Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Archive for the ‘Post do leitor’ Category

Carta de Anselmo da Costa

Posted by Marcelo Damato em quarta-feira, 5 março 2008

“Boa tarde, sr. MARCELO,

“Se trabalhar com honestidade neste país seja sinonimo de prejuizo, considero que o nosso lema nao seja dignidade.Se profissionalismo iniciasse com honestidade, carater e dignidade, entao não existe profissionalismo no meio do futebol, infelizmente.
Sou coordenador do curso de arbitragem no Instituto WANDERLEY LUXEMBURGO, no qual em um sistema inovador, vai levar cultura e futuras possibilidades de emprego a milhares de pessoas no BRASIL e no MUNDO, pois ja existem franquias fora do país. Se fui escolhido a administrar o CURSO ARBITRAGEM, 1. sou capacitado, 2. tenho experiencia , 3. sou idoneo.

“E com relaçao a instituiçao, sempre fui claro e, por etica, solicitei para nao ser escalado em jogos no referido treinador. POR ETICA, pois por profissionalismo e carater, poderia eu apitar jogos de meu pai que seria o mesmo , pois dignidade e honestidade NAO SE COMPRAM.
Nada foi obscuro eu feito as escondidas, 1. por que nao sou sujo, 2. SOU ARBITRO há MAIS DE 12 ANOS SEM NADA CONTRA. Apitei final de Campeonato Paulista, semi de copa do brasil, semi de brasileiro, fui aspirante a FIFA, TENHO no curriculo mais de 700 jogos profissionais, enfim uma vida dedicada a arbitragem, qual o mal em externar estas experiencia dando a outros novos rumos?? sera que dignidade é voce trabalhar honestamente?? ou teremos que ter outros EDILSON, onde o sujo é inaltecido neste PAÍS.”

Comentário do blogueiro: Caro sr Anselmo. Obrigado por sua mensagem. Agradeço à deferência. Espero receber outras.
Este blog não faz considerações acerca das qualidades pessoais de ninguém, nem para o bem, nem para o mal. Mas vê um evidente conflito de interesses em um árbitro ser funcionário da empresa de qualquer pessoa ligada ao futebol ou manter relação comercial de qualquer tipo. Não haveria nenhum problema em você ser professor do IWL se o seu proprietário nao fosse um profissional do futebol.
Em algumas carreiras, há regras claras sobre os limites dos relacionamentos que um profissional pode manter. Por exemplo, magistrados não podem ter atividade remunerada de nenhum tipo, exceto o magistério, e nunca não podem atuar em nenhum caso em que pessoas ligadas a ele, mesmo que lateralmente, tenham interesse na decisão.
Quando não há regras claras, a situação sempre fica à mercê do juízo moral, que é sempre lamentável. Hoje, por exemplo, revelou-se que o Unibanco, uma das empresas mais fiscalizadas pela Receita Federal, contribuiu com R$ 30 mil para a festa de fim de ano dos auditores.
Este blog, repito, não faz juízos morais. Procura ater-se aos fatos. Se o senhor fosse árbitro da federação de outro estado, ou melhor, se não atuasse nos campeonatos em que Vanderlei Luxemburgo participa, este blog não veria problema nenhum. Mas não foi o que aconteceu.
Por fim, o senhor fez uma afirmação da maior gravidade. Se a sua situação já era do conhecimento do presidente da comissão de arbitragem, Marcos Marinho, é evidente que ele deveria ser igualmente afastado. Mas essa é obviamente uma questão em que o sr. Marinho precisa se manifestar.

Atualização: Marcos Marinho diz que foi procurado por Anselmo da Costa quando este tinha recebido o convite para trabalhar no IWL, mas ainda não tinha aceito. Nesse momento, não colocou nenhum objeção. Quando a situação se formalizou, Marinho disse ao árbitro que escolhesse o apito ou o magistério.

