Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Archive for the ‘Técnico’ Category

Anote no caderninho – 11

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 17 março 2008

“Iremos para a final do Paulistão e o São Paulo é perigoso quando chega.”

 Muricy Ramalho, técnico do São Paulo 

Posted in Anote, Estaduais, São Paulo, Técnico | Etiquetado: | 63 Comments »

Brincando de vidraça – 16

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 13 março 2008

“É uma pena que eu só possa fazer três (substituições). Se eu pudesse, trocava dez.”

Renato Gaúcho, técnico do Fluminense, em entrevista coletiva após o empate de sua equipe contra o Resende.

Posted in Fluminense, Frases, Técnico | Etiquetado: | 12 Comments »

Anote no caderninho – 9

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 13 março 2008

“O basquete do Brasil vai aos Jogos Olímpicos”

Moncho Monsalve, novo técnico da seleção masculina de basquete, prometendo a vaga para Pequim e tentando acabar com a desconfiança da torcida brasileira na equipe. 

Posted in Basquete, Esportes, Técnico | 12 Comments »

A bronca – 2

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 13 março 2008

“Ele tentou cumprir o papel dele, mas não cumpriu. O Carlos Alberto jogou bem do meio para frente. Para trás, deixou a desejar.”

Muricy Ramalho, técnico do São Paulo

Posted in Frases, São Paulo, Técnico | Etiquetado: , | 10 Comments »

Brincando de vidraça – 15

Posted by Marcelo Damato em sexta-feira, 7 março 2008

“Quem determina que o treinador precisa ficar indo e voltando nunca jogou futebol. Esta regra é uma verdadeira palhaçada.”

Renato Gaúcho, técnico do Fluminense, protestando contra a aplicação da regra que proíbe os técnicos de ficarem o tempo todo à beira do campo. A regra existe no mundo há mais de dez anos e apenas no Brasil se tolerava que fosse burlada. Ao contrário do Brasil, um número enorme de dirigentes na Europa, inclusive vários que fazem parte dos comitês da Fifa, foram atletas profissionais.

Posted in Fifa, Fluminense, Técnico | Etiquetado: | 5 Comments »

Leandro x Eurico – round 3

Posted by Marcelo Damato em domingo, 2 março 2008

O advogado de Leandro Amaral, Heraldo Panhoca, vai acionar a Justiça para tentar derrubar a sentença que devolveu Leandro Amaral ao Vasco.

O advogado afirma que a decisão fere a lei em pelo menos dois pontos: manda cancelar um contrato quando ainda cabia recurso nesse processo e obriga o jogador a voltar ao Vasco, o que contrariaria a liberdade de trabalho prevista na Constituição – segundo o argumento, o juiz só poderia obrigar Leandro a pagar a multa, nada mais.

Panhoca diz que seu cliente tem todas as chances de ganhar e espera que ele volte ao Flu antes das semifinais da Taça Rio.

Posted in Técnico | Etiquetado: | 4 Comments »

O bandeirinha agradece

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 28 fevereiro 2008

A nova postura de alguns técnicos nas partidas de ontem, ficando bem próximos aos bancos e não na beira do campo não é coincidência.

Com mais de quatro anos de atraso, a CBF finalmente determinou que os treinadores não podem ficar o tempo todo no limite da área técnica. Não precisam ficar sentados no banco de reservas, mas têm de ficar junto a eles.

Na partida contra o Cene, do banco mesmo, Vanderlei Luxemburgo gritou o tempo todo. Em certo momento falou tanto palavrão que a Band cortou o som de seu microfone.

Posted in CBF, Fifa, Técnico | Etiquetado: | 84 Comments »

O mecenas do Carnaval

Posted by Marcelo Damato em terça-feira, 26 fevereiro 2008

A revelação de que Vanderlei Luxemburgo apóia financeiramente o Carnaval da Torcida Jovem do Santos é mais um pepino para o homem que diz ser uma pessoa ética.

E seu assessor, Luiz Lombardi, na tentativa de aliviar para o chefe, encrencou-o ainda mais, ao dizer que ele já contribuiu para a Mancha Verde e Gaviões da Fiel.

Com a revelação fica claro o que Leão quis dizer que se sabe “quando o protesto vem do coração e quando vem do bolso”. Os diretores da Torcida Jovem negam que uma coisa tenha a ver com a outra, sabem “separar as coisas”.

