mola e são usadas em competições de para-atletas. O próprio Pistorius participou do estudo, realizado numa universidade da Alemanha e bancado pela IAAF. O atleta argumenta que o resultado da pesquisa é inconclusivo sobre uma real vantagem a quem usa as pernas mecãnicas.

Posted in Jogos Olímpicos, Justiça, Tecnologia | Etiquetado: , , | 1 Comment »

Uma pergunta que não cala – 7

Posted by Marcelo Damato em terça-feira, 8 janeiro 2008

Por que o COB anunciou a Cidade do Rock como sede da Vila Olímpica caso o Brasil sedie os Jogos Olímpicos de 2016 se o mesmo local constava no projeto dos Jogos Pan-Americanos de 2007, mas teve de ser mudado por causa de barreiras julgadas intransponíveis?

Posted in Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos, Pergunta | Etiquetado: , | 2 Comments »

O governador do Rio desinforma

Posted by Marcelo Damato em terça-feira, 8 janeiro 2008

O governador do Rio, Sérgio Cabral Filho, disse nesta terça-feira que o Rio de Janeiro lidera as apostas nas casas de Londres para a disputa da sede dos Jogos Olímpicos de 2016. Esse fato não é verdadeiro, embora não seja possível agora saber se o governador está mal-informado.

Este blog visitou o site de 23 casas de apostas. Apenas duas, a Bet365 e a Paddy Power, aceitam apostas para a disputa da sede olímpica.

Ambas apontam a mesma ordem na preferência dos apostadores: Chicago (EUA), Rio de Janeiro, Tóquio (Japão), Madri (Espanha), Doha (Qatar), Baku (Azerbaijão) e Praga (República Tcheca).

É possível que existam outras casas de apostas, mas é improvável que nessas o Rio lidere. E daí dizer que o Rio é favorito vai uma distância enorme.

É importante salientar que o COB, por meio do coordenador técnico Marcus Vinicius Freire, o número 3 da organização, reafirmou a falsa liderança brasileira nas apostas e disse que Madri – que está em quarto – é a grande concorrente do Brasil.

O que é sabido é que o Brasil gastará R$ 100 milhões apenas nesta candidatura. Isso é quase o orçamento de um clube como o São Paulo e muito mais do que todos os atletas que têm bolsa do governo federal ganham juntos num ano.

Posted in Exclusivo, Jogos Olímpicos | Etiquetado: , , | 3 Comments »

A Olimpíada tira a máscara do Pan

Posted by Marcelo Damato em sábado, 5 janeiro 2008

O ministro do Esporte, Orlando Silva Júnior, disse que o projeto olímpico brasileiro deve se basear em dois pilares, a construção do “Veículo Leve sobre Pneus”, uma espécie de supercorredor de trólebus, e um plano de segurança, que segundo ele será muito melhor do que o do Pan.

Mas melhor como? Semanas antes da abertura do Pan, depois que todos os planejamentos já tinham sido mudados n vezes, foi anunciado que o plano de segurança seria o grande legado, que iria mudar para sempre a gestão da segurança na cidade, pelas novas técnicas e novos equipamentos utilizados. Mas a posição do ministro deixa claro que foi mais um engodo do Pan.

E a questão do trólebus é um tremendo contraste com o que foi anunciado para o Pan, a Linha 3 do metrô, que talvez nem tenha chegado ao papel, quanto mais saído dela.

A conclusão a que se chega é,  que por mais que se seja cético a projetos desses no Brasil, você sempre acaba fazendo papel de bobo.

Posted in Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos, Segurança | Etiquetado: | 3 Comments »