Posted in Arbitragem, Post do leitor | Etiquetado: | 30 Comments »

Escândalo em Minas derruba um

Posted by Marcelo Damato em terça-feira, 4 março 2008

Por Nélson Jr, de Uberlândia*

O presidente da Comissão de Arbitragem da Federação Mineira de Futebol, Lincoln Afonso Bicalho, pediu, nesta segunda-feira, afastamento do cargo por tempo indeterminado. José Eugênio, secretário da Comissão de Arbitragem, assume em seu lugar.
Bicalho havia sido denunciado por três dos sete árbitros afastados por superfaturarem passagens aéreas. Eles acusam Bicalho de irregularidades no contrato com uma empresa fornecedora de material esportivo dos árbitros mineiros, além da apropriação indevida de recursos da pré-temporada dos árbitros e a possível utilização de uma conta particular para arrecadar fundos para os treinamentos. Também o acusam de pressionar a arbitragem.

Os jornais de Minas Gerais dizem que Bicalho quer ocupar cargo na Comissão Nacional de Arbitragem, até já foi ao Palácio da Liberdade várias vezes pedir ao governador Aécio Neves interceder junto ao presidente da CBF, Ricardo Teixeira.

* com edição do texto deste blog.

Comentário do blogueiro:  Hoje falei com o presidente da comissão nacional de arbitragem, Sérgio Correa, que qualificou a denúncia dos árbitros afastados como algo de menor importância e restrito a Minas Gerais, apesar de potencialmente árbitros que participariam desse suposto esquema poderem apitar no Brasileiro.

Posted in Arbitragem, CBF, Post do leitor | Etiquetado: , | 10 Comments »

“No dia 18, o Corinthians vai mudar”

Posted by Marcelo Damato em sexta-feira, 29 fevereiro 2008

Por Domingos Neto

Nesta quinta feira foi definida junto ao Cori e o Presidente do Conselho Deliberativo do Corinthians, sr Carlos Senger, a data da reunião que vai definir o novo estatuto do S.C. Corinthians Paulista.

Será no dia 18 de março , com votação aberta e com alguns pontos a serem discutidos como a eleição direta (voto do associado) ou indireta (voto dos conselheiros) para presidente do clube, quantidade de conselheiros e algumas outras questões que devem ser definidas nesta data.

Foi discutido também se a decisão do Conselho sobre o estatuto deverá ser submetida à assembléia geral de sócios. O conselheiro e vice-presidente do Conselho , sr Alexandre Husni , é um dos defensores de que o conselho é quem deve decidir e não os associados do clube através da assembléia.

Mas essa questão também deve ser decidida no conselho em votação , apesar de que já existe o interesse de alguns conselheiros, caso seja aprovado o estatuto da eleição indireta, de até entrar na Justiça fazendo valer o que foi decidido no conselho .

Minha opinião : Além de ser a favor da eleição direta para presidente e ser a favor da democracia no clube , acho que caso o conselho aprove a eleição indireta, com certeza deve ter assembléia geral para o associado que é contribuinte do clube, mais que certos conselheiros que ganharam carteirinha de vitálicio e título remido da gestão anterior e pouco frequentam as dependencias do PSJ.

O associado precisa ser consultado e para isso deve ter a assembléia geral , seja qual o estatuto aprovado pelo conselho .

Texto originalmente postado em http://donineto.wordpress.com.

Caro Domingos, Minha opinião é a mesma que a sua. Sou a favor do máximo de democracia e completamente contra qualquer tipo de sócio remido – exceto em dois casos, pessoas de reconhecida e duradoura contribuição ao clube e pessoas que tenham feito doações substanciais, bem acima do que pagariam como sócias até o fim da vida.

Como os sócios remidos têm direito adquirido, defendo que a diretoria deveria conversar com cada um para que eles voltassem à situação de sócio contribuinte -e sendo ressarcidos, claro, do que pagaram a mais por esse título.

Posted in Corinthians, Post do leitor | Etiquetado: | 3 Comments »

“As maiores torcidas do mundo”

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 18 fevereiro 2008

Por EMERSON FIGUEIREDO

Recebi este levantamento tempos atrás:

As 10 maiores torcidas do mundo. Alguns países, como a Alemanha, não estão contidos na pesquisa, por isso algum time com uma grande torcida pode estar de fora.

