Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Archive for the ‘Libertadores’ Category

Mudança no Brasileiro

Posted by Marcelo Damato em quarta-feira, 12 março 2008

A CBF acabou com a última justificativa para que, do ponto de vista dos times brasileiros, a Libertadores e  a Sul-Americana, sejam disputadas em épocas diferentes.

A partir do Brasileiro deste ano, o campeão Brasileiro não mais vai disputar a Sul-Americana. Assim, abre-se a vaga, para o 12º – e até 13º e 14º, se um clube do país for campeão da Libertadores e o campeão da Copa do Brasil ficar entre os 12 primeiros.

A decisão é sensata, aumenta a emoção do Brasileiro, mas torna ainda mais esdrúxula essa história de disputar a Libertadores no primeiro semestre. É urgente que passe a ser no segundo, ao mesmo tempo que a Sul-Americana.

Como registro, fica que mais uma vez se mudou o regulamento do Brasileiro. A única vez em que este  foi igual ao do ano anterior foi em 2007.

Posted in CBF, Conmebol, Copa Sul-Americana, Libertadores | Etiquetado: | 15 Comments »

Moda inútil

Posted by Marcelo Damato em quarta-feira, 12 março 2008

Não é só no Brasil que estilista de roupa esportiva gosta de inventar moda

Na camisa do Chivas Guadalajara, o número da camisa, não fica centralizado, como se faz desde que se aplica esse modo de identificação. Os numerais são colocados do lado direito, embaixo do ombro. Quando o jogador é focalizado pelo lado esquerdo, é impossível identificá-lo.

Isso ficou claro na partida contra o Deportivo Cúcuta na madrugada desta quarta-feira.

Mas para que identificar? O melhor não é que fique diferente?

Posted in Libertadores, Marketing | Etiquetado: , | 12 Comments »

Parece filme

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 6 março 2008

A história de Palermo parece história de conto de fadas. O mocinho se estrepa a história inteira e vence no final.

Na Copa América de 1999, Palermo virou motivo de piada no mundo do futebol ao desperdiçar três cobranças de pênalti na partida contra a Colômbia. Em 2001, virou sinônimo de azarado, quando ao ir comemorar um gol com a torcida do Villareal (ESP), foi parcialmente soterrado pelo desabamento do muro do alambrado, que não agüentou o peso dos torcedores. Saiu dali para o hospital com fratura exposta.

Palermo jamais esteve perto de ser considerado um craque. Mas nunca desistiu de buscar seu lugar.

Nesta quinta (6), entrou para a história do Boca Juniors, como seu maior artilheiro em jogos oficiais.

Fez o terceiro do Boca sobre o Atlas (MEX), pela Libertadores. E o seu 181º com a camisa azul e ouro.

E o Boca? Bem, o Boca enrolou o Atlas a partida toda e  saiu de campo com uma goleada.

Posted in Libertadores | Etiquetado: , | 19 Comments »

A nova tradição rubro-negra

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 28 fevereiro 2008

Dois jogos seguidos, ambos importantes, duas vitórias, ambas por 2 a 1 e com gol no final. E também com uma mãozinha da arbitragem.

Contra o Cienciano, aliás, foi indiscutível.

Mudando um pouco de assunto, alguém acompanhou a reação do “Bebetón de Fleitas” do clube peruano?

O jornal esportivo do Peru já estrilou.

jornal-peruano.jpg

Posted in Flamengo, Libertadores | Etiquetado: | 33 Comments »

O xeque do axé

Posted by Marcelo Damato em sexta-feira, 15 fevereiro 2008

O Cruzeiro corre sério risco de não fazer no Mineirão seu principal jogo desta fase da Libertadores, no dia 3 de abril. É que haverá um show de Axé, nos dias 4 e 5. Os dias 1, 2 e 3 estão reservados para a montagem do palco.

O Cruzeiro, que sabe que precisa do Mineirão, falhou em acompanhar de perto o calendário de eventos extradesportivos do estádio, que é administrado pelo governo de Minas. Não é a primeira vez que acontece no Brasil.

O show está marcado há muito tempo. No sorteio dos grupos da Libertadores, o Cruzeiro já deveria ter pedido para não atuar em casa nessa data. Mas, não, só foi descobriro problema quando Inês já estava recebendo a extrema-unção.

Para salvá-la, há três possibilidade. A “mais fácil” seria inverter a ordem dos jogos com o San Lorenzo. O primeiro confronto entre os dois é na próxima quinta-feira na Argentina.  Em troca da vantagem esportiva de fazer o segundo jogo em casa, o San Lorenzo talvez aceite.

Outro possível caminho é inverter duas rodadas. Mas aí vai causar problemas para mais gente. As chances são muito menores.

O Cruzeiro tenta emplacar a terceira opção. Adiar a partida por uma semana, para o dia 10. Mas nesse caso, há que convencer as emissoras de TV que detêm os direitos internacionais. E, eventualmente, convencer os times que fariam o jogo da TV desse dia a atuar no dia 3.

Uma salada, enfim. E ninguém será responsabilizado, claro.

