Além do Jogo

O blog do Marcelo Damato

Posts Tagged ‘mercado’

Um Falcao Voando…

Posted by Marcelo Damato em sábado, 22 dezembro 2007

O Fluminense ainda não contratou o atacante Falcao Garcia, segundo afirmam a diretoria do River Plate e jornais argentinos. O coordenador de futebol do clube, Branco, é esperado na quarta-feira em Buenos Aires, possivelmente para fechar o negócio.

Na última quinta-feira, o presidente do Fluminense, Roberto Horcades, deu a contratação do colombiano como concretizada. Mas ainda não fez a apresentação.

Se jogar no Flu em 2008, Falcao Garcia disputará posição com Dodô, Washington e mais cinco atacantes do elenco. Pelo menos.

Posted in Fluminense | Etiquetado: , | 8 Comments »

Um reforço meteórico

Posted by Marcelo Damato em sábado, 22 dezembro 2007

Guarde esse nome: Talles Ricartte. O pessoal do Guiness ainda vai apurar, mas deve ser a passagem mais meteórica de um jogador por um clube: 11 dias. Isso mesmo

O zagueiro foi contratado pelo Guarani há 1q dias. No meio da semana, fez o primeiro treino coletivo e foi dispensado pelo técnico Roberval Davino por deficiência técnica.

Agora, a diretoria do Guarani diz que ele estava em testes. Mas há 11 dias foi apresentado como reforço, um dos 15 que o clube trouxe.

O que ninguém explica é por que ninguém vi que ele era tão ruim que nem serviu como reserva para um time da Série C do Brasileiro.

Se Talles Riccartte surgir na lista de contratações do seu time, fique esperto.

Posted in Futebol, Gestão | Etiquetado: , | 2 Comments »

Real Madrid põe Kaká no banco

Posted by Marcelo Damato em quarta-feira, 19 dezembro 2007

O presidente do Real Madrid, Ramon Calderón, diz que, com as contratações feitas nesta temporada, não há lugar para o melhor jogador do mundo, que por sinal joga no melhor time do mundo também.

O próprio Calderon ficou mais de um ano tentando contratar Kaká, vazando notícias para os principais jornais do país.

Mas ele nem deveria ter se preocupado com o assunto. O Milan não iria vender mesmo…

Posted in Futebol | Etiquetado: , , , | 14 Comments »

O canhoneiro cego de Zurique

Posted by Marcelo Damato em sexta-feira, 14 dezembro 2007

A Fifa está tentando estabelecer um número mínimo de nacionais em cada equipe de futebol do mundo. O presidente da Fifa, Joseph Blatter, Tem um obejtivo de duas cabeças: a primeira é fortalecer os laços entre as seleções e os torcedores dos países cujos times compram muitos jogadores, como Inglaterra, Espanha. Com essa compra, sobra menos espaço para os jogadores nacionais se desenvolverem.

A outra é fortalecer o laço nos países exportadores. A Fifa acha que restringindo a exportação, as seleções terão mais johadores atuando em seus próprios países. No caso do Brasil e Argentina, isso é uma besteira completa. Se for reduzida a presença de jogadores desses países na Europa, os que ficarão serão os melhores, justamente os da seleção.

Além disso, há um imenso desafio legal. O que Blatter quer corresponde a criar reservas de mercado de trabalho, ilegal entre países da União Européia.

Por fim, se isso acontecesse teríamos uma tremenda recessão no futebol brasileiro. Com menos procura os preços dos jogadores brasileiros cairia e cairia o salário dos jogadores.