1) Flamengo (Rio de Janeiro, Brasil) – 28.319.021
2) Corinthians (São Paulo, Brasil) – 24.543.152
3) América (Cidade do México, México) – 18.369.447
4) Chivas (Guadalajara, México) – 17.385.370
5) São Paulo (São Paulo, Brasil) – 15.103.478
6) Boca Juniors (Buenos Aires, Argentina) – 14.663.740
7) River Plate (Buenos Aires, Argentina) – 11.832.622
8.) Juventus (Turim, Itália) – 11.040.000
9) Olympique (Marselha, França) – 10.142.736
10) Lyon (Lyon, França) – 9.508.815

Eis as maiores torcidas dos países encontrados até agora:

Angola
1) Petro Atlético (Luanda) – 4.641.158 (6)
2) Primeiro de Agosto (Luanda) – 4.313.975 (6)
3) ???

Argentina
1) Boca Juniors (Buenos Aires) – 14.663.740 (3)
2) River Plate (Buenos Aires) – 11.832.622 (3)
3) Independiente (Avellaneda) – 1.996.301 (3)

Brasil
1) Flamengo (Rio de Janeiro) – 28.319.021 (1)
2) Corinthians (São Paulo) – 24.543.152 (1)
3) São Paulo (São Paulo) – 15.103.478 (1)

Chile
1) Colo Colo (Santiago) – 5.198.945 (10)
2) Universidade do Chile (Santiago) – 2.274.538 (10)
3) Universidade Católica (Santiago) – 2.112.071 (10)

Escócia
1) Rangers (Glasgow) – 1.430.000 (8)
2) Celtic (Glasgow) – 1.406.000 (8)
3) Hearts (Edimburgo) – 398.000 (8)

Espanha
1) Real Madrid (Madri) – 5.206.000 (4)
2) Barcelona (Barcelona) – 4.836.000 (4)
3) ???

França
1) Olympique (Marselha) – 10.142.736 (5)
2) Lyon (Lyon) – 9.508.815 (5)
3) Paris Saint-Germain (Paris) – 3.169.605 (5)

Grécia
1) Olympiacos (Atenas) – 3.125.724 (9)
2) Panathinaikos (Atenas) – 2.923.032 (9)
3) AEK (Atenas) – 1.418.884 (9)

Inglaterra
1) Manchester United (Manchester) – 4.209.000 (8)
2) Liverpool (Liverpool) – 3.133.000 (8)
3) Arsenal (Londres) – 2.652.000 (8)

Itália
1) Juventus (Turim) – 7.549.882 (4)
2) Milan (Milão) – 6.201.689 (4)
3) Internazionale (Milão) – 4.314.218 (4)

México
1) América (Cidade do México) – 18.369.447 (2)
2) Chivas (Guadalajara) – 17.385.370 (2)
3) Cruz Azul (Cidade do México) – 8.200.646 (2)

Portugal
1) Benfica (Lisboa) – 4.737.379 (7)
2) ???
3) ???

Uruguai
1) Peñarol – 1.458.451 (11)
2) Nacional – 1.134.351 (11)
3) ???

(1) Fonte: Time de interesse dos brasileiros / grau de interesse por futebol. Datafolha, setembro de 2006. Total de torcedores considerando a população estimada pelo IBGE em 07/05/2007.

(2) Fonte: Fútbol en México – El deporte más popular. Consulta Mitofsky, setembro de 2004. Total de torcedores considerando a população estimada pelo U.S. Census Bureau em 07/05/2007.

(3) Fonte: Estudio sobre adhesiones a equipes de fútbol – Total país. Equis Investigación Social, março de 2006. Total de torcedores estimado considerando a população estimada pelo U.S. Census Bureau em 07/05/2007.

(4) Fonte: Calcio, va di moda tifare contro. La Reppublica, 24 de agosto de 2007. Total de torcedores estimado considerando a população estimada pelo Istituto Nazionale di Statistica em dezembro de 2006.

(5) Fonte: Le club de football préféré des Français. Ipsos, março de 2006. Total de torcedores considerando a população estimada pelo Institut National de la Statistique et des Études Économiques (Insee) em 01/01/2007.

(6) Fonte: Futebol: diário destaca recepção da seleção nacional do país. Angola Press, junho de 2006. Total de torcedores considerando a população estimada pelo U.S. Census Bureau em 07/05/2007.

(7) Fonte: Benfica: 6 milhões de adeptos em Angola e Moçambique, 14 milhões no mundo. Mais futebol, abril de 2005.

(8) Fonte: Chelsea climbing the popularity table but Man U still the team to beat. Roy Morgan, maio de 2006.