Mas, como em tantos casos, quando uma coisa é feita sem transparência, quando ela vem a público, fica mais difícil mostrar que não existe má intenção.

Posted in Técnico, torcida | Etiquetado: , , , | 24 Comments »

um árbitro na fogueira

Posted by Marcelo Damato em sábado, 23 fevereiro 2008

O técnico Vanderlei Luxemburgo fez, ainda que em tom relaxado, uma acusação gravíssima contra o árbitro Paulo Roberto Ferreira. Esse é o tipo de acusação que exige uma punição séria, para o árbitro ou para o técnico.

Luxemburgo disse que o árbitro tentou vender-lhe apólices de seguro. Ele afirma que não comprou porque já tem um corretor de sua confiança.

Se Paulo Roberto Ferreira vende apólices para profissionais do futebol, ele precisa ser expulso imediatamente do quadro de árbitros. É inadmissível que um árbitro mantenha relação econômica com dirigentes, jogadores, técnicos ou qualquer pessoa ligada formalmente a um clube.

Se ele não faz isso, Luxemburgo ultrapassou e muito qualquer limite.

Posted in Arbitragem, Fed Paulista, Palmeiras, Técnico | Etiquetado: , | 10 Comments »

Roteiro de uma demissão

Posted by Marcelo Damato em sexta-feira, 22 fevereiro 2008

Alfredo Sampaio é presidente do Sindicato dos Atletas Profissionais do Rio há mais de dez anos. O fato de estar nesse cargo e ter uma boa relação com Eurico Miranda já diz muita coisa dele. Em 1998, fez o sindicato dar uma grande mão a Eurico ao forçar o adiamento de um jogo do Vasco, como o cartola queria. Foi por essa e outras que acabou nomeado técnico-tutor de Romário no fim de 2007 e sobreviveu a saída do Baixinho.

Mas Alfredo está queimando seus cartuchos. Em primeiro lugar, se atritou com o preparador físico. Venceu – o rival saiu -, mas perdeu pontos. Em segundo, se queimou com o próprio Eurico, ao criticar a excursão a Dubai. Tal como frei Leonardo Boff na disputa com o então cardeal Ratzinger (hoje, papa), foi condenado condenado pelo papa do Vasco ao “silêncio obsequioso”: não pode dar entrevistas.

Agora, briga com Edmundo, o protegido de Eurico depois da saída de Romário. Desse jeito, Alfredo não vai durar muito.

Posted in Técnico, Vasco | Etiquetado: , | 9 Comments »

Uma pergunta que não cala – 14

Posted by Marcelo Damato em sábado, 16 fevereiro 2008

Quando Renato Gaúcho dirá após uma derrota que o erro foi dele e não dos jogadores?

Posted in Estaduais, Fluminense, Pergunta, Técnico | Etiquetado: , | 12 Comments »

Brincando de vidraça – 13

Posted by Marcelo Damato em sábado, 16 fevereiro 2008

“Jogadores jogam e dirigentes comandam. Aqui no Grêmio tem hierarquia.”

Paulo Pelaipe, diretor de futebol do Grêmio, reagindo às críticas do volante Eduardo Costa contra a demissão do técnico Vagner Mancini, que teve a cabeça cortada depois de seis jogos com um aproveitamento de 78%.

Posted in Frases, Grêmio, Técnico | Etiquetado: , , | 12 Comments »

Explique, se puder

Posted by Marcelo Damato em sexta-feira, 15 fevereiro 2008

Fim do treino do Flamengo. Tudo tranqüilo. O técnico Joel Santana deixa o campo de bom humor, a caminho da entrevista coletiva. Antes dá uma parada para tomar um café. Quando está bebendo do copinho, vê um fotógrafo mirando para ele. Joel se descontrola, atira o café no chão e parte na direção do fotógrafo, reclamando em altos brados.

Tomar café virou ato pudico?

Posted in Flamengo, Técnico | Etiquetado: | 7 Comments »

O boi de piranha

Posted by Marcelo Damato em sexta-feira, 15 fevereiro 2008

Vagner Mancini foi demitido do Grêmio. Sua campanha: seis jogos, quatro vitórias e dois empates. Nenhuma derrota. E a diretoria disse que seu trabalho não ia bem.

