Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Posts Tagged ‘Luxemburgo’

Virou grife

Posted by Marcelo Damato em quarta-feira, 5 março 2008

O Instituto Wanderley Luxemburgo mal deu suas primeiras aulas e já é um sucesso comercial, pelo menos entre os amigos do treinador.

O meia sérvio Petkovic vai abrir uma franquia do IWL no Rio de Janeiro. A informação é da coluna de Ancelmo Góis, no O Globo.

Não se informa se os professores serão os mesmos ou se apenas se repassará a “tecnologia” do IWL.

Posted in Negocios | Etiquetado: , , | 19 Comments »

Me belisca!

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 3 março 2008

“Os grandes artilheiros do futebol mundial não foram centroavantes, foram meias”

Vanderlei Luxemburgo, técnico do Palmeiras, explicando por que acha que Valdívia vai marcar mais gols.

Posted in Palmeiras | Etiquetado: | 24 Comments »

Um peso, duas medidas

Posted by Marcelo Damato em sexta-feira, 29 fevereiro 2008

O presidente da comissão de arbitragem da FPF, Marcos Marinho, afastou o árbitro Anselmo da Costa, por ser instrutor do Instituto Wanderley Luxemburgo. Foi uma decisão acertada.

Mas Marinho não usou esse critério com Paulo Roberto Ferreira, o árbitro que vende apólices de seguro a técnicos e dirigentes.

Em tempo, Anselmo, o afastado, se dá bem com Luxemburgo. Ferreira, o mantido, se dá mal com o treinador, da mesma forma que o presidente da comissão de arbitragem.

É claro que não dá para afirmar que Ferreira foi poupado por isso, mas tampouco dá para negar.

Posted in Arbitragem, Fed Paulista | Etiquetado: | 12 Comments »

O mecenas do Carnaval

Posted by Marcelo Damato em terça-feira, 26 fevereiro 2008

A revelação de que Vanderlei Luxemburgo apóia financeiramente o Carnaval da Torcida Jovem do Santos é mais um pepino para o homem que diz ser uma pessoa ética.

E seu assessor, Luiz Lombardi, na tentativa de aliviar para o chefe, encrencou-o ainda mais, ao dizer que ele já contribuiu para a Mancha Verde e Gaviões da Fiel.

Com a revelação fica claro o que Leão quis dizer que se sabe “quando o protesto vem do coração e quando vem do bolso”. Os diretores da Torcida Jovem negam que uma coisa tenha a ver com a outra, sabem “separar as coisas”.

Mas, como em tantos casos, quando uma coisa é feita sem transparência, quando ela vem a público, fica mais difícil mostrar que não existe má intenção.

Posted in Técnico, torcida | Etiquetado: , , , | 24 Comments »

Luxemburgo na mira

Posted by Marcelo Damato em terça-feira, 26 fevereiro 2008

O relatório do árbitro que expulsou Vanderlei Luxemburgo contra o Rio Preto afirma que o treinador disse as seguintes palavras: ”

“Tem que dar cartão nessa falta, caralho. Eu tenho 44 anos de futebol e vocês não conhecem nada. Manda ele dar cartão, caralho”.

O treinador nega que tenha falado assim, mas é impossível negar que esse seja seu estilo – o que é um indício, não uma prova.

E depois do que disse da comissão de arbitragem é impossível esperar que ela seja camarada no julgamento.

De qualquer forma, se Luxemburgo mostrar que não disse aquilo, o árbitro tem que ser punido. Perjúrio ainda que, como crime seja leve, como conduta ética é inaceitável. E, se ele não tinha certeza, não deveria ter escrito.

Mas é a Justiça que vai decidir de que lado está a razão.

Posted in Justiça Esportiva | Etiquetado: | 15 Comments »

Dos dois lados do balcão

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 25 fevereiro 2008

O presidente da comissão de arbitragem da Federação Paulista de Futebol, Marcos Marinho, não deu importância à acusação de Vanderlei Luxemburgo contra o árbitro Paulo Roberto Ferreira de que este venda apólices de seguro a jogadores e técnicos.

