Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Posts Tagged ‘ingressos’

Um chamariz para o Beira-Rio

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 10 março 2008

No último sábado, a diretoria do Internacional fez uma promoção, usando como motivo o Dia Internacional da Mulher. Na partida, contra o Brasil, de Pelotas, as mulheres puderam entrar de graça.

O jogo, que deu ao Inter a liderança do grupo 2, vitória de 2 a 0,registrou um público de 46.472 pessoas, das quais 11.709 mulheres. Nas quatro primeiras partidas do Inter no Beira Rio, o público variou entre 14.700 e 17.800 pessoas.

Posted in Estádios, Internacional, Marketing | Etiquetado: , , | 8 Comments »

A fraude da meia entrada

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 4 fevereiro 2008

Sempre me chamou a atenção nos jogos do Rio a quantidade meias entradas. Um dos leitores deste blog chegou dizer que superam a metade dos ingressos vendidos. O número é muito alto e suspeitava da antiga prática de fraude nas carteiras de estudante.

Mas a fraude é diferente e feita de forma escancarada. Reproduzo aqui alguns trechos da coluna desta segunda-feira de Eduardo Tironi, editor do Lance no Rio de Janeiro.

“O que o presidente da Suderj provavelmente já não sabe é que os ingressos já estão mais baratos nas bilheterias do Maracanã… Sábado um amigo de São Paulo (…) foi ao clássico entre Vasco e Botafogo.(…) Chegou à fila da bilheteria (…) Quem estava perto deu a dica ‘Compre meia-entrada que ninguém pede carteira de estudante’. Meu amigo desconfiou. Chegou sua vez, entregou os R$ 60 ao bilheteiro, que perguntou ‘não prefere meia?’ Meu amigo desconfiou de novo: ‘E se eu chegar à catraca e tiver de apresentar a carteira de estudante?’ O bilheteiro não desistiu de ‘ajudar’ meu amigo: ‘Só precisa mostrar a carteira aqui. Vendo as duas meias por R$ 40 e estamos conversados’. (…) Nessa R$ 10 foi para algum bolso.”

Posted in Estaduais, Estádios | Etiquetado: , , | 8 Comments »

Botafogo inova na venda de ingressos

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 21 janeiro 2008

O Botafogo está implantando um novo sistema de venda de ingressos para jogos no Engenhão. O clube negociou os direitos de comercialização com uma empresa carioca do ramo de telemarketing.

A partir da próxima quinta, o torcedor poderá comprar ingressos para os próximos dez jogos da equipe. Ainda neste ano serão vendidos carnês para os jogos do Campeonato Brasileiro. A comercialização dos camarotes do Engenhão também será feita pela empresa.Quem fizer compra antecipada terá descontos, mas precisará se cadastrar. Em troca, os torcedores poderão comprar por telefone ou internet, pagar cartão de crédito ou débito automático e receber os ingressos em casa. Só será permitida a venda de quatro ingressos por CPF.

A operadora de vendas será a Empresa Brasileira de Negócios & Associados, uma empresa carioca (com uma filial em Curitiba, criada há seis meses, que tem como clientes a Cultura Inglesa, a Universidade Estádio de Sá, Unimed-Rio, e o Banco Santander. O contrato é de cinco anos.

Não foi informado quanto a operadora receberá pelo serviço nem se haverá algum tipo de acréscimo para algum dos serviços adicionais.

Posted in Botafogo | Etiquetado: | 5 Comments »

Uma pergunta que não cala – 8

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 17 janeiro 2008

Por que os deputados estaduais do Rio que prometem ir à Justiça para que os clubes cariocas mostrem planilhas de custos que justifiquem os aumentos dos preços dos ingressos no Campeonato Estadual não fazem o mesmo quando aumentam os próprios salários?

Posted in Futebol, Governo, Pergunta | Etiquetado: , , | 4 Comments »

Crise dos ingressos… no Manchester

Posted by Marcelo Damato em quarta-feira, 16 janeiro 2008

Os preços dos ingressos não são assunto só no Brasil

A família Glazer está sob fogo na Inglaterra. Antes de comprarem o Manchester United, os irmãos Joel, Avi e Brian, filhos de Malcolm, haviam prometido não majorar o preços dos ingressos Mas eles quebraram sua palavra.

De quanto foi o aumento? 11% por temporada, em dois anos seguidos. Essa alta de 23% já virou um caso ministerial -(em comparação, os preços no Rio subiram mais de 50%. Explica-se: na Inglaterra, o governo tem o poder de impedir um negócio se achar que ele fere o interesse público (é uma espécie de Cade, mais ampliado).

Para não fazer isso quando os Glazer tentaram comprar o Manchester, receberam como garantia que os ingressos não iam encarecer logo, que o time teria dinheiro para manter uma grande equipe e não tentar negociar direitos de TV sozinho (na Inglaterra, como no Brasil, são vendidos em conjunto pelos clubes, o que lá, ao contrário daqui, permite que os clubes pequenos recebam não muito menos do que os grandes).

Agora o governo deve estudar novas regras para novas aquisições de clubes.

Os Glazer, por outro lado, defendem o aumento. Dizem que o Manchester cobrava menos do que outros clubes. Os preços atuais estão entre 25 e 44 libras (ou 86 e 150 reais, aproximadamente, sem contar a variação do poder compra). As crianças pagam 10 libras ( 34 reais).

Posted in Futebol, Gestão | Etiquetado: , | 4 Comments »

Futebol mais caro no Rio

Posted by Marcelo Damato em quarta-feira, 16 janeiro 2008

Essa história é bem conhecida. Basta o futebol melhorar um pouco no Rio que os dirigentes já provocam um grande aumento de preços.

No Maracanã, a arquibancada vai custar R$ 40 o setor branco (central) e R$ 30 os laterais (verde e amarelo), para qualquer jogo. No Engenhão, os preços das arquibancadas serão parecidos: R$ 40 o melhor lugar, R$ 30 o médio, R$ 20 atrás do gol.

Em São Januário os ingresssos vão custar R$ 20.Mas há que se ressaltar que Vasco e Fluminense, os clubes da cidade cujos dirigentes são criticados porque se aliavam a Eduardo Viana e se aliam a Rubens Lopes, lançaram pacotes de fidelidade, que reduzem muito o custo unitário do ingresso. Um pacote com os 12 jogos que o Vasco fará em São Januário sairá por R$ 96 (R$ 8 por partida). A diretoria do Fluminense criou três categorias, todas válidas para quatro jogos seguidos. A mais cara custa R$ 100 e dá direito à cadeira especial, a média custa R$ 40 (arquibancada) e a mais barata, R$ 25 (cadeira comum).

Enquanto isso, Flamengo e Botafogo, cujos dirigentes se vêem como “progressistas”, não lançaram pacote algum.

Agora é o mercado que deve decidir. Se acharem caro demais, os torcedores deveriam não ir ao estádio nos primeiros jogos e forçar a queda nos preços.

Posted in Botafogo, Estaduais, Flamengo, Fluminense, Gestão, Vasco | Etiquetado: , | 10 Comments »