Mas a diretoria não ajudou. Primeiro, desmanchou a equipe do ano passado. Depois, demorou para trazer reforços. Com essa diretoria, o ano promete

Posted in Gestão, Grêmio, Técnico | Etiquetado: | 18 Comments »

Serial Killer – 1

Posted by Marcelo Damato em terça-feira, 12 fevereiro 2008

Interferi no passado diversas vezes. Interferi com Renato Gaúcho, Celso Roth em favor do Romário, para dizer que o Romário tinha que jogar porque tínhamos um projeto do gol 1.000. Todos eles (treinadores) sabiam disso. Para isso, não é interferência.

Eurico Miranda, executando quatro numa tacada só: Romário, Renato, Roth e ele próprio.

Posted in Frases, Técnico, Vasco | Etiquetado: , , | 16 Comments »

Brincando de vidraça – 12

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 11 fevereiro 2008

Todo técnico sonha em chegar à Seleção, isso eu já alcancei. Não posso dizer que não gostaria de voltar, mas uma das minhas virtudes é a ética. Só retornaria se fosse para assessorar o atual técnico ou se realmente aparecesse a vaga

Vanderlei Luxemburgo, técnico do Palmeiras na inauguração do Instituto Wanderley Luxemburgo (não, esse não é mais um erro de digitação deste blogueiro)

Posted in Frases, Seleção, Técnico | Etiquetado: | 8 Comments »

Prazo para Luxemburgo

Posted by Marcelo Damato em sexta-feira, 8 fevereiro 2008

Três jogos. Esse é o prazo que a diretoria do Palmeiras vai esperar para o Palmeiras embalar no Paulista. Se isso não acontecer, a cobrança em cima de Luxemburgo vai mudar de tom.

Após uma comissão técnica barata em 2007, o Palmeiras decidiu fazer um grande investimento  para conquistar seu primeiro título neste século – Série B à parte. A diretoria considera que atendeu a rigorosamente a todos os pedidos do “homem que não nasceu para perder”.

E não aceita nada menos do que o título. Mas o discurso é de confiança. Assim, como o técnico, avaliam que o time jogou bem na quarta-feira, apesar de goleada sofrida para o Guaratinguetá.

Posted in Gestão, Palmeiras, Técnico | Etiquetado: | 10 Comments »

Uma frase inesquecível – 2

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 7 fevereiro 2008

“O futebol é muito tentador quando o resultado não vem.  Todo mundo é bom nessa hora. Mas a realidade é outra.”

Mano Menezes, cobrando publicamente que o presidente do Corinthians, Andrés Sánchez, freie seu ímpeto de contratações e só contrate quem for realmente de qualidade.

Posted in Corinthians, Técnico | Etiquetado: , | 11 Comments »

O caso Romário – 2

Posted by Marcelo Damato em quarta-feira, 6 fevereiro 2008

Romário teve toda a razão em não aceitar interferência no seu trabalho.

Mas será que ele se lembrou que várias vezes usou seu prestígio junto a diretores para impor interferências no trabalho de seus treinadores?

Posted in Gestão, Técnico | Etiquetado: | 12 Comments »

O caso Romário – 1

Posted by Marcelo Damato em quarta-feira, 6 fevereiro 2008

Acho que nunca vi tantas polêmicas independentes entre si caberem numa frase como “Romário pediu demissão ao receber da diretoria do Vasco ordem para escalar Alan Kardec, para que ele fosse vendido ao PSG”

Vou tratar uma em cada post

A deste é: como fica o contrato de jogador profissional entre Romário e o Vasco? Quem pediu demissão foi o Romário treinador, que não tinha contrato com o Vasco. O Romário jogador, se quiser ir embora, terá que pagar a multa. Ou Eurico vai deixá-lo ir?

Atualização: pelo jeito, Eurico amarelou. Ou já tinha amarelado antes e deixou o contrato sem multa.

Posted in Contrato, Técnico, Vasco | Etiquetado: | 3 Comments »

Era só um passatempo…

Posted by Marcelo Damato em terça-feira, 5 fevereiro 2008

Nessa eu errei feio. Apostava que Romário poderia ter uma boa carreira como técnico, desde que agüentasse a rotina. Mas Romário nem estava pensando nisso. Ser técnico era apenas uma forma de ficar em atividade até o final do contrato.