Marinho não vê problema em um árbitro manter relação econômica com as pessoas que irá julgar no campo de jogo, ou na beira dele. Segundo Marinho, Ferreira, em tese, pode vender apólices para gente de todos os times.

Não deixa de ser curioso que Marinho e Luxemburgo, que vivem às turras, concordem nesse ponto.

Que não é o deste blog. Árbitros, como juízes, não podem ter relação econômica com as pessoas que irão julgar. Isso é o que se chama conflito de interesse.

Mas para a FPF, é preciso “separar as coisas”.

Posted in Arbitragem, Fed Paulista | Etiquetado: , , | 7 Comments »

um árbitro na fogueira

Posted by Marcelo Damato em sábado, 23 fevereiro 2008

O técnico Vanderlei Luxemburgo fez, ainda que em tom relaxado, uma acusação gravíssima contra o árbitro Paulo Roberto Ferreira. Esse é o tipo de acusação que exige uma punição séria, para o árbitro ou para o técnico.

Luxemburgo disse que o árbitro tentou vender-lhe apólices de seguro. Ele afirma que não comprou porque já tem um corretor de sua confiança.

Se Paulo Roberto Ferreira vende apólices para profissionais do futebol, ele precisa ser expulso imediatamente do quadro de árbitros. É inadmissível que um árbitro mantenha relação econômica com dirigentes, jogadores, técnicos ou qualquer pessoa ligada formalmente a um clube.

Se ele não faz isso, Luxemburgo ultrapassou e muito qualquer limite.

Posted in Arbitragem, Fed Paulista, Palmeiras, Técnico | Etiquetado: , | 10 Comments »

Uma pergunta que não cala – 15

Posted by Marcelo Damato em sábado, 23 fevereiro 2008

Alguém sabe de algum jogo em que um técnico que tenha sido expulso antes dos 21 minutos do primeiro tempo, a marca de hoje do bravo (no sentido estrito do termo) Vanderlei Luxemburgo?

Posted in Pergunta | Etiquetado: | 13 Comments »

Garoto-propaganda

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 11 fevereiro 2008

Esta é o clipe do Instituto Wanderley Luxemburgo, gravado pelo próprio. Ainda bem que o curso não é de locução…

Posted in Futebol | Etiquetado: , | 16 Comments »

Brincando de vidraça – 12

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 11 fevereiro 2008

Todo técnico sonha em chegar à Seleção, isso eu já alcancei. Não posso dizer que não gostaria de voltar, mas uma das minhas virtudes é a ética. Só retornaria se fosse para assessorar o atual técnico ou se realmente aparecesse a vaga

Vanderlei Luxemburgo, técnico do Palmeiras na inauguração do Instituto Wanderley Luxemburgo (não, esse não é mais um erro de digitação deste blogueiro)

Posted in Frases, Seleção, Técnico | Etiquetado: | 8 Comments »

Prazo para Luxemburgo

Posted by Marcelo Damato em sexta-feira, 8 fevereiro 2008

Três jogos. Esse é o prazo que a diretoria do Palmeiras vai esperar para o Palmeiras embalar no Paulista. Se isso não acontecer, a cobrança em cima de Luxemburgo vai mudar de tom.

Após uma comissão técnica barata em 2007, o Palmeiras decidiu fazer um grande investimento  para conquistar seu primeiro título neste século – Série B à parte. A diretoria considera que atendeu a rigorosamente a todos os pedidos do “homem que não nasceu para perder”.

E não aceita nada menos do que o título. Mas o discurso é de confiança. Assim, como o técnico, avaliam que o time jogou bem na quarta-feira, apesar de goleada sofrida para o Guaratinguetá.

