Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Posts Tagged ‘Fonte Nova’

Bobô no banco dos réus

Posted by Marcelo Damato em quarta-feira, 5 março 2008

Bobô, na qualidade de então presidente da Sudesb, e o engenheiro Nilo dos Santos Jr., engenheiro civil responsável pelo estádio, foram denunciados pelo Ministério Público por homicídio culposo e lesão corporal, pelas mortes e ferimentos causados em razão do desabamento de parte de um degrau da arquibancada da Fonte Nova, no fim do ano passado.

Sete pessoas morreram e 80 ficaram feridas no desabamento.  O Ministério Público afirma que ele agiram com imprudência e negligência ao liberar o estádio.

Nenhum dirigente da Federação Baiana, do Bahia, da CBF ou do governo estadual foram acusados perante a Justiça Criminal.

Posted in Estádios, Federações, Justiça | Etiquetado: , , | 3 Comments »

Quatro indiciados por mortes na Fonte Nova

Posted by Marcelo Damato em terça-feira, 22 janeiro 2008

O superintendente da Sudesb, Raimundo Nonato Tavares, o Bobô, o diretor técnico da CBF Virgílio Elísio, o presidente da federação baiana, Ednaldo Rodrigues, e o presidente do Bahia, Petrônio Barradas, foram indiciados por homicídio doloso pelo desabamento do piso da arquibancada da Fonte Nova, no dia 25 de novembro. Já o o engenheiro da Sudesb Nilo Santos Júnior foi indiciado por homícidio culposo.

Na última partida do Bahia na disputa da Série C, um degrau da arquibancada cedeu, provocando a queda de torcedores, dos quais sete morreram

Os quatro primeiros foram indiciados pelo tipo mais grave de homicídio porque tinham condições de evitar a tragédia e não o fizeram, segundo a delegada que cuidou do caso.

O Ministério Público deve agora oferecer a denúncia. Se a Justiça aceitá-la, os cinco serão processados. O Ministério Público pode até mesmo incluir outras pessoas na denúncia.

A prisão não paga as mortes, mas pode evitar que outras aconteçam, em todo o país.

Posted in CBF, Justiça | Etiquetado: , , , | 2 Comments »

A síndrome da Fonte Nova

Posted by Marcelo Damato em terça-feira, 8 janeiro 2008

Por décadas, os brasileiros assistiram a jogos em estádios malprojetados, malconstruídos, mal-administrados e malconservados. alguns mesmo decrépitos. A CBF fazia vista grossa, os governos faziam vista grossa, o Ministério Público fazia vista grossa e até os tercedores faziam o mesmo, mas eram só esses que corriam risco.

De tanto correrem, alguns morreram na Fonte Nova, no fim do ano passado. E as autoridades começaram a se mexer e interditar praças esportivas.

Primeiro foram os estados iniciados com a letra P – Pará, Paraná e Pernambuco – que saíram a fechar estádios. Agora, o Ministério Público de Alagoas fechou o estádio Rei Pelé.

Se a moda se espalhar mais, os Estaduais do Brasil correm risco de “acabar”. Não pelos motivos que muitos defendem – falta de viabilidade econômica, de dinheiro, de interesse do público. Mas simplesmente por não ter onde jogar.

Posted in Estádios | Etiquetado: , , , | 1 Comment »

Jogando para a torcida

Posted by Marcelo Damato em sábado, 22 dezembro 2007

O governador da Bahia, Jacques Wagner, aquele que decidiu pela demolição da Fonte Nova sem ter nenhum laudo nas mãos, sancionou lei que institui uma pensão aos parentes das vítimas do acidente no estádio.

A lei, porém, não prevê alguns “pequenos” detalhes: quando a indenização começa a ser paga, qual o valor, qual será o tempo de duração e quais os requisitos para ser merecedor do benefício. Isso será decidido mais tarde. Detalhes.

Claro, para que a pressa? E como era mesmo o slogan do governo Lula para o Projeto Fome Zero? Era “quem tem fome tem pressa”.

Posted in Estádios | Etiquetado: , , | 2 Comments »

Juíza afasta a diretoria do Bahia

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 17 dezembro 2007

Uma juíza da Bahia determinou nesta segunda-feira o afastamento de toda a diretoria do Bahia S/A, responsabilizando-a pelo desabamento de parte da arquibancada do estádio da Fonte Nova. No desastre, morreram nove pessoas.

O futebol do Bahia, há dez anos, pertence ao Bahia S/A, um clube-empresa formado entre o clube Bahia e o Grupo Opportunity, do empresário baiano Daniel Dantas, o mesmo que aparece em diversos escândalos financeiros.

Apesar de ter a maioria das ações (67%), Dantas nunca exerceu o poder e o clube-empresa é tocado pelos cartolas tradicionais.

Posted in Justiça | Etiquetado: , | 2 Comments »

Um laudo para salvar as aparências

Posted by Marcelo Damato em sábado, 8 dezembro 2007

     O Departamento de Polícia Técnica da Bahia divulgou um laudo sobre o estádio da Fonte Nova, sustentando que pelo menos boa parte do estádio está em péssimas condições. Não foi divulgada a técnica usada para avaliação (que pode variar da mera observação visual a estudos de laboratório e locais, testes de carga e muitos outros).

Houve publicações que criticaram o laudo por não apontar culpados. Laudo não é para isso. Laudo é uma peça técnica. A questão não é essa.

A questão é por que, com toda a cobrança do Ministério Público da Bahia, o governo da Bahia não encomendou esse laudo antes? Por que esperou haver um desastre com mortes para fazer algo que não levou nem uma semana para ser concluído?

Se era tão fácil, por que nem a própria, nem a federação baiana nem o Bahia encomendaram esse laudo. Afinal, para quem tem respeito pela vida humana, o que significa esse custo?

Esse laudo é tão inútil que nem serve para ajudar na decisão de demolir ou reformar a Fonte Nova. Todos sabem que o governador Jacques Wagner já disse que vai demolir (todos concordamos que num país podre de rico como o nosso é muito simples mandar destruir um patrimônio estadual que vale mais de R$ 100 milhões)

A única função do laudo, afinal, parece ser evitar que o governador seja processado no futuro por ter posto abaixo a Fonte Nova.

Posted in Futebol, Governo | Etiquetado: , , | 1 Comment »