Posted in Cruzeiro, Gestão, Libertadores | 5 Comments »

Hoje é dia do Coronel

Posted by Marcelo Damato em quarta-feira, 13 fevereiro 2008

Bem, às 21h50, começa o primeiro jogo “importante” da Libertadores.

E, como já foi anunciado, este blog vai torcer pelo glorioso Coronel Bolognesi, do Peru. Nada contra o Flamengo. O Bolognesi, com esse nome que parece ter sido criado por um marqueteiro da antiga Alemanha Oriental, foi escolhido antes mesmo do sorteio dos grupos.

Posted in Libertadores | Etiquetado: | 48 Comments »

Unidos pelos baixios

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 11 fevereiro 2008

Flamengo, Fluminense, São Paulo e Cruzeiro assinam juntos um documento para ser levado ao Tribunal Arbitral do Esporte, a mais alta corte esportiva mundial, contra a realização de jogos a mais de 2.750 metros de altitude na Libertadores.

Só o Santos ainda não assinou.

Entre a choradeira do Flamengo e a fleuma são-paulina, prevaleceu a primeira.

Posted in Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Libertadores, São Paulo | Etiquetado: | 12 Comments »

Brincando de vidraça – 10

Posted by Marcelo Damato em sexta-feira, 8 fevereiro 2008

“Vamos simplesmente falar que não vamos jogar, porque é uma altitude criminosa… mas, se não tiver jeito e se não estivermos classificados, vamos ter de jogar.”

Zezé Perrella, vice de Futebol do Cruzeiro, dizendo qual será a “estratégia” do clube em relação ao jogo em Potosí, pela primeira fase da Libertadores. A partida está marcada para a última rodada da segunda fase, no dia 17 de abril.

Posted in Cruzeiro, Frases, Libertadores | Etiquetado: , | 5 Comments »

A ameaça era um blefe

Posted by Marcelo Damato em sexta-feira, 8 fevereiro 2008

O Flamengo não vai cumprir a promessa de nunca mais jogar em cidades de grande altitude. Depois de o Flamengo atuar em Potosí, Bolívia, na Libertadores do ano passado, o vice de futebol Kléber Leite disse que o clube preferia perder por W.O.  a expor os jogadores a  outra partida  em condições semelhantes.

A Fifa até deu uma decisão favorável ao Flamengo. Mas como na Libertadores quem decide é a Conmebol, jogos em Cuzco, La Paz, Potosí continuam.

Seria a hora de Kleber Leite manter sua promessa. Mas o cartola agora argumenta que uma decisão de um tribunal esportivo internacional iria demorar demais. Assim, o Flamengo irá a Cuzco enfrentar o Cienciano. Ou seja, a ameaça da de dar W.O. era mesmo um blefe.

Posted in Flamengo, Libertadores | Etiquetado: | 12 Comments »

Uma outra mãozinha da tabela

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 27 dezembro 2007

Dos cinco times brasileiros que vao disputar a Libertadores, o São Paulo é que sofrerá menos desgaste viagens no Campeonato Brasileiro durante o período da competição sul-americana, segundo a tabela divulgada ontem pela CBF.

O segundo jogo da final da Libertadores está marcado para o dia 2 de julho, três dias depois da oitava rodada do Brasileiro.

Nessas oito rodadas, o São Paulo é a única equipe entre as cinco que não terá feito nenhuma viagem de mais de 800 km. Os quatro jogos do Tricolor paulista fora do Morumbi serão todos em estados vizinhos ou no próprio, contra Santos, Cruzeiro, Flamengo e Atlético-PR.

O time que mais vai penar, com cinco jogos fora de casa nessas oito rodadas, é o Santos. Fará viagens ao Rio, (duas vezes), Salvador, São Paulo e Belo Horizonte. O Cruzeiro terá apenas três jogos fora, mas nenhum em seu estado e um na Bahia.

Outro ponto dessa tabela é que dos dez possíveis confrontos entre as cinco equipes que disputam a Libertadores, sete acontecerão nessas oito rodadas (e apenas três nas 11 rodadas finais do turno).

Assim, aumenta a chance de haver,, como em anos anteriores na Sul-Americana, dois confrontos seguidos entre as mesmas equipes, um válido por cada competição.

Posted in Flamengo, Fluminense, Libertadores, Santos, São Paulo | Etiquetado: | 8 Comments »

Viva o Coronel Bolognesi

Posted by Marcelo Damato em quarta-feira, 19 dezembro 2007

Um time já tem minha simpatia na primeira fase Libertadores: o estreante Coronel Bolognesi, do Peru.

Que maravilha de nome. Você pensa no time e já fica com fome. Só faltava o patrocinador ser uma marca de macarrão.

Serão os seis maiores jogos de sua história. Apenas seis, claro.

O time peruano, da cidade de Tacna, é dirigido por Reynoso, que joga na seleção peruana e tem no elenco um Mario Soto, um Chumpitaz e um Uribe. Possui um estádio de 25 mil pessoas.

O Coronel Bolognesi está no grupo 4, ao lado de Flamengo e Nacional (URU). O quarto time sairá de um confronto entre Cienciano (PER) e Wanderers (URU).

Posted in Libertadores | Etiquetado: | 7 Comments »