Posted in Gestão, Palmeiras, Técnico | Etiquetado: | 10 Comments »

Marcos de volta

Posted by Marcelo Damato em quarta-feira, 6 fevereiro 2008

Está confirmado: Luxemburgo decidiu que Marcos volta ao gol depois de nove meses fora e um dia de treino com bola. A volta será contra o Guaratinguetá, líder do Pauliusta e que soma cinco vitórias seguidas. Só perdeu na estréia, para o São Paulo.

Diego Cavalieiri vai para o banco. Vejamos como isso vai terminar

Posted in Estaduais, Medicina do esporte, Palmeiras | Etiquetado: , , , | 21 Comments »

Marcos de volta?

Posted by Marcelo Damato em quarta-feira, 6 fevereiro 2008

Deu no Lancenet (ver foto). Marcos já treinou entre os titulares em São José do Rio Preto. Se não for um despiste, Luxemburgo está barrando Diego Cavalieiri.  Se for assim, vai arrumar confusão.

.novo-palmeiras.jpg

Além disso, promoveu as entradas de Léo Lima e David. Se perder para o Guaratinguetá, que é líder, o caldo vai ferver.

Posted in Palmeiras | Etiquetado: | 17 Comments »

O rei indeciso

Posted by Marcelo Damato em terça-feira, 5 fevereiro 2008

Luxemburgo está levando 24 jogadores para São José do Rio Preto, onde enfrenta o Guaratinguetá nesta quarta-feira. Não, não é erro de digitação. São 24 mesmo. São mais do que dois times completos. Além dos 18 que entrarão em campo, como titulares os reservas, mais seis.

Compare esse grupo com alguns elencos : Barcelona: 24 jogadores, Real Madrid, 25, Milan, 29, Juventus, 24.

Tirando dois, goleiros, Luxemburgo está levando 22 jogadores para dez posições. E a diretoria do Palmeiras aceita.

Posted in Estaduais, Palmeiras, Técnico | Etiquetado: , | 25 Comments »

A derrota do senhor do destino

Posted by Marcelo Damato em sábado, 2 fevereiro 2008

O homem que não nasceu para perder perdeu mais uma. Luxemburgo comandou o Palmeiras à sua segunda derrota seguida no Paulista.

Das últimas quatro temporadas, esta, a que tem de longe o técnico mais caro, é a que registrou esse feito negativo mais cedo. Em 2005 a primeira dupla derrota ocorreu no final de fevereiro. Em 2006, no final de março. Em 2007, com Caio Júnior, apenas no final de junho. E em todo ano passado, aconteceu apenas mais três vezes, duas delas nas últimas cinco partidas do Brasileiro, razão da eliminação do time na Libertadores.

Mas, se perder mais uma, o Palmeiras de Luxemburgo registrará um fato negativo que não ocorre desde meados de 2006.

E uma pergunta não cala: como o homem que não nasceu para perder pretende cumprir sua promessa, formulada com todas as letras, de fazer o Palmeiras campeão sem nem consegue acumular pontos?

Além disso, não custa nada lembrar o que ele disse sobre a Mancha Verde: “quando as vitórias vierem, os protestos vão acabar”. É esperar para ver. E, pelo jeito, esperar mesmo.

Posted in Palmeiras, Técnico | Etiquetado: , | 14 Comments »

Efeito Luxemburgo

Posted by Marcelo Damato em sexta-feira, 1 fevereiro 2008

A diretoria palmeirense não gosta de números

Com Vanderlei Luxemburgo e sua super-hípercomissão técnica, o Palmeiras tem neste ano seu pior desempenho nas cinco primeiras rodadas do Paulista nos últimos seis anos.

Apesar disso, a diretoria está muito feliz com ele. Diz que o time mudou da água para o vinho em relação a 2007. Melhor seria dizer o contrário. Com Caio Júnior, o Palmeiras ganhou dez pontos nesses cinco jogos. Com Luxemburgo, que custa mais de oito Caios, oito*.

