Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Posts Tagged ‘Caio Júnior’

Ajuste de tamanho

Posted by Marcelo Damato em sexta-feira, 7 dezembro 2007

Era balela o convite dos Emirados Árabes. Ao recusar o Palmeiras e fechar com o Goiás, certamente por um salário menor, Caio Júnior mostrou que ainda não se sente à altura de dirigir os grandes times do Brasil.

Posted in Futebol, Palmeiras, Técnico | Etiquetado: , | 12 Comments »

Caio Jr pipocou

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 6 dezembro 2007

Para não continuar no Palmeiras, o técnico Caio Júnior alegou estava sofrendo pressão demais e que ela só aumentaria em 2008, em razão da perda da vaga na Libertadores.

Com a saída do treinador, o Palmeiras procura alguém de mais “pulso”. Não quer vai ver treinador sendo dominado por jogador, como aconteceu entre Caio Júnior e Edmundo

O problema é que não há muitos assim no mercado.

Leão, Felipão e Luxemburgo são os mais famosos, mas por muitos motivos estão descartados.

Depois vêm Muricy, Abel, Mano Menezes e, em menor medida, Renato Gaúcho, todos firmes no emprego

Por não ter esse perfil, Dorial Júnior enfrenta resistência

Caio Júnior deve ir para os Emirados Árabes

Posted in Futebol, Palmeiras, Técnico | Etiquetado: , , , | Leave a Comment »

Caio Júnior racha a situação no Palmeiras

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 6 dezembro 2007

Uma parte dos conselheiros do grupo de Seraphim Del Grande exige o afastamento de Caio Júnior de qualquer maneira. E ameaça até com um racha. O grupo deve se reunir na segunda-feira na casa do conselheiro Gilto Avallone (sem parentesco com Roberto Avallone).

Mas o presidente do Conselho Deliberativo nao se abala. Diz que a permanência de Caio Júnior é uma questão menor diante de todo o projeto montado para o clube. “Se alguém quiser sair por isso, não tenho como segurar”.

Posted in Futebol, Palmeiras | Etiquetado: , , | Leave a Comment »

Uma explosão de salário

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 6 dezembro 2007

O salário do técnico Caio Júnior, do Palmeiras, deve ser o que mais cresce no mundo.

No Brasileiro de 2006, recebia R$ 10 mil por mês no Paraná.

No final do ano, renovou com o clube paranaense pelo triplo.

Nem bem tinha feito o acordo, e assinou com o Palmeiras por R$ 60 mil a cada 30 dias.

Durante o ano de 2007, seu salário subiu para R$ 80 mil/mês.

Para 2008, o valor foi reajustado para R$ 120 mil mensais.

De R$ 10 mil para R$ 120 mil em um ano e meio. E nesse período, o técnico não ganhou nenhum título!

Quem disse que o futebol brasileiro paga mal?

Posted in Contrato, Futebol, Palmeiras, Técnico | Etiquetado: | Leave a Comment »