Blatter, como muito cartola brasileiro, quer resolver problemas com um tiro de canhão (em vez de fazer uma ação mais consistente, que exija mais ações). O problema é que ele não sabe para onde atira

Posted in Futebol | Etiquetado: , , | 6 Comments »

Uma pergunta que não cala – 4

Posted by Marcelo Damato em terça-feira, 11 dezembro 2007

Como o Vasco faz um contrato com um garoto de 19 anos (a lei permite fazê-lo desde os 16), faz uma alteração desse contrato um mês depois e deixa a multa rescisória em R$ 900 mil? Nem que Guilherme fosse dos juvenis, a multa poderia ser desse valor

Para mim, isso seria motivo para declarar o impedimento legal da diretoria do clube, por falta de juízo

Posted in Contrato, Vasco | Etiquetado: , | Leave a Comment »

Jogando areia no Fogão

Posted by Marcelo Damato em segunda-feira, 10 dezembro 2007

Em julho, o Botafogo “precisava” de R$ 1 milhão para fazer uma oferta de renovação de contrato ao meia Zé Roberto. Não tinha dinheiro. Vendeu o zagueiro Juninho ao grupo MDF. Em dezembro o grupo MDF vendeu 50% de Juninho ao São Paulo, por R$ 850 mil.

Se o Botafogo tivesse pego um empréstimo num banco, pagando 5% de juros ao mês, acima da média do mercado, teria de pagar R$ 1,27 milhão. Teria que cobrir R$ 420 mil mas teria ainda metade dos direitos do jogador, que certamente se valorizará no São Paulo e serávendido ao exterior por pelo menos uns US$ 2 milhões, ou seja, mais R$ 1,7 milhão no bolso do Botafogo. E US$ 2 milhões é uum preço bem baixo

Assim, nessa operação, o Botafogo perdeu, por baixo quase 1,3 milhão de reais. Quem ganhou foi a MDF, que tem como sócio ume ex-diretor jurídico do Bota (aliás, saiu este ano do clube para montar a empresa).

Se você fosse o dono de uma empresa que faturasse uns R$ 50 milhões por ano e seu executivo gerasse um prejuízo de R$ 1,3 milhão numa única operação, o que você faria?

Enquando isso a MDF já recuperou quase todo o investimento em cinco meses e ainda tem metade do jogador. Nada mal

Posted in Botafogo, Futebol, Gestão, São Paulo | Etiquetado: , , , , | 4 Comments »

O mundo não está tão doido assim

Posted by Marcelo Damato em sábado, 8 dezembro 2007

O São Paulo disse que não tem interesse no corintiano Betão. Em situações normais, isso não deveria ser notícia. Afinal, Betão seria muito mal recebido pela torcida do São Paulo não só por sua identificação com o Corinthians, mas também pela lista de atuações desastrosas que teve nos últimos três anos. No Corinthians, Betão deu muito mais alegrias aos são-paulinos do que daria no Tricolor.

Mas nos loucos dias atuais, em que um jogador prefere o Ipatinga ao Corinthians e recebe apoio do diretor do Corinthians, o óbvio também é notícia.  Loucos, mas não a ponto de o São Paulo querer Betão

Posted in Corinthians, Futebol, São Paulo | Etiquetado: , | 19 Comments »

Caio Jr pipocou

Posted by Marcelo Damato em quinta-feira, 6 dezembro 2007

Para não continuar no Palmeiras, o técnico Caio Júnior alegou estava sofrendo pressão demais e que ela só aumentaria em 2008, em razão da perda da vaga na Libertadores.

Com a saída do treinador, o Palmeiras procura alguém de mais “pulso”. Não quer vai ver treinador sendo dominado por jogador, como aconteceu entre Caio Júnior e Edmundo

O problema é que não há muitos assim no mercado.

Leão, Felipão e Luxemburgo são os mais famosos, mas por muitos motivos estão descartados.

Depois vêm Muricy, Abel, Mano Menezes e, em menor medida, Renato Gaúcho, todos firmes no emprego

Por não ter esse perfil, Dorial Júnior enfrenta resistência

Caio Júnior deve ir para os Emirados Árabes

Posted in Futebol, Palmeiras, Técnico | Etiquetado: , , , | Leave a Comment »