* Informação corrigida.

Posted in Estaduais, Palmeiras, torcida | Etiquetado: , | 10 Comments »

Jogo do medo

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 21 janeiro 2008

“O medo de perder tira a vontade de vencer”. Essa frase, uma das preferidas de Luxemburgo por muito tempo, poderia ser o resumo do clássico de ontem.

Pode ter coincidência, mas a batalha pessoal entre os técnicos estragou o jogo de  ontem

Posted in Santos, São Paulo, Técnico | Etiquetado: , | 8 Comments »

A voz do estádio – 2

Posted by Marcelo Damato em sexta-feira, 18 janeiro 2008

“Luxemburgo, preste atenção, a Mancha Verde não perdoa traição!”

Torcida Mancha Verde, antes da partida com o Sertãozinho, quinta-feira, em Barueri. A “traição” foi a saída repentina de Vanderlei Luxemburgo no início do Brasileiro 2002, para assumir o Cruzeiro. Naquele ano, o Palmeiras foi rebaixado. E Luxemburgo foi apontado um dos culpados.

Posted in Palmeiras, torcida | Etiquetado: , | 7 Comments »

Luxa lança o Palmeirasbras

Posted by Marcelo Damato em sexta-feira, 4 janeiro 2008

Vanderlei Luxemburgo montou no Palmeiras o que deve ser a maior comissão técnica do futebol mundial. Trouxe nada menos do que sete pessoas: Antonio Mello (preparação física), Cláudio Pavanelli (fisiologia), Nei (auxiliar de técnico), Valdir de Moraes (consultoria), Nilton “Filé” Petroni (fisioterapia), Mario Peixoto (auxiliar de fisioterapia) e Alexandre Ceolin (estatística e suporte). E ainda permaneceram dois preparadores físicos, um fisioterapeuta, dois treinadores de goleiros e três médicos. São 16 pessoas, incluindo Luxemburgo.

Para o time –  ora o time -, o Palmeiras contratou apenas o atacante Alex Mineiro. E saíram sete jogadores. Com uma comissão técnica tão “brilhante”, para que jogador?

Atualização: Depois da publicação desta nota, o Palmeiras acertou a contratação de Elder Granja. E de mais nenhum membro da comissão técnica. 

Posted in Gestão, Palmeiras | Etiquetado: | 30 Comments »

Leão põe as garras de fora

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 24 dezembro 2007

Aonde vai, Leão quer ser o rei. Mal chegou ao Santos, já está aprontando.

Primeiro ligou para o Atlético oferecendo Maldonado em troca de alguns jogadores do Galo. Isso, dias depois de dizer que contava com o chileno no time. E principalmente depois de criticar Luxemburgo por se meter a “manager”.

Agora, já começa a desmontar a estrutura de fisiologia e fisoterapia que existiam no Santos. Aliás, Leão fez isso no Palmeiras e no Corinthians. O segundo ainda não se recuperou de sua passagem.

O incrível é que nenhum clube pesa essas suas atitudes na hora de contratá-lo. O São Paulo, quando o trouxe, teve de pôr-lhe um cabresto para defender o Reffis e a comissão técnica. O recado foi claro. “Aqui você manda no que é verde (o campo). E só”.

Posted in Santos, São Paulo, Técnico | Etiquetado: , | 10 Comments »

Leão entre as raposas

Posted by Marcelo Damato em domingo, 16 dezembro 2007

Poucas contratações de técnico me parecem menos promissoras do que esta de Leão – ainda não fechada – pelo Santos. Não que Leão seja mau técnico. Não é excelente, mas é bom. O problema é que o elenco do Santos não tem o perfil do treinador.