Romário declarou que no dia 30 de março, quando acaba seu comprimisso com o Vasco, vai deixar também de ser técnico do time. Não se interessa em assinar um novo contrato, para ficar exclusivamente no banco.

“Não dá mais não. Depois do dia 30, eu paro. Nem como treinador.”

Não definiu o que vai fazer, mas faz tempo que a Globo o sonda para ser comentarista. A Band também tem o mesmo objetivo, mas Romário já sinalizou que, se adotar essa nova profissão, irá para a emissora com mais audiência.

Posted in Técnico | Etiquetado: | 9 Comments »

O rei indeciso

Posted by Marcelo Damato em terça-feira, 5 fevereiro 2008

Luxemburgo está levando 24 jogadores para São José do Rio Preto, onde enfrenta o Guaratinguetá nesta quarta-feira. Não, não é erro de digitação. São 24 mesmo. São mais do que dois times completos. Além dos 18 que entrarão em campo, como titulares os reservas, mais seis.

Compare esse grupo com alguns elencos : Barcelona: 24 jogadores, Real Madrid, 25, Milan, 29, Juventus, 24.

Tirando dois, goleiros, Luxemburgo está levando 22 jogadores para dez posições. E a diretoria do Palmeiras aceita.

Posted in Estaduais, Palmeiras, Técnico | Etiquetado: , | 25 Comments »

Um recorde para esquecer

Posted by Marcelo Damato em sábado, 2 fevereiro 2008

O técnico holandês Ronald Koeman quebrou um recorde histórico. Ele tem o pior início de trabalho de um técnico substituto da história da Liga Espanhola, criada na temporada 1928/29.

Na Espanha essa estatística é feita levando em conta os dez primeiros jogos e a variação na tabela. Quando assumiu o Valencia, após 11 rodadas, o clube estava em quarto lugar, com 21 pontos, a quatro do líder Real Madrid.

Dez jogos depois, o Valencia está em 11º, com 27 pontos a 22 do líder. Isso mesmo, o Real Madrid aumentou sua vantagem em 18 jogos no intervalo de dez partidas.

Doz dez jogos, Koeman venceu um, empatou três e perdeu seis. A vitória foi logo na estréia. A última vez que o Valencia ficou nove jogos sem vencer foi há 13 anos.

Dois jogos, após sua chegada afastou algumas das estrelas do time, como o goleiro Canizares.

Posted in Europa, Técnico | Etiquetado: , | 5 Comments »

A derrota do senhor do destino

Posted by Marcelo Damato em sábado, 2 fevereiro 2008

O homem que não nasceu para perder perdeu mais uma. Luxemburgo comandou o Palmeiras à sua segunda derrota seguida no Paulista.

Das últimas quatro temporadas, esta, a que tem de longe o técnico mais caro, é a que registrou esse feito negativo mais cedo. Em 2005 a primeira dupla derrota ocorreu no final de fevereiro. Em 2006, no final de março. Em 2007, com Caio Júnior, apenas no final de junho. E em todo ano passado, aconteceu apenas mais três vezes, duas delas nas últimas cinco partidas do Brasileiro, razão da eliminação do time na Libertadores.

Mas, se perder mais uma, o Palmeiras de Luxemburgo registrará um fato negativo que não ocorre desde meados de 2006.

E uma pergunta não cala: como o homem que não nasceu para perder pretende cumprir sua promessa, formulada com todas as letras, de fazer o Palmeiras campeão sem nem consegue acumular pontos?

Além disso, não custa nada lembrar o que ele disse sobre a Mancha Verde: “quando as vitórias vierem, os protestos vão acabar”. É esperar para ver. E, pelo jeito, esperar mesmo.

Posted in Palmeiras, Técnico | Etiquetado: , | 14 Comments »

Cuca, o libertador

Posted by Marcelo Damato em sexta-feira, 1 fevereiro 2008

A decisão do técnico Cuca de acabar com a concentração no Botafogo para os jogos no Rio está tendo uma boa repercussão. Tem recebido elogios, mesmo de atletas, que ao longo dos anos sempre defenderam a concentração dizendo que não tinham responsabilidade suficiente. Os dirigentes também não reclamam, pensando na economia que farão com hotéis e alimentação. A medida pode começar a valer nesta noite.

Posted in Botafogo, Técnico | Etiquetado: , | 6 Comments »