(9) Fonte: Wikipedia – Popularity of Greek clubs. Metron Analysis, fevereiro de 2005. Total de torcedores considerando a população estimada pelo U.S. Census Bureau em 07/05/2007.

(10) Fonte: Estudio de opinión pública – “Fútbol, pasión de multitudes”. Fundación Futuro, junho de 2006. Total de torcedores considerando a população estimada pelo U.S. Census Bureau em 07/05/2007.

(11) Fonte: Peñarol no es la mitad más uno. Factum – La Opinión Pública, outubro de 2006. Total de torcedores considerando a população estimada pelo Instituto Nacional de Estatística Uruguai (INE) em abril de 2005.

Comentário do blog: Emerson,  alguns númros parecem bem esquisitos, especialmente o do Real Madrid, que tem torcida na Espanha toda. E certamente os valores se referem apenas à torcida dentro de seu próprio país, o que joga fora o esforço de muitos clubes europeus de popularização em outros países. Mas, para iniciar um debate, é bem válido. Vou comprar uns 200 metros de pano para manga e já volto, hehehe Abraço

Posted in Post do leitor, torcida | Etiquetado: | 63 Comments »

“Férias forçadas”

Posted by Marcelo Damato em sábado, 9 fevereiro 2008

POR RUBENS LEME

Pedi que Marcelo publicasse isso no blog dele, embora tenha o meu pessoal. A razão é que o meu não é mais para futebol. Eu tinha dito a ele que se o Palmeiras assinasse com… bem… com o malabarista de circo de segunda classe, tiraria uma licença de torcer pro meu time. Vou cumprir.

Tirar licença não significa trocar de time. Não sou vira-casaca, odeio quem trai a si mesmo, antes de tudo. Quem passou pelas privações de ser palmeirense nos últimos 30 como passei, não iria agora fazer tal insanidade.

Mas cansei. Canse de ver coisas absurdas em um time que aprendi a amar há mais de 30 anos. E olha que as humilhações foram inúmeras. Derrota de 6×1 para o Santos com dois gols de Serginho II; gol de calcanhar de Mário Sérgio, 5×1 do Corinthians, com três gols de Casagrande; derrotas para XV de Jau e ASA, título paulista para a Inter, etc…

Esse último, aliás, escapou de ser pior não fosse o meu pai – corintiano – sair de rifle em punho quando vinte amigos meus saíram de uma festa direto até minha casa com  o propósito de me sacanearem. Enfurecido por ter sido acordado pelo barulho da campainha e pelos murros no portão, o cirurgião-ortopedista abriu o portão com ódio, engatilhou a arma e mandou “o que vocês querem com o meu filho?”. Imaginem o medo deles. E o meu orgulho.

Mas o amor também nos trai e quando isso acontece é preciso um tempo para nos recuperarmos. Onde fui que errei? Não sei. Onde foi que a outra parte errou? Essa resposta não cabe a mim.

O que cabe a mim é um protesto silencioso. Não vou xingar, berrar, apenas fazer greve. Não ouvirei e assistirei a jogos do meu time, ganhe ou perca; seja campeão ou não. O Palmeiras hoje, é  algo que me entristece.

Maiakóvski disse que sem forma revolucionária não há arte revolucionária. O meu gesto não vai revolucionar nada, mas pode revolucionar a forma com a qual sinto e penso o futebol. Não sou o primeiro a entrar em licença; meu pai fez isso quando Edmundo foi pro Corinthians, em 96, e acho que até o Marcelo fez isso no mesmo período. Não estou copiando ninguém. Estou mostrando meu repúdio apenas.

Denílson é muito para quem sempre amou futebol. O futebol não é mais o futebol que aprendi a amar e acho que, se fosse menino hoje, dificilmente me ligaria ao esporte por falta de referenciais e exemplos.

A “greve” começa hoje. Continuarei participando do blog, mas não com a mesma paixão. Coisas do futebol.

Comentário do blog: Rubens, não há como negar que você tenha motivos para fazer o que fez. Ainda mais depois da declaração do Denílson de que, se fizer gols contra o São Paulo, não vai comemorá-los.

Posted in Palmeiras, Post do leitor | Etiquetado: , | 29 Comments »