Leão gosta de trabalhar com quem obedece sem questionar. Foi por isso que deu certo no Santos de 2002. O time era feito quase só de garotos. Leão não tolera contestação, nem estrelas. Mostrou isso em todos os times por onde passou. E o time do Santos só tem macaco velho: Fábio Costa, Kléber, Pedrinho, Petkovic, Kléber Pereira, Maldonado, Rodrigo Tabata. Jogador de uma certa idade não tolera mais que lhe gritem na orelha.

Em 2002, o Santos tinha uma grande geração vinda dos juniores, especialmente Diego e Robinho, e muitos jovens jogadores prestes a explodir, como Renato, Elano, Paulo Almeida, Maurinho e Alex. A geração atual foi campeã paulista no sábado, mas ainda é promessa.

E Leão custa tanto quanto Luxemburgo. Se fizer a limpa costumeira, pode custar muito mais.

Posted in Santos, Técnico | Etiquetado: , | 7 Comments »

Palmeiras de joelhos

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 13 dezembro 2007

Em 2002, Vanderlei Luxemburgo deixou o Palmeiras na mão no início do Campeonato Brasileiro e foi considerado um dos responsáveis pelo rebaixamento, uma das maiores humilhações da história do clube. Cinco anos depois, o Palmeiras oferece-lhe R$ 500 mil por mês, muito mais do que em 2002, e implora pelo seu “sim”.

Os dirigentes se comportam como se nesse período Luxa tivesse ficado maior do que o Palmeiras. É um erro. Um clube que não se dá ao respeito não pode reclamar depois.

O Palmeiras não merece dirigentes que lhe ponham de joelhos.

Posted in Contrato, Futebol, Palmeiras, Técnico | Etiquetado: | 21 Comments »

O mundo em verde

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 13 dezembro 2007

Tenho ouvido de dirigentes do Palmeiras, que se Luxemburgo acertar mesmo com o clube, parte dos salários será pago pela Traffic, de J. Hawilla. Conversa fiada. Dinheiro não nasce em árvore. J. Hawilla é palmeirense, mas não joga dinheiro fora (você faria daria 200 mil ou 300 mil para o seu time do coração todo mês, só por amor?).

Se pagar, vai se ressarcir com jogadores (ou com porcentagens de jogadores). E como todos têm visto, quando clubes e empresários fazem acordos desse tipo, eles sempre têm sido muito vantajosos para os empresários. Os clubes têm perdido muito mais dinheiro do que se estivessem pegando dinheiro em banco. É só fazer a conta

Dólares, árvores, Palmeiras, J. Hawilla… Todos são verdes. Mas, se o Luxa for para o Parque,  só o Palmeiras vai pagar a conta

Posted in Palmeiras, Técnico | Etiquetado: , | 3 Comments »

Luxa nas alturas

Posted by Marcelo Damato em terça-feira, 11 dezembro 2007

O Vanderlei Luxemburgo está realmente se superando. O Lance informa hoje que, no sábado, Luxa foi ao CT do Santos de helicóptero. Ficou menos de 20 minutos e foi embora. Segundo o próprio, foi só para pegar uns documentos. Não havia quase ninguém lá

Se para pegar uns documentos, ele vai de helicóptero, imagine quando for fazer algo realmente importante.

Posted in Futebol, Santos, Técnico | Etiquetado: | 8 Comments »

O Santos está viciado em Luxemburgo

Posted by Marcelo Damato em sexta-feira, 7 dezembro 2007

Como se forma o vício em droga? No começo, com pouca quantidade (e pouco gasto), obtém-se grande prazer. Com o tempo, é preciso investir cada vez mais para conseguir um retorno igual ou menor.

E se o consumo é interrompido, há uma grande síndrome de abstinência.

Essa é a história de Luxemburgo no Santos. A cada ano, custa mais e produz menos. Mas o clube, por medo de afundar de vez, cede tudo para não perdê-lo.

O melhor tratamento é investir na infra-estrutura, na administração, no marketing e nas categorias de base. E manter tudo longe da tentação.

Posted in Futebol, Santos, Técnico | Etiquetado: